CRIMINOLOGIA DO PRECONCEITO

Organizado por: Lucas Weber
Visualizações: 13
Classificação: (0)
Racismo + Hipótese colonial
Publicado por:     Detalhes do Produto

FORMATOS DISPONíVEIS

2 capítulos

Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788547214661

1 - Criminologia e Racismo

Evandro Piza Duarte, Salo de Carvalho Editora Saraiva PDF Criptografado

1

Criminologia e Racismo

A construção discursiva da criminologia positiva brasileira e a negação da cidadania no Brasil

Evandro Piza Duarte

1.1 �Introdução

O nascimento da Criminologia Positivista no Brasil é um fragmento decisivo para se compreender as práticas de nosso sistema penal e as concepções sobre as raças humanas defendidas na ciência brasileira1-2. Nos

1

2

Quanto aos modelos historiográficos: WOLKMER, Antônio Carlos. Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno. Revista da Faculdade de Direito,

Curitiba, ano 28, n. 28, p. 55-67, 1994-1995.

Sobre o debate da construção da criminologia no Brasil nesse período, veja-se: AZEVÊDO, Célia Maria de. Onda negra, medo branco: o negro no imaginário das elites – século XIX. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987; BERTULIO,

Dora. Direito e relações raciais: uma introdução crítica ao racismo. Dissertação (Mestrado em Direito). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1989; CORRÊA, Mariza. Antropologia e medicina legal: variações em torno de um mito. In: Caminhos cruzados: linguagem, antropologia e ciências naturais. São Paulo: Brasiliense, 1982; FLAUZINA, Ana Luiza. Corpo negro caído no chão: o sistema penal e o projeto genocida do Estado Brasileiro.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547214661

2 - Ensaio sobr e a Hipótese Colonial

Evandro Piza Duarte, Salo de Carvalho Editora Saraiva PDF Criptografado

2

Ensaio sobre a Hipótese Colonial

Racismo e sistema penal no Brasil

Evandro Piza Duarte

Los que ahora se lamentan de la emergencia de los nuevos movimientos sociales semiautónomos y les confieren intereses identitarios estrechos, ¿han tenido realmente en cuenta en algún momento las razones históricas de su emergencia? ¿Acaso no se reproduce esta situación sencillamente con los recientes intentos de restablecer lo universal por decreto, ya sea empleando la precisión imaginaria de la racionalidad habermasiana o mediante las concepciones del bien común que priorizan un concepto de clase racialmente neu­t ro? ¿Acaso el propósito de la nueva retórica de la unidad no es sencillamente el de “incluir”, a través de la domesticación y la subordinación, precisamente a aquellos movimientos que, en parte, se formaron oposición a dicha domesticación y subordinación, demostrando que los defensores del bien común no han sido capaces de interpretar la historia que ha dado lugar a este conflito?

Ver todos os capítulos

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
UR86031802680
ISBN
 
Tamanho do arquivo
0 Bytes
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados