Avaliação Psicológica

Organizado por: Sara
Visualizações: 19
Classificação: (0)
nos contextos de saúde e hospitalar
Publicado por:     Detalhes do Produto

FORMATOS DISPONíVEIS

4 capítulos

Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788582715574

Capítulo 1. Avaliação psicológica em contextos de saúde e hospitalar

Claudio Simon Hutz, Denise Ruschel Bandeira, Clarissa Marceli Trentini, Eduardo Remor Grupo A PDF Criptografado

1

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

EM CONTEXTOS DE

SAÚDE E HOSPITALAR

Eduardo Remor

U

m psicólogo recebe a solicitação para realizar uma avaliação de um p

­ aciente admitido no hospital, a fim de que possam ser obtidos dados para complementar o diagnóstico médico e as decisões em relação

às opções de tratamento e ao ajuste p

­ sicológico perante a doença, bem como recomendar e aplicar determinada intervenção psicológica coadjuvante ao tratamento médico, seja esta planejada de forma personalizada, seja baseada em um protocolo específico. Para realizar essa avaliação, o profissional coletará informações de várias fontes – por exemplo, história médica

(prontuário), observação do paciente, testagem com alguma medida de screening, algum ques­ tionário validado e/ou entrevistas com o pa­ ciente e sua família (ou acompanhantes) para obter e complementar dados sobre sua história pessoal e características (p. ex., nível educativo, rotina e hábitos, interesses e preocupações, as­ pectos culturais ou religiosos que possam in­ terferir nas decisões em relação ao processo de doença), comportamentos e estilos de vida e re­ cursos psicológicos (p. ex., o modo como en­ frentou situações semelhantes no passado, as­ sertividade e habilidades sociais, autoeficácia para lidar com o estresse e o potencial trata­ mento).

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715574

Capítulo 12. Avaliação psicológica de pacientes com doenças crônicas não transmissíveis

Claudio Simon Hutz, Denise Ruschel Bandeira, Clarissa Marceli Trentini, Eduardo Remor Grupo A PDF Criptografado

12

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA DE

PACIENTES COM DOENÇAS

CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS

Ariane de Brito

Bruno Luis Schaab

Eduardo Remor

A

s doenças crônicas não transmissíveis

(DCNT) têm-se constituído um desa-­ fio e grave problema de saúde ­pública com magnitude mundial, principalmente nos países de baixa e média renda (Macinko,

Dourado, & Guanais, 2001; Organização Mundial da Saúde [OMS], 2017; Schmidt et al., 2011).

Em uma perspectiva biopsicossocial, sabe-se que não apenas fatores biológicos, como a predisposição genética, estão relacionados com o surgimento e o crescimento das DCNT; fatores de risco psicossociais são também importantes preditores. No campo da psicologia da saúde, tem-se procurado conhecer e investigar não só os fatores de risco ou aqueles associados

à progressão de doenças, mas também os fatores de proteção e os comportamentos ­preditores de saúde voltados à manutenção, e promoção de saúde e à prevenção de doenças, além de tratar, reabilitar e paliar as consequências dessas doenças em pacientes já acometidos (Straub, 2014).

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715574

Capítulo 14. Avaliação psicológica em situação de transplante

Claudio Simon Hutz, Denise Ruschel Bandeira, Clarissa Marceli Trentini, Eduardo Remor Grupo A PDF Criptografado

14

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

EM SITUAÇÃO DE TRANSPLANTE

Cristiane Olmos Grings

Márcia Camaratta Anton

Rosemary Inácio Viana

E

ste capítulo tem como objetivo discutir a importância da avaliação psicológica de candidatos a receptores de t­ ransplante de órgãos e tecidos, assim como apresentar o sistema de avaliação desenvolvido pelo grupo de trabalho que atua com esse foco no H

­ ospital de Clínicas de Porto Alegre (RS). Para tanto, apresentam-se o panorama da avaliação psicológica em transplantes, o processo avaliativo e os eixos temáticos que compõem a avaliação.

Aborda-se também o papel do psicólogo junto

à equipe multiprofissional no processo decisório e nos possíveis encaminhamentos do caso.

Por fim, discutem-se o registro em prontuário, aspectos éticos e a elaboração de relatório que possa sintetizar e documentar o resultado da avaliação psicológica.

CONTEXTUALIZANDO A

SITUAÇÃO DE TRANSPLANTE

O transplante de órgãos e tecidos é considerado um tratamento intenso, complexo e de alto custo, utilizado na terapia de doenças graves, terminais e não responsivas a nenhum outro tipo de terapêutica (Fineberg et al., 2016; Killian,

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715574

Capítulo 17. Avaliação de indicadores psicológicos em intervenções para a prevenção de doenças e a promoção da saúde

Claudio Simon Hutz, Denise Ruschel Bandeira, Clarissa Marceli Trentini, Eduardo Remor Grupo A PDF Criptografado

17

AVALIAÇÃO DE INDICADORES

PSICOLÓGICOS EM INTERVENÇÕES

PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS

E A PROMOÇÃO DA SAÚDE

Erika Pizziolo Monteiro

Gabriela Pasa Mondelo

Eduardo Remor

N

a atualidade, a saúde é entendida como um processo m

­ ultideterminado e complexo, no qual a experiência de bem-estar (físico, social e psicológico) é essencial, superando a ideia da mera ausência de doença. Por isso, quando nos referimos a prevenção e promoção da saúde, estamos considerando intervenções que se baseiam no modelo biopsicossocial e possam estar voltadas ao empoderamento da pessoa para que esta que desenvolva controle sobre seu autocuidado e estado de saúde (Kern de Castro, Peloso, Souza, &

Dalagasperina, 2018; Kumar & Preetha, 2012).

A psicologia da saúde, sustentada pelo ­modelo biopsicossocial, entende que o estado de saúde ou doença é o resultado de uma combinação de fatores e que o comportamento individual tem um papel essencial nesse processo (Kern de

Ver todos os capítulos

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
UR26767589131
ISBN
 
Tamanho do arquivo
0 Bytes
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados