Psicometria

Organizado por: Andreia
Visualizações: 19
Classificação: (0)
Publicado por:     Detalhes do Produto

FORMATOS DISPONíVEIS

1 capítulo

Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788582712351

Capítulo 5. Validade

Claudio Simon Hutz, Denise Ruschel Bandeira, Clarissa Marceli Trentini Grupo A PDF Criptografado

5

VALIDADE

Juliana Cerentini Pacico

Claudio Simon Hutz

Andréia M. de A. Schneider

Denise Ruschel Bandeira

A lgumas exigências acerca dos testes devem ser satisfeitas a fim de que eles possam ser considerados adequados para uso. Uma delas se refere ao quanto o

teste é legítimo com relação àquilo que mede. Quando se utiliza uma variável como peso, por exemplo, sabemos que uma balança mede essa variável. O instrumento, a balança, é legítimo, pois mede peso. Essa ideia está relacionada ao conceito de validade.

A utilização do conceito de validade acompanha a história do desenvolvimento dos testes. Embora vários autores se refiram ao termo, ele foi usado com diferentes significados. Houve algumas tentativas de uniformizar e formalizar o conceito de validade e procedimentos para validação. Entretanto, algumas não tiveram sucesso. Apenas em 1921, nos Estados Unidos, com o trabalho de um comitê, a National Association of Directors of Educational, foi possível concluir essa tarefa (Newton & Shaw, 2014). A definição clássica de validade foi apresentada no relatório resultante: validade se refere ao grau em que um teste mede aquilo que se propõe a medir (Buckingham, 1921; Markus & Bosboorm, 2013). O que se queria dizer com isso é que um teste era considerado válido quando os itens mediam comportamentos como expressão do traço latente (o construto avaliado pelo teste) que se desejava mensurar (Pasquali, 2007). A partir dessa visão, os itens (idealmente) deveriam refletir o traço latente como se fossem um espelho, no que se refere a conceito, conteúdo e relações com outras variáveis. Em função de a validade e a fidedignidade (que será discutida em outro capítulo deste livro) serem questões centrais tão fundamentais para a avaliação, a American Psychological Association (APA) produziu um relatório tratando em detalhes esse assunto.

Ver todos os capítulos

Detalhes do Produto

Livro Impresso
Book
Capítulos

Formato
PDF
Criptografado
Sim
SKU
UR51361584039
ISBN
 
Tamanho do arquivo
0 Bytes
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
Formato
PDF
Criptografado
Sim
Impressão
Desabilitada
Cópia
Desabilitada
Vocalização de texto
Não
SKU
Em metadados
ISBN
Em metadados
Tamanho do arquivo
Em metadados