9064 capítulos
Medium 9788521630227

4 Vendo os Problemas de Cima

BREMER, Carlos; Espôsto, Kleber; TORRES, Paulo; FREITAS, Paulo Grupo Gen PDF Criptografado

4

12

Vendo os Problemas de Cima

“Que desafio! Não imaginava que a situação estaria tão complicada nesta empresa, quando aceitei assumir o cargo, a ponto de não conseguir resolver com minha experiência e criatividade”, pensava Samuel enquanto acomodava-se no avião para Nova Iorque, rumo à conferência.

Samuel admirava os últimos raios de sol daquele fim de tarde pela janela. Apesar de ser um homem prático, gostava de sentar-se no assento da janela desde pequeno, quando costumava viajar ao lado do pai. Mas seus pensamentos ainda estavam na empresa: em tudo o que enfrentara até aquele momento e o que estava por vir. Como poderia fazer a companhia finalmente deslanchar?

Por que uma grande empresa e sua cadeia de suprimentos, com bons profissionais e com equipamentos de primeira linha, não conseguia registrar um bom desempenho há dois anos?

“Temos potencial para crescer, já que somos a melhor na comparação com as concorrentes”, pensou, e foi interrompido pelo aviso de que estavam prontos para decolar.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555417

Capítulo 8 - O sistema de avaliação de conceitos

Merle Crawford; Anthony Di Benedetto Grupo A PDF Criptografado

CAPÍTULO 8

O sistema de avaliação de conceitos

INFORMAÇÕES PRELIMINARES

Antes de examinar as várias técnicas específicas utilizadas para avaliar conceitos de novos produtos, precisamos de algo que nos dê uma visão geral. Em todo o processo de desenvolvimento de novos produtos, fazemos avaliações, e existem técnicas de avaliação para cada uma das fases do processo básico de novos produtos. Além disso, nenhuma das técnicas é utilizada o tempo todo ou em todos os casos. O Capítulo 8 oferece essa visão geral, apresentando modelos como a curva de gastos cumulativos e o modelo A-T-A-R como alternativas que podem nos ajudar a decidir quais técnicas de avaliação utilizar. Falaremos sobre buracos e substitutos, entre outras ideias. Nos

Capítulos 9 e 10, examinaremos mais a fundo a avaliação de conceitos e as técnicas de triagem completa que são especificamente apropriadas para a Fase III (avaliação de conceitos/projetos), enquanto os Capítulos 11 e 12 refinam a discussão ao examinar fatores como previsão de vendas, análise financeira e estratégica e especificação de protocolo de produto.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597012927

3 Como Construir Hipóteses?

GIL, Antonio Carlos Grupo Gen PDF Criptografado

3

COMO CONSTRUIR

HIPÓTESES?

3.1  Que são hipóteses

Foi dito no capítulo anterior que a pesquisa científica se inicia com a construção de um problema passível de solução mediante a utilização de métodos científicos. O passo seguinte consiste em oferecer uma solução possível, mediante a construção de hipóteses. Por hipótese entende-se uma suposição ou explicação provisória do problema. Essa hipótese, que em sua forma mais simples consiste numa expressão verbal que pode ser definida como verdadeira ou falsa, deve ser submetida a teste. Se em decorrência do teste for reconhecida como verdadeira, passa a ser reconhecida como resposta ao problema.

Considere-se, por exemplo, o seguinte problema: Que fatores contribuem para o consumo de cerveja por estudantes universitários? Diversas respostas poderiam ser obtidas. Seria possível afirmar, por exemplo, que estudantes ansiosos tendem a consumir mais cerveja. Que estudantes do sexo masculino são mais propensos ao consumo. Que a proximidade de bares próximos à escola é um fator que estimula um maior consumo. Que estudantes dos cursos noturnos tendem a consumir mais cerveja que os dos cursos matutinos. Essas afirmações podem ser verdadeiras ou falsas e verificadas mediante procedimentos específicos. Logo, essas afirmações podem ser consideradas hipóteses, pois são supostas respostas ao problema proposto.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577808380

5. O Setor Alimentício se Adapta

Aaker, David Grupo A PDF Criptografado

122

Relevância de Marca

Além de cientistas e gurus da saúde, o governo tem uma função no discurso, pois ele valida ou se opõe a certas posições, comunica ideias e regula produtos. Um estudo da função de gurus, cientistas e governos, além de ajudar e dar contexto às estratégias das empresas do setor alimentício, também demonstra por que não é fácil prever e interpretar tendências. As tendências são poderosas, ambíguas e complexas e costumam flutuar.

As lições do setor alimentício sobre como lidar com tendências podem ser aplicadas a outras atividades. Todos os setores enfrentam o desafio de identificar, compreender, prever e às vezes influenciar as tendências que afetam os mercados. Os lojistas lidam com as tendências da moda, o desenvolvimento de materiais em vestuário, as preferências dos consumidores e assim por diante. A indústria automobilística precisa enfrentar questões de tecnologia, regulamentações governamentais, tendências de estilo, preferências dos consumidores, demografia e muito mais.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547217945

4.3 O texto empresarial depois de 1980

GOLD, Miriam Editora Saraiva PDF Criptografado

REDAÇÃO EMPRESARIAL

Imagine a divulgação de um serviço ou de um produto nas páginas da inter‑ net com esse tipo de mensagem. Seria como ressuscitar o uso dos bondes nos grandes centros urbanos!

4.3 O texto empresarial depois de 1980

A partir de 1985, já com os ventos da globalização de mercado soprando, os tex‑ tos sofreram influência do estilo norte­‑americano, com sua praticidade expressa por vocabulário simples e pela preferência por frases curtas e diretas, conforme observado na Figura 4.1. A objetividade passa a ser, então, valorizada por um con‑ texto histórico que privilegia a rapidez de decisão, a dinamicidade, a ação. Assim, a carta anterior seria redigida no estilo a seguir.

EXEMPLO DE TEXTO CONTEMPORÂNEO

Prezados senhores,

Em virtude de o sr. Péricles Gordinho nos ter fornecido sua empresa como referência, solicitamos a gentileza de nos remeter informações quanto à ido‑ neidade moral e capacidade profissional de seu ex­‑funcionário.

Esclarecemos ainda que, obviamente, sua informação será revestida do mais absoluto cuidado e sigilo.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos