Grupo Gen (684)
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788527734691

O

Hinkle Grupo Gen ePub Criptografado

A obesidade é definida como um acúmulo anormal ou excessivo de gordura que pode prejudicar a saúde. Em todo o mundo, mais de 600 milhões de adultos têm obesidade e 1,4 bilhão têm sobrepeso. A prevalência da obesidade mais do que duplicou desde 1975. Em particular, 3% dos homens e 6% das mulheres em todo o mundo tinham obesidade em 1975; em 2014, essas taxas aumentaram para 11% dos homens e 15% das mulheres. O ônus da obesidade é significativo tanto em países desenvolvidos quanto em países em desenvolvimento. As causas da obesidade são complexas e multifatoriais, incluindo fatores comportamentais, ambientais, fisiológicos e genéticos. A cirurgia bariátrica ou cirurgia para a obesidade é realizada somente após a ausência de resposta a outras tentativas não cirúrgicas de controle de peso. A maioria das instituições de saúde só realiza a cirurgia bariátrica depois que um paciente obeso se submete a um regime clinicamente supervisionado de 6 a 18 meses, que não tem êxito em alcançar a meta de perda de peso. A seleção dos pacientes é criteriosa; por conseguinte, os pacientes precisam se submeter a aconselhamento e acompanhamento antes e depois da cirurgia. Ver também Obesidade extrema e cirurgia bariátrica.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527734226

7 | Lesões Produzidas por Armas de Fogo e seus Projéteis

VANRELL, Jorge Paulete Grupo Gen ePub Criptografado

A balística é uma parte da Física Aplicada que estuda os projéteis (sua trajetória, os meios que atravessam etc.) e as armas de fogo.

As armas de fogo são instrumentos que utilizam a grande quantidade de gases produzidos pela queima instantânea de uma carga, constituída por um combustível seco (pólvora ou sucedâneo) como forma de propulsão dos projéteis. Essa queima ocorre somente na presença de “chama viva” (que era como se detonavam as armas de fogo antigas: canhões, bombardas, arcabuzes, bacamartes, garruchas etc., com o auxílio de um pavio aceso). Daí a necessidade de existir nos cartuchos uma segunda mistura combustível, capaz de se acender (inflamar) quando golpeada. Essa forma parte da espoleta ou escorva.

As armas de fogo são compostas de três partes fundamentais:

• A que se destina a segurar a arma: coronha (cabo) e armação (corpo)

• A parte dos mecanismos de disparo, constituído pelo percussor (agulha), acionado pelo gatilho (tecla) e o de extração, para expulsar a cápsula (estojo) uma vez deflagrada

Ver todos os capítulos
Medium 9788527733175

42 Anatomia e Fisiologia do Sistema Endócrino

Patricia Gonce Morton, Dorrie K. Fontaine Grupo Gen ePub Criptografado

Jane Kapustin e Ameera Chakravarthy

Objetivos de aprendizagem

Com base no estudo deste capítulo, o leitor deverá ser capaz de:

1. Descrever a síntese, a ação e a regulação do hormônio antidiurético, do hormônio do crescimento e dos hormônios tireóideos.

2. Entender como a vitamina D ativada, o hormônio paratireóideo e a calcitonina influenciam as concentrações sanguíneas do cálcio.

3. Descrever os oito mecanismos responsáveis pela patogenia do diabetes melito tipo 2.

4. Comparar e contrastar a fisiopatologia do diabetes tipos 1 e 2.

5. Descrever as funções dos hormônios contrarreguladores, dos hormônios intestinais e do glucagon na regulação da glicose sanguínea.

6. Explicar como os glicocorticoides são secretados.

7. Descrever os efeitos significativos dos glicocorticoides usados terapeuticamente.

8. Resumir o sistema renina-angiotensina de regulação da secreção dos mineralocorticoides.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527703567

5 Morbidade

Pereira Grupo Gen ePub Criptografado

Capítulo 5

MORBIDADE

I. Medidas de freqüência das doenças

A. Incidência e prevalência

B. Usos de incidência e prevalência

C. Tipos de incidência

D. Tipos de prevalência

E. Freqüência detectada

II. Conceito de morbidade e fontes de dados para seu estudo

A. Diferentes dimensões da morbidade

B. Fontes de dados para o conhecimento da morbidade

C. Preparo científico de estatísticas

III. Registros rotineiros de atendimentos

A. Prontuários

B. Notificação compulsória

C. Registros de doenças

D. Cruzamento de registros

IV. Inquéritos de morbidade

A. Tipos de inquérito

B. Inquéritos por entrevistas e por exames

C. Inquéritos gerais de morbidade

D. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD)

E. Inquéritos específicos de morbidade

F. Inquérito em duas etapas

Ver todos os capítulos
Medium 9788527735773

15 Sangue e Outros Fluidos do Corpo

Anna Dee Fails, Christianne Magee Grupo Gen ePub Criptografado

Sangue

Elementos formados do sangue e hematopoese

Hemácias

Plaquetas

Leucócitos

Plasma e soro

pH do sangue

Hemostasia e coagulação

Plaquetas e endotélio

Vias intrínsecas e extrínsecas da coagulação

Linfa

Fluidos serosos

• Definir e ser capaz de explicar a importância dos termos destacados em negrito e itálico neste capítulo

• Conhecer quais são os elementos formados do sangue. Compreender como são gerados, definir quais suas características principais e quais fatores provocam sua formação ou degeneração

• Entender qual é a função fisiológica da hemoglobina. Descrever brevemente o desenvolvimento de icterícia e hemoglobinúria. Saber se, em um paciente com hemólise grave, o hematócrito é alto ou baixo. Conhecer o termo usado para descrever esse paciente

Ver todos os capítulos

Ver Todos

Grupo A (408)
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788582715840

4 - Aspectos genéticos

Mario Rodrigues Louzã, Táki Athanássios Cordás Grupo A ePub Criptografado

Ivanor Velloso Meira-Lima, Homero Vallada

Personalidade pode ser definida como um conjunto de padrões de pensamentos, reações afetivas e comportamentos relativamente estáveis que caracterizam um indivíduo. Os transtornos da personalidade, por sua vez, acarretam experiências internas e atitudes que acentuadamente se desviam das expectativas socioculturais do indivíduo de maneira persistente e inflexível, conduzindo, na maioria das vezes, a sofrimento interno e/ou a desadaptação social.1

A grande maioria dos pesquisadores da área concorda que estes transtornos podem ser concebidos como variações dimensionais de determinados traços da personalidade considerados normais.2–3

Desse modo, a procura dos aspectos genéticos associados ao surgimento dos transtornos da personalidade implica no entendimento do papel dos genes na variabilidade dos traços da personalidade.4

A contribuição dos fatores genéticos nas características da personalidade tem sido investigada por estudos de famílias, de gêmeos e de adotados, com uso de questionários de verificação da personalidade autoaplicáveis. Uma contribuição indireta também tem sido obtida por meio de estudos com animais.4–5

Ver todos os capítulos
Medium 9788582714706

Capítulo 39 - Neoplasia do apêndice cecal

Luiz Rohde, Alessandro Bersch Osvaldt Grupo A ePub Criptografado

Guilherme Pretto

Henrique Rasia Bosi

As neoplasias do apêndice cecal são raras, sendo encontradas em aproximadamente 1% dos espécimes de apendicectomia. Os tumores carcinoides são os mais comuns, compreendendo mais de 50% dos casos.1

O termo carcinoide se aplica a tumores neuroendócrinos originados no trato digestório, nos pulmões ou em locais primários raros, como rins ou ovários. O uso do termo geralmente implica uma histologia bem diferenciada. Quando um tumor apresenta transformações mais intensas, de alto grau ou mal diferenciadas, os tumores neuroendócrinos recebem a denominação de carcinomas neuroendócrinos.

Da mesma forma que tumores originários no intestino delgado, os que surgem no apêndice podem secretar serotonina e outras substâncias vasoativas que podem originar a síndrome carcinoide. Esta se caracteriza por rubor facial, diarreia, broncoespasmo com sibilos e doença cardíaca comprometendo valvas direitas. Mais de 90% dos pacientes com síndrome carcinoide têm doença metastática, em geral no fígado.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715826

Capítulo 12 - Geriatria

Stephen Doral Stefani, Elvino Barros Grupo A ePub Criptografado

emilio moriguchi

Renato Gorga Bandeira de Mello

Roberta Rigo DalLa corte

Sandra Grijó Búrigo marochi

DENER LIZOT RECH

Avaliação multidimensional, de caráter interdisciplinar, capaz de identificar, prevenir e manejar síndromes geriátricas, com o objetivo de maximizar a funcionalidade global do idoso, caracterizada pela preservação da autonomia (capacidade individual de decisão e ação) e da independência (capacidade de realizar algo com os próprios meios). Algumas dimensões fundamentais dessa avaliação são citadas a seguir.

Os testes agregam informações muito importantes para inferir reserva funcional orgânica. Têm aplicabilidade prognóstica e também prática na tomada de decisão clínica. Exemplo: utilização na avaliação pré-operatória de idosos. Há múltiplos testes disponíveis, porém os que trazem informações mais acuradas, são de fácil execução e de baixo custo incluem o teste de velocidade de marcha, o teste de força de preensão manual e o teste timed up and go (TUG). Os dois primeiros testes fazem parte dos critérios diagnósticos de fragilidade e sarcopenia (ver seções Fragilidade e Sarcopenia, adiante).O TUG tem sua grande aplicabilidade na avaliação do equilíbrio e na quantificação do risco de quedas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582714669

Apêndice D | Ferramentas de avaliação de alto risco para condições adquiridas no hospital e que podem ser prevenidas

Lynda Juall Carpenito Grupo A ePub Criptografado

Apêndice D

Ferramentas de avaliação de alto risco para condições adquiridas no hospital e que podem ser prevenidas

Esta edição identificou a importância da prevenção de oito condições apontadas pelos Centers for Medicare and Medicaid Services.

Esses oito eventos ou condições são os seguintes:

•Úlceras por pressão em estágios 3 e 4

•Quedas e trauma

•Infecção no sítio cirúrgico após cirurgia bariátrica para obesidade, determinados procedimentos ortopédicos e cirurgia de revascularização miocárdica (mediastinite)

•Infecção relacionada ao cateter vascular

•Infecção do trato urinário relacionada ao cateter

•Administração de sangue incompatível

•Embolia gasosa

•Corpo estranho não intencional retido após cirurgia

Com o uso de diretrizes baseadas em evidências, pode-se acessar o seguinte:

•Diagnósticos de enfermagem que representam a prevenção de infecção, quedas, úlceras por pressão e atraso na alta hospitalar

Ver todos os capítulos
Medium 9788582714669

Risco de infecção

Lynda Juall Carpenito Grupo A ePub Criptografado

Definição da NANDA-I

Risco de ser invadido por organismos patogênicos.

Fatores de risco

Ver Fatores relacionados.

Fatores relacionados

Diversos problemas de saúde e situacionais podem criar condições que favorecem o desenvolvimento de infecções. Alguns dos mais comuns são listados a seguir:

Fisiopatológicos

Relacionados ao comprometimento das defesas do hospedeiro secundário a:

Câncer

Leucócitos insuficientes ou alterados

Artrite

Distúrbios respiratórios

Doença periodontal

Insuficiência renal

Distúrbios hematológicos

Distúrbios hepáticos

Diabete melito*

Síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids)

Alcoolismo

Imunossupressão*

Imunodeficiência secundária a (especificar)

Relacionados ao comprometimento da circulação secundário a:

Linfedema

Obesidade*

Doença vascular periférica

Relacionados ao tratamento

Relacionados ao local de invasão do microrganismo secundário a:

Ver todos os capítulos

Ver Todos