71 capítulos
Medium 9788584291083

Apêndice 2

Fernanda Leopoldina Viana, Iolanda Ribeiro, Sylvia Domingos Barrera Grupo A PDF Criptografado

Apêndice 2

PROPOSTAS INTEGRADORAS PARA A PRÉ-ESCOLA

As imagens a serem usadas para os jogos de consciência fonológica a seguir estão disponíveis no Apêndice 3 e são de autoria de Amanda Nogueira Cordeiro.

A sua reprodução é autorizada unicamente para este fim.

Apendice_2.indd 149

15/05/2017 10:10:42

Apendice_2.indd 150

Separação silábica e contagem de sílabas

Identificação de rimas

Tarefa

Sequência 1:

Raposa (Camisa-Lobo)

Sequência 2:

Anel (Dedo-Pincel)

Sequência 3:

Borracha (Lápis-Bolacha)

Sequência 4:

Boné (Jacaré-Banheira)

Nota: As palavras-estímulo estão em itálico; as palavras que constituem a escolha correta estão em negrito.

Sequência 1:

Linha (Árvore-Galinha)

Sequência 2:

Leão (Balão-Tigre)

Sequência 3:

Café (Chaminé-Telhado)

Sequência 4:

Caracol (Folha-Anzol)

Nota: As palavras-estímulo estão em itálico; as palavras que constituem a escolha correta estão em negrito.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584290376

Dormir bem para aprender mais ?

Claudio de Moura Castro Grupo A PDF Criptografado

48 pratique!

Tente avaliar o número de minutos durante os quais você consegue se concentrar em um assunto escolar relativamente difícil.

Dormir bem para aprender mais?

Há algum tempo, quando os executivos se tornaram uma categoria endeusada pela mídia, eram decantadas as virtudes daqueles que dormiam pouquíssimas horas. Assim, sobrava-lhes mais tempo para o trabalho produtivo. Repetia-se o refrão: fulaninho é formidável, só dorme quatro horas por noite.

Essa noção de que tempo dormido é tempo perdido persistiu por muitos anos no folclore da administração. Talvez por contágio, migrou para o folclore dos estudantes. O grande desempenho seria daqueles que dormem pouco e estudam muito.

Porém, nos últimos anos, foram aparecendo pesquisas sobre o assunto. No caso, pesquisas bem-feitas, com medidas confiáveis das variáveis pertinentes.

Descobriu-se que dormir pouco

é uma grande besteira.

Não é uma boa estratégia para render mais, seja no trabalho, seja nos estudos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584290376

Estudo em bloco ou picadinho? e se 1+1+1 não foir igual 3?

Claudio de Moura Castro Grupo A PDF Criptografado

45

De fato, quando não entendemos, não há qualquer prazer intelectual em lidar com o assunto. As letras e os símbolos não nos dizem nada. Lemos a frase e não entendemos. Logaritmos de base neperiana? Créditos e débitos? Ativos e passivos? O que são essas coisas?

Não são nada que nos faça felizes. Mas se forem entendidas, ficamos amigos delas.

Portanto, ao perder o fio da meada, tudo se torna mais árduo, mais penoso. Daí que malandrar ou matar aula não é uma boa ideia. É aumentar o volume de coisas que não entendemos, portanto, de que não gostamos. Se tivermos que aprendê-las, será com muito mais sacrifício.

Em outras palavras,

preguiçoso inteligente não mata aula, pois terá que estudar mais e o processo será mais penoso.

pratique!

Pense em duas situações críticas na sua vida de estudante, uma em que você se saiu muito bem e outra em que obteve resultados péssimos. Em cada uma dessas situações, como foi o regime de estudos que a precedeu? Estudou muito, com afinco? Matou aulas nas semanas anteriores? Deixou o barco correr e foi surpreendido com uma prova difícil?

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291243

Capítulo 1 - A Aprendizagem é Mal Compreendida

Peter C. Brown, Henry L. Roediger III, Mark A. McDaniel Grupo A PDF Criptografado

1

A APRENDIZAGEM É MAL

COMPREENDIDA

No começo de sua carreira como aviador, Matt Brown pilotava um bimotor

Cessna a nordeste de Harlingen, no Texas, quando percebeu uma queda na pressão do óleo no motor direito. Ele estava sozinho, voando à noite, a 11 mil pés, fazendo um voo fretado direto para uma indústria em Kentucky, cuja linha de montagem permanecia interrompida, à espera de suprimentos.

Baixou a altitude e ficou de olho no medidor de óleo, torcendo para conseguir voar até a parada de reabastecimento programada, em Louisiana, onde ele poderia fazer a manutenção necessária, mas a pressão continuava a cair. Matt lidava com motores de pistão desde que era grande o suficiente para segurar uma chave inglesa; por isso, sabia que tinha um problema.

Mentalmente, foi conferindo uma lista de verificação, analisando suas alternativas. Se deixasse a pressão do óleo cair demais, corria o risco de o motor entrar em pane. Por quanto tempo mais ele conseguiria voar antes de o motor apagar? O que aconteceria então? Ele perderia força no lado direito, mas conseguiria permanecer no ar? Revisou as tolerâncias que ele havia memorizado para o Cessna 401. Carregado e com apenas um motor, o melhor que você poderia fazer era desacelerar a descida. Mas ele transportava uma carga leve, e havia consumido a maior parte de seu combustível.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584290376

A. Conforto - Até certo ponto

Claudio de Moura Castro Grupo A PDF Criptografado

Ii..Preparativos:

o ambiente

é para ajudar, não para atrapalhar

A. Conforto – até certo ponto

Se você é um dos poucos que consegue aprender estando na mesma sala onde berra uma novela, este capítulo não é para você. Porém, se você costuma ter dificuldades para começar a estudar, controlar o ambiente físico pode ser necessário.

Há pessoas capazes de estudar em pé, até no ônibus. Ou então, em meio à criançada correndo e gritando. Mas são poucas. Para a maioria, tais proezas podem até ser aprendidas, mas este talento pronto não vem “de fábrica”.

Entenda, estudar é um hábito, como qualquer outro.

Depois de adquirido, tudo fica mais fácil.

Voce-sabe-estudar-miolo.indd 20

2/26/15 10:59 AM

21

É como dar o laço no cadarço do sapato ou lembrar-se de pendurar a roupa no cabide.

Com o tempo, vai ficando automático e indolor. Para quem se habituou a estudar, deixa de ser sacrifício. Não é tentador?

Estudar não é muito diferente da ginástica. Quem nunca fez, no primeiro dia, fica com o corpo dolorido. Aos poucos, além de não doer mais, torna-se agradável. E quem faz ginástica por muito tempo, quando para, sente falta.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos