13 capítulos
Medium 9788580555196

Capítulo 12 - Respondendo eficientemente a problemas de comportamento

Carol Simon Weinstein, Ingrid Novodvorsky McGraw-Hill PDF Criptografado

CAPÍTULO 12

Respondendo eficientemente a problemas de comportamento

Princípios para lidar com comportamento inadequado 289

Lidando com mau comportamento leve 295

Lidando com mau comportamento mais grave 299

Lidando com mau comportamento crônico 305

Lidando com problemas espinhosos 314

Quando a disciplina viola os direitos constitucionais dos alunos 320

Comentários finais 322

Resumo 323

Há não muito tempo, lemos uma notícia no jornal de uma licencianda cujas turmas de quarto e quinto períodos de inglês estavam fazendo-lhe passar por maus momentos.

Era meio do ano escolar e Sharon estava se sentindo frustrada pelo comportamento desrespeitoso e bagunceiro de seus alunos.

“Eles não ficam sentados nem mesmo para ouvir as orientações”, ela escreveu. “Cada vez mais eu perco tempo de aula pedindo silêncio. Eu não entendo por que eles são tão rudes e eu simplesmente não sei o que fazer”. À medida que lemos mais, ficou claro que o problema daquela licencianda não se devia a uma ausência de regras e rotinas claras ou a um ensino chato e entediante:

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555196

Parte I - Introdução

Carol Simon Weinstein, Ingrid Novodvorsky McGraw-Hill PDF Criptografado

PA R T E I

Introdução

Quando você escuta as palavras “um professor realmente bom” o que vem à sua mente?

Nós fazemos essa pergunta aos nossos alunos de formação de professores, eles invariavelmente falam sobre cuidar.

Um bom professor é atencioso, eles afirmam, alguém que respeita e apoia os estudantes, que não os coloca para baixo e que demonstra um interesse genuíno por eles. Nossos estudantes de licenciatura também acreditam ter capacidade para ser esse tipo de professor e se veem fortalecendo a autoestima dos alunos, se alegrando com seus sucessos e criando fortes laços de afeição e respeito mútuo.

E então esses futuros professores começam a ensinar aos alunos. Ao longo das semanas, o discurso sobre cuidar começa a desaparecer, substituído por uma fala sobre controle e disciplina, penalidades e consequências, nomes no quadro e punição. Nossos estudantes lamentam o fato de terem sido “bonzinhos demais” no início e concluem que deveriam ter sido

“mais duros”. Alguns parecem mesmo acreditar que cuidar e manter a ordem são mutuamente excludentes.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555196

Capítulo 10 - Administrando o trabalho em pequenos grupos

Carol Simon Weinstein, Ingrid Novodvorsky McGraw-Hill PDF Criptografado

CAPÍTULO 10

Administrando o trabalho em pequenos grupos

As armadilhas do trabalho em pequenos grupos 232

Planejando e implantando trabalho em grupo eficiente 236

Comentários finais 254

Resumo 255

Mantenha os olhos no papel.

Trabalhe sem conversar com o colega.

Preste atenção no professor.

Se precisar de ajuda, levante a mão.

Faça o seu próprio trabalho.

Essas são as regras da sala de aula tradicional, um cenário em que os alunos têm pouca oportunidade para interagir, ajudar uns aos outros e colaborar em tarefas (ver Fig.

10.1). Frases como essas são tão representativas da visão que temos das salas de aula que elas são usadas até mesmo por alunos de 4 anos que nunca frequentaram a educação infantil.

Essa falta de interação é lamentável, especialmente nas salas de aula heterogêneas dos dias de hoje. Deixar os alunos trabalharem juntos em pares ou grupos pequenos tem muitas vantagens. Donnie e Christina mencionaram uma vantagem no Capítulo 8: quando os alunos ajudam uns aos outros durante o trabalho em sala de aula, eles se sentem menos “presos”, pois não precisam ficar sentados, esperan-

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555196

Capítulo 9 - Administrando o trabalho independente

Carol Simon Weinstein, Ingrid Novodvorsky McGraw-Hill PDF Criptografado

CAPÍTULO 9

Administrando o trabalho independente

As armadilhas do trabalho independente 217

Planejando e implementando trabalho independente e eficiente 220

Comentários finais 227

Resumo 228

O trabalho independente é uma atividade de ensino comum a partir dos anos finais do ensino fundamental (alguns diriam que é comum até demais, uma posição que iremos discutir posteriormente). Nessa situação, os alunos são colocados para trabalhar em suas carteiras, com seus próprios materiais, enquanto o professor fica livre para monitorar toda a turma – observar o desempenho dos alunos, fornecer apoio e feedback, participar de miniconferências e preparar os alunos para os deveres de casa. O trabalho independente é com frequência usado para proporcionar aos alunos uma chance de praticar ou rever material apresentado previamente. Por exemplo, no “ensino direto” ou “ensino explícito” (ROSENSHINE,

1986), o professor revê a matéria anterior, apresenta novos conteúdos e, então, dá aos alunos a oportunidade de praticar, primeiro sob supervisão (“prática orientada”) e depois de modo independente (“prática independente”).

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555196

Capítulo 11 - Administrando recitações e discussões

Carol Simon Weinstein, Ingrid Novodvorsky McGraw-Hill PDF Criptografado

CAPÍTULO 11

Administrando recitações e discussões

As armadilhas das recitações* e discussões conduzidas por professores 263

Planejando e implantando eficientes recitações e discussões conduzidas por professores 267

Facilitando discussões centradas nos alunos 277

Comentários finais 281

Resumo 283

Em geral, as conversas que ocorrem entre professores e alunos não são como as conversas que você ouve no “mundo real”. Vamos considerar apenas um exemplo. No mundo real, se você perguntar a alguém o nome de um autor em particular, entenderemos que você realmente está precisando dessa informação e ficará grato com a resposta.

A conversação provavelmente seria assim:

“Quem escreveu As vinhas da ira?”

“John Steinbeck.”

“Oh, sim, obrigado.”

Em contraste, se um professor fizer essa pergunta durante uma aula, o diálogo poderá se constituir da seguinte forma:

“Quem escreveu As vinhas da ira?”

“John Steinbeck.”

“Muito bem.”

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos