2221 capítulos
Medium 9788563899958

Estratégia 32 - Registro de aprendizagem

Barbara Moss; Virginia S. Loh Grupo A PDF Criptografado

Estratégia 32

Registro de aprendizagem

4ª série do ensino fundamental – 3o ano do ensino médio

Começando

Ganhando prática

Vocabulário

Compreensão

Escrita

O QUE É ISSO?

Registros de Aprendizagem são cadernos em que os estudantes anotam informações sobre materiais relacionados ao conteúdo. Essas informações podem incluir perguntas, desenhos, redes, tabelas e assim por diante (Bromley, 1993). Registros de Aprendizagem não envolvem experiência formal de escrita, mas enfatizam o uso da escrita como tarefa reflexiva para recuperar informações.

QUAL O SEU PROPÓSITO?

Registros de Aprendizagem permitem que os estudantes registrem informações sobre o aprendizado usando o formato de sua preferência: diagrama, desenho, ilustração ou texto. Essa estratégia fornece ao aluno registros de sua aprendizagem ao longo do tempo, o que pode ser útil ao estudar para provas ou exames.

O QUE EU FAÇO?

1. Para envolver seus alunos no uso de Registros de Aprendizagem, os professores devem solicitar que eles comprem cadernos es-

Ver todos os capítulos
Medium 9788563899385

Capítulo 6. Como se tornar um especialista em seu filho

Corinne Smith; Lisa Strick Grupo A PDF Criptografado

6

Como se tornar um especialista em seu filho

Você não precisa se tornar uma autoridade em educação para ajudar uma criança com dificuldades de aprendizagem. Porém, é necessário se tornar um “especialista” em seu filho e desenvolver um entendimento profundo sobre o que ele necessita para conseguir aprender. Isso nem sempre é fácil. As dificuldades que as crianças com dificuldades de aprendizagem encontram na escola raramente se devem a um único problema de fácil entendimento. Com mais frequência, elas surgem de agrupamentos de problemas sobrepostos; por exemplo, problemas neurológicos, um ambiente educacional inflexível, carência de habilidades sociais e uma variedade de preocupações com a saúde e as emoções podem estar contribuindo para a dificuldade da criança para acompanhar os colegas na sala de aula.

As crianças com dificuldades precisam de um apoio em múltiplos níveis que aborde todas as suas várias necessidades.

O problema é que o pessoal da escola nem sempre é capaz de observar além dos interesses escolares mais urgentes. Se for este o caso, o apoio oferecido pode ser apenas parcialmente útil ou até mesmo prejudicial aos interesses do aluno. Por exemplo, uma mãe descobriu que sua filha, na 6a série – uma artista talentosa –, estava sendo regularmente retirada das aulas de arte para obter auxílio extra em leitura. “Acho que isso fazia sentido do ponto de vista da escola”,

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291694

Capíutlo 21. O avesso da lógica: a proposta pedagógica da Escola Tia Ciata

Flavio Rodrigues Campos; Paulo Blikstein Grupo A PDF Criptografado

O AVESSO DA LÓGICA: a proposta pedagógica da Escola Tia Ciata

Monica de Castro

21

O segredo da Verdade é o seguinte: não existem fatos, só existem histórias.

João Ubaldo Ribeiro

O CONTEXTO DE CRIAÇÃO

DA ESCOLA TIA CIATA

E SEUS ALUNOS

O Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa, é conhecido por sua beleza natural, suas praias, o samba, a cerveja gelada e os pivetes. Todos que residem nessa cidade ou que a visitaram têm histórias para contar – passeios, noites agitadas ou alguma situação em que alguém passou maus momentos com os meninos e as meninas que perambulam pelas ruas.

Este capítulo tem por objetivo apresentar a experiência pedagógica da Escola Tia Ciata, que reunia características singulares, tanto com relação a sua clientela quanto à metodologia adotada. A escola teve como meta atender a meninos e meninas recusados por outras escolas da rede oficial de ensino por terem ultrapassado a idade fixada como limite para a alfabetização ou por terem mantido um comportamento classificado como inadequado aos padrões dessas instituições. Os alunos eram meninos e meninas que carregavam o estigma da marginalidade, nomeados pela sociedade como “pivetes”, “meninos de rua”,

Ver todos os capítulos
Medium 9788573074260

Referências para Análise e Seleção dos Materiais Curriculares

Antoni Zabala Grupo A PDF Criptografado

186 / ANTONI ZABALA

escritas, com imagens estáticas ou em movimento, constitui um suporte inestimável para a complexa tarefa de ensinar.

Para pôr um ponto final neste breve exame dos diferentes materiais, queremos insistir no valor como meio que têm todos estes instrumentos e fazer uma reflexão sobre o sentido que adquirem numa perspectiva que contemple a formação integral da pessoa como função fundamental do ensino. Se a concepção da qual se parte é basicamente transmissora, é fácil entender os argumentos dos que acham o papel da escola e do educador cada vez mais desnecessário. No caso da redução dos conteúdos do ensino aos saberes exclusivamente informativos e às habilidades convencionais, os meios tecnológicos podem oferecer uma informação mais completa e atualizada, assim como mais ajudas, e com muito mais paciência, do que qualquer professor. Como já argumentamos longamente, esta não é a perspectiva com que estas páginas são escritas.

REFERÊNCIAS PARA ANÁLISE E SELEÇÃO

Ver todos os capítulos
Medium 9788565848428

Capítulo 5 | Domínio sociocultural: foco no trabalho em equipe

Patricia Alejandra Behar Grupo A PDF Criptografado

Domínio sociocultural foco no trabalho em equipe

5

Alexandra Lorandi Macedo, Cláudia Zank, Patricia Alejandra Behar

Introdução

O primeiro círculo sociocultural a que o ser humano costuma ser submetido é o familiar. Em seguida, a escola proporciona novas condições sociais onde, a partir de diferentes situações, o indivíduo começa a conhecer e respeitar as normas coletivas. Para dar conta dessas normas, é necessário que cada um exercite aspectos cognitivos, físicos e sociais a fim de se adequar aos limites e regras estabelecidas pelo grupo.

Sabe-se que cada indivíduo, de acordo com a cultura onde está inserido, reflete, em seu comportamento, costumes, valores e tradições característicos. Além disso, também costumam ser evidentes aspectos políticos e ideológicos. Esse conjunto de fatores que se constitui de forma particular em diferentes grupos e em cada indivíduo não acontece, cada qual, de forma isolada. Tais aspectos são entendidos como pertencentes a dois eixos, o social e o cultural.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos