170 capítulos
Medium 9788584291052

Capítulo 2 - A arte da criança e do jovem na escola moderna

Rosa Iavelberg Grupo A ePub Criptografado

A arte/educação na escola moderna, ativa ou renovada, tem origem no pensamento pedagógico, mas também na prática de ensino de arte-educadores com crianças e jovens. Todos os modernistas que abordarei criticaram os métodos acadêmicos de ensino de arte da escola formal e tiveram a lucidez de produzir e socializar seus pensamentos e, no início do século XX, também suas ações e os trabalhos dos alunos que foram registrados e divulgados. Essa prática teve como intenção defender as crianças das práticas artísticas escolares mecânicas, re­petitivas e passivas da escola tradicional, tendo em vista que os métodos tra­dicionais tinham propósitos alheios às tendências da arte, da educação e da concepção moderna sobre esse público. Os arte-educadores modernistas enalteceram a produção artística espontânea da criança para libertar seus atos criativos e, assim, a arte infantil ganhou existência e validação na educação. A mudança de paradigma da cultura da tradição para a cultura moderna na educação escolar teve início no século XVIII.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597023237

2 O Professor Universitário em Aula

Antonio Carlos GIL Grupo Gen ePub Criptografado

Até algum tempo atrás, quando se refletia acerca das aulas em cursos superiores, uma das primeiras imagens que surgiam em nossa mente era a de um professor em sala de aula, ocupando uma mesa e uma cadeira, ao lado de um quadro em que escrevia com giz ou pincel atômico. Os alunos, por sua vez, apareciam sentados em carteiras enfileiradas, fazendo anotações em cadernos ou fichários. Em virtude, porém, da adoção de novas tecnologias de ensino e de novas perspectivas educacionais, as aulas nesses cursos vêm se alterando significativamente. O quadro-negro foi substituído por uma tela com projetor ou por uma lousa inteligente. Em muitas salas de aula, os alunos acomodam-se em carteiras móveis que facilitam o trabalho em grupo. Os cadernos e fichários – e também os livros – estão cada vez menos presentes, pois são muitos os alunos que dão preferência ao uso de equipamentos como notebooks, tablets e smartphones. Em algumas escolas, a própria lógica do aprendizado é invertida, com as “lições de casa” ocorrendo em sala de aula e o aprendizado conceitual desenvolvido em casa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584290482

Capítulo 2. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação — Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto, Fernando de Mello Trevisani

Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto, Fernando De Mello Trevisani Grupo A ePub Criptografado

Personalização e tecnologia na educação

LILIAN BACICH
ADOLFO TANZI NETO
FERNANDO DE MELLO TREVISANI

Estruturalmente, a escola atual não difere daquela do início do século passado. No entanto, os estudantes de hoje não aprendem da mesma forma que os do século anterior.

Crianças e jovens estão cada vez mais conectados às tecnologias digitais, configurando-se como uma geração que estabelece novas relações com o conhecimento e que, portanto, requer que transformações aconteçam na escola.

Essas constatações não são novidade na educação, e muitos estudos têm se dedicado a discutir esses temas.

A integração das tecnologias digitais na educação precisa ser feita de modo criativo e crítico, buscando desenvolver a autonomia e a reflexão dos seus envolvidos, para que eles não sejam apenas receptores de informações. O projeto político-pedagógico da escola que queira abarcar essas questões precisa ponderar como fazer essa integração das tecnologias digitais para que os alunos possam aprender significativamente em um novo ambiente, que agora contempla o presencial e o digital.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291885

Capítulo 8. Uma aplicação da plataforma robótica Jabuti Edu como recurso pedagógico na aprendizagem de física no ensino médio

Rodrigo Barbosa e Silva, Paulo Blikstein Grupo A ePub Criptografado

Maria Inês Castilho, Léa Fagundes

Apesar dos incentivos à escolarização de crianças e adolescentes no Brasil e no mundo, há um despreparo da população em relação a fazer da escola um local de produção do conhecimento. O tratamento escolar dado aos brasileiros que frequentam os ensinos fundamental e médio não está sendo eficiente, de forma que as universidades estão recebendo alunos cada vez menos preparados para uma educação formal. Conforme Kandlhofer e Steinbauer (2015), nos últimos anos, pôde ser observado um desinteresse crescente dos jovens pela ciência e tecnologia. Cada vez menos alunos decidem frequentar cursos técnicos de nível universitário ou exercer uma profissão técnica. Nesse contexto, a robótica educacional ganhou maior atenção nas últimas décadas.

As atividades de robótica na escola podem ser realizadas de diferentes maneiras. Nas escolas brasileiras, são mais utilizadas as oficinas extraclasse, onde se fornecem instruções de uso do material existente e se desenvolvem projetos com vistas a resolução de problemas, levantamento de hipóteses, testagem e implementação daquelas que foram validadas. Essas estratégias são muito bem-vindas como introdução às atividades de robótica e ao desenvolvimento de projetos com embasamento científico e, se possível, deveriam ser oportunizadas a todos os estudantes. Porém, normalmente, não atingem todos os alunos, mas apenas aqueles inscritos nas oficinas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584290482

Anexo 2: Recursos: sugestões

Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto, Fernando De Mello Trevisani Grupo A ePub Criptografado

Recurso

Descrição

Endereço

Indicação

Plataformas e Plataformas Adaptativas

Moodle

Software livre (gratuito) de apoio à aprendizagem, em que há possibilidade de trocas entre grupos, acompanhamento individual e acompanhamento de ensino a distância.

www.moodle.org

Todas as áreas do conhecimento

Edmodo

Plataforma que permite troca de materiais entre professores e/ou alunos a partir de interesses em comum, possibilitando que os docentes vejam trabalhos de outros.

www.edmodo.com

Todas as áreas do conhecimento

Google Docs

Compartilhamento de arquivos e construção colaborativa de conteúdos.

docs.google.com

Todas as áreas do conhecimento

Khan Academy

Plataforma adaptativa de matemática. Fornece feedback em tempo real para professores e alunos, identificando suas dificuldades.

pt.khanacademy.org

Matemática

Geekie

Personaliza o ensino para cada aluno, possibilitando que professores e escolas acompanhem o desempenho e conheçam as características de aprendizado de cada estudante.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos