229 capítulos
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788577808748

Conclusão

Gavin Ambrose; Paul Harris Grupo A PDF Criptografado

BDT_001-176

3/31/06

10:50 PM

Page 172

Conclusão

Conclusão

Este livro buscou explicar e ilustrar os princípios básicos da tipografia. Uma boa compreensão desses elementos básicos, aliada ao conhecimento de formato, layout, cor e imagem, equipa o designer com ferramentas poderosas para soltar a criatividade.

O design é uma atividade comercial, e a aplicação desses princípios básicos facilita a eficiência do processo de design, mantendo tempo e custos dentro do planejado. No entanto, a inspiração continua a ser o centro da atividade criativa, e esperamos que os exemplos que ilustram este volume, de muitos dos principais estúdios de design contemporâneos, tenham servido como inspiração. Ao produzirmos este livro, ficou claro que a tipografia tem um apelo especial para muitos designers. O entusiasmo e a compreensão com que nossos colaboradores abordaram o assunto, por sua vez, ajudaram-nos a oferecer um conhecimento sólido sobre essa área muito querida por todos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582605134

Estudos de caso - Mural Arts Philadelphia

Alina Wheeler Grupo A PDF Criptografado

Estudos de caso

Mural Arts Philadelphia

Acreditamos que a arte dá início a mudanças. Somos o maior programa de arte pública do país, unindo indivíduos e comunidades para transformar espaços públicos e vidas individuais.

O City of Philadelphia Mural Arts Program foi estabelecido originalmente por Jane Golden, em

1984, como parte do esforço da Anti Graffiti Network para erradicar a crise de grafitagem na

Filadélfia. A Mural Arts envolve comunidades em 50-100 projetos de arte pública por ano e mantém mais de 3.500 murais por meio de uma iniciativa de restauração. Os programas fundamentais de educação artística, justiça restaurativa e iluminação doméstica externa produzem oportunidades de aprendizado exclusivas, baseadas em projetos, para milhares de jovens e adultos.

Metas

Reposicionar a Mural

Arts no palco nacional e global.

Simplificar a história da marca.

Destacar o impacto da organização.

Engajar artistas e comunidades diversas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788540701403

Capítulo 3 - Margens e lucros

Paul W. Farris; Neil T. Bendle; Phillip E. Pfeifer; David J. Reibstein Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 3

Margens e lucros

Métricas abordadas neste capítulo:

Margens

Despesa de marketing – total, fixa e variável

Preços de venda e margens do canal

Análise de ponto de equilíbrio e análise de contribuição

Preço médio por unidade e preço por unidade estatística

Volume desejado

Custos variáveis e custos fixos

Peter Drucker escreveu que o propósito de uma empresa é criar um cliente. Como profissionais de marketing, concordamos com ele. Mas também reconhecemos que uma empresa não pode sobreviver a menos que tenha margens e clientes. De certa forma, as margens são simplesmente a diferença entre o preço de um produto e seu custo. No entanto, este cálculo torna-se mais complicado quando variações de um produto são vendidas a preços diferentes, por meio de vários canais, incorrendo em diferentes custos ao longo do caminho. Por exemplo, um artigo recente da Business

Week observou que menos “de dois terços das vendas da GM são de varejo. O resto vai para as agências de aluguel de automóveis ou para funcionários da empresa e suas famílias – as vendas que oferecem as margens brutas mais baixas”.1 É verdade que uma empresa não pode sobreviver sem uma margem positiva, mas pode ser um desafio determinar com precisão a margem que ela realmente obtém.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582605134

Estudos de caso - Pitney Bowes

Alina Wheeler Grupo A PDF Criptografado

Estudos de caso

Pitney Bowes

Metas

Na Pitney Bowes, levamos precisão e exatidão ao mundo conectado e sem fronteiras do comércio para ajudar nossos clientes a produzirem um impacto significativo.

A Pitney Bowes é uma empresa de tecnologia global por trás de bilhões de transações físicas e digitais. Clientes de todo o mundo, incluindo 90% da lista Fortune 500, dependem de produtos, soluções e serviços da Pitney Bowes nas áreas de gerenciamento das informações dos clientes, inteligência de localização, envolvimento do cliente, expedição, correios e e-commerce global.

Redefinir a categoria de negócio e a estratégia de marca.

Criar demanda entre compradores e parceiros.

Modernizar a identidade visual e renovar o tom de voz.

Reunir os funcionários em torno da nova marca.

Demonstrar claramente como a marca cumpre a sua promessa.

Queríamos que nossa nova estratégia e identidade de marca refletisse quem somos hoje e, mais do que isso, aonde vamos no futuro.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551457

Capítulo 17 - Venda pessoal e gestão de vendas

Philip R. Cateora; Marcy C. Gilly; John L. Graham Grupo A PDF Criptografado

17

Capítulo

Venda pessoal e gestão de vendas

sumário

objetivos de aprendizagem

■■ Perspectiva global

OA1

As atribuições internacionais são fascinantes, você não acha?

Função da venda interpessoal no marketing internacional

OA2

Fatores que devem ser considerados na criação de uma equipe de vendas internacional

OA3

Passos para recrutar três tipos de vendedores internacionais

OA4

Critérios de seleção para cargos de venda e marketing internacionais

OA5

Necessidades especiais de capacitação da equipe internacional

OA6

Técnicas de motivação para representantes de vendas internacionais

OA7

Como desenvolver sistemas de remuneração para uma equipe de vendas internacional

OA8

Como preparar cidadãos americanos para atribuições no exterior

OA9

Perfil mutável do gerente global de vendas e marketing

■■ Criação da equipe de vendas

■■ Recrutamento do pessoal de marketing e de vendas

■■

■■

■■

■■

■■

Expatriados

Expatriados virtuais

Cidadãos locais

Cidadãos de um terceiro país

Restrições do país anfitrião

■■ Seleção do pessoal de marketing e de vendas

Ver todos os capítulos
Medium 9788520435649

Escolha, compra e cuidados com a lingerie

SCOTT, Lesley Editora Manole PDF Criptografado

Escolha, compra e cuidados com a lingerie

É verdade que uma lingerie bem certinha no corpo pode tanto empobrecer quanto valorizar uma roupa – e, hoje em dia, pode literalmente transformar a imagem de uma mulher e aumentar a gama de roupas que ela pode usar.

Uma grande variedade de tamanhos (existem na Europa sutiãs desde o tamanho AAA ao KK) significa que quase todo mundo poderá encontrar um sutiã que vista bem e favoreça a mulher. Lingeries bonitas se tornaram o foco principal das lojas atualmente, e até mesmo lojas com produtos mais acessíveis possuem conjuntos de sutiã e calcinha atraentes.

Na seção de peças luxuosas de uma loja, observa-se uma enorme variedade de lingeries elaboradas com requinte, que combinam os mais novos modelos com os mais finos tecidos.

207

IW Lingerie 206-221 Ch8 UK.indd 207

25/4/13 8:43 AM

Dicas para a escolha do sutiã

Para escolher a lingerie correta e cuidar dela de maneira apropriada, siga algumas das dicas da estilista Tina Gill.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577809011

Introdução

Barry Purves Grupo A PDF Criptografado

ava s-m pre_P1-11:prelims 20/11/2009 9:36 PM Page 6

Title: Basic Animation-Stop Motion

Client: AVA Book Pte Ltd Size: 160mmx230mm

Introdução

Afinal, o que é stop-motion exatamente? Hoje, a resposta a essa pergunta com certeza seria um pouco imprecisa, pois a maioria das técnicas de animação tem alguns elementos e princípios que se sobrepõem. De modo geral, porém, stop-motion poderia ser definido como a técnica de criar a ilusão de movimento ou desempenho por meio da gravação, quadro a quadro, da manipulação de um objeto sólido, boneco ou imagem de recorte em um cenário físico espacial.

Se alguma dessas coisas despertam seu interesse, então estamos no caminho certo.

She-Bop 1988 animadora

Joanna Priestley

Joanna Priestley utiliza sua animação para conduzir o espectador por transformações ousadas, quase xamanistas.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 OK

N

U260426 dalimmac 19.11.2009 175#

MY

C K

1

DALIM

Ver todos os capítulos
Medium 9788540701779

Capítulo 8 - Moda Internacional

Gini Stephens Frings Grupo A PDF Criptografado

8

Moda

Internacional

Foco de carreira

Todo profissional no negócio da moda quer estar informado sobre o que está acontecendo nas capitais da moda. A maioria dos designers, seus parceiros comerciais, profissionais da manufatura e organizações promocionais estão localizados nesses centros da moda, onde inspiração e fornecedores se encontram e as principais decisões de negócios são tomadas.

Objetivos do capítulo

Neste capítulo, você vai aprender a:

1. Distinguir quem são os criadores de moda internacional mais conhecidos

2. Explicar os motivos da liderança de moda francesa

3. Discutir o crescimento da importância do prêt-à-porter

4. Listar as razões da importância de Nova York como centro de moda

5. Discutir o papel dos centros de moda nacionais e internacionais

182

Parte III | Produção e Marketing de Moda

Este capítulo apresenta as principais capitais da moda do mundo, os centros mais influentes na criação e no marketing de moda. Você vai ler sobre as especialidades de cada um e sobre os criadores que transformaram essas cidades em centros da moda. Os centros da moda se desenvolvem como resultado da concentração de recursos, materiais, mão de obra qualificada e pessoas criativas. Designers são influenciados pelo que outros designers e artistas estão criando. A empolgação com uma nova ideia funciona como um catalisador, que gera mais criatividade, e é por isso que muitas pessoas criativas gravitam em torno das principais cidades.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582605134

Estudos de caso - Amazon.com

Alina Wheeler Grupo A PDF Criptografado

Estudos de caso

Amazon.com

A Amazon.com quer ser a empresa mais centrada no consumidor do planeta, um lugar onde as pessoas descobrem tudo o que querem comprar online.

Metas

Criar uma identidade única e proprietária.

Manter o valor de marca da identidade original.

Originalmente uma livraria online, a Amazon.com está posicionada como a “maior loja de varejo da

Web”, vendendo música, software, brinquedos, ferramentas, produtos eletrônicos, moda e artigos para o lar. Fundada em 1994, a empresa tem 244 milhões de clientes e envia mercadorias para mais de 100 países.

Posicionar a Amazon.com como uma empresa focada no cliente e amigável.

Modificar a identidade essencial para abarcar domínios globais.

Por que você deu o nome Amazon à sua empresa?

É o maior rio do mundo. É a maior seleção do mundo.

Jeff Bezos

Fundador e CEO

Amazon.com

Como parte do design da identidade da marca, a

Turner Duckworth criou uma única letra que se prendia ao sorriso, usado originalmente como um botão online. Mais de 10 anos depois, a Amazon usa o design nos seus cartõespresente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788540701403

Capítulo 8 - Promoção

Paul W. Farris; Neil T. Bendle; Phillip E. Pfeifer; David J. Reibstein Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 8

Promoção

Métricas abordadas neste capítulo:

Vendas básicas, vendas incrementais e impulso promocional

Taxas de resgate para cupons/descontos

Porcentagem de vendas com desconto, porcentagem de tempo em promoção e porcentagem de vendas em promoção

Repasse e cascata de preços

As promoções de preços podem ser divididas em duas categorias amplas:

◆ Reduções temporárias de preços.

◆ Aspectos permanentes de sistemas de preços.1

Com essas duas categorias, as empresas buscam mudar o comportamento dos consumidores e dos clientes corporativos para aumentar as vendas e os lucros com o decorrer do tempo, apesar de o efeito de curto prazo de uma promoção sobre os lucros ser em geral negativo. Existem muitos caminhos para o crescimento das vendas e dos lucros e muitas razões potenciais para oferecer preços promocionais. O objetivo desses programas pode ser afetar o comportamento de usuários finais (consumidores), clientes intermediários (distribuidores ou varejistas), concorrentes ou mesmo da própria equipe de vendas de uma empresa. Apesar de a meta de uma promoção ser quase sempre aumentar as vendas, esses programas também podem afetar os custos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577809011

Ferramentas e técnicas

Barry Purves Grupo A PDF Criptografado

ava s-m ch5_P134-159:5 Tools & techniques 24/11/2009 4:40 PM Page 135

Title: Basic Animation-Stop Motion

Client: AVA Book Pte Ltd Size: 160mmx230mm

134 | 135

Ferramentas e técnicas

No Capítulo 5, veremos como todos os elementos técnicos envolvidos no stop-motion afetam a narrativa e o filme em si, e por que eles são tão importantes quanto a animação.

Preparativos > Ferramentas e técnicas > Movimento e performance

Como precisamos criar absolutamente tudo a partir do zero, é importante extrair o máximo de cada elemento, permitindo que contribuam para o filme, em vez de serem apenas algo secundário, mera decoração ou arquitetura. Tente relacionar cada corte, cada enquadramento, cada música a alguma coisa na narrativa e no tema global.

A animação é mais do que personagens móveis; trata-se de narrativa, e cada elemento pode ajudar a contar essa história.

Wallace e Gromit:

A batalha dos vegetais

2005 animador

Aardman

Ver todos os capítulos
Medium 9788582605134

Estudos de caso - Unstuck

Alina Wheeler Grupo A PDF Criptografado

Estudos de caso

Unstuck

Combinamos aprendizado online, ferramentas digitais personalizadas e dicas e know-how para ajudá-lo a entender o que o impede de fazer as coisas e como você pode avançar.

Metas

A Unstuck é um aplicativo, uma plataforma de aprendizado online e um site de conteúdo que equipa os usuários para enfrentar desafios e avançar com as suas vidas. A Unstuck é um coach digital, ao seu dispor sempre que você se sente empacado. O aplicativo ajuda as pessoas a enxergarem e resolverem situações usando perguntas provocadoras, dicas direcionadas e ferramentas orientadas para a ação.

Desenhar uma nova marca a partir do zero e deixá-la evoluir conscientemente à medida que se expande.

Liderar uma nova categoria de produtos de tecnologia e crescimento pessoal.

Combinar psicologia, comportamento humano e design.

Estabelecer a plataforma de aprendizagem online da Unstuck como uma experiência única no espaço de desenvolvimento pessoal.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582605134

Estudos de caso - Philadelphia Museum of Art

Alina Wheeler Grupo A PDF Criptografado

Estudos de caso

Philadelphia Museum of Art

Somos o museu de arte da Filadélfia. Um lugar para brincadeiras criativas. Uma coleção mundialmente famosa. Uma surpresa em cada cantinho, onde os visitantes veem o mundo, e a si mesmos, com novos olhos, por meio da beleza e da expressividade da arte.

Um dos 100 museus mais visitados do mundo, o Philadelphia Museum of Art possui uma coleção de nível mundial, com mais de 240.000 peças. O museu administra diversos locais, incluindo o Rodin

Museum, que contém a maior coleção pública de obras de Rodin fora de Paris; o Ruth and Raymond

G. Perelman Building; e duas casas históricas do período colonial. Seu prédio principal, no estilo da arquitetura neogrega, é um dos cartões-postais da Filadélfia.

Metas

Revitalizar o propósito fundamental do museu.

Aumentar a participação e o número de visitantes.

Engajar novos públicos.

Ser mais visível e acessível.

Desenhar um sistema de identidade visual dinâmico.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582602171

Estudos avançados no campo do design thinking de serviços

Marc Stickdorn, Jakob Schneider Grupo A PDF Criptografado

Estudos avançados no campo do design thinking de serviços

ESTUDOS AVANÇADOS NO CAMPO DO

DESIGN THINKING DE SERVIÇOS

Os três textos a seguir oferecem uma descrição particularmente detalhada de aspectos selecionados do design de serviços.

O primeiro texto investiga a motivação como uma precondição para o sucesso do design thinking de serviços, enquanto o segundo resume os esforços de pesquisa recentes na área do design de serviços. Por fim, uma perspectiva bastante filosófica enfoca o design de serviços de maneira ampliada.

Stickdorn_296-323.indd 300

29/05/14 14:45

300 / 301

Estudos em thinking

Introdução

FERGUS BISSET, REINO UNIDO

Integração entre design thinking de serviços e psicologia motivacional

JOHAN BLOMKVIST, STEFAN HOLMLID,

FABIAN SEGELSTRÖM, SUÉCIA

Pesquisa em design de serviços: passado, presente e futuro

RENATO TRONCON, ITÁLIA

Design de serviços e biofilia

Stickdorn_296-323.indd 301

Ver todos os capítulos
Medium 9788582602171

Design de produtos: Desenvolvimento de produtos com aplicação de serviço

Marc Stickdorn, Jakob Schneider Grupo A PDF Criptografado

Quem são os designers de serviços?

DESIGN DE PRODUTOS:

DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

COM APLICAÇÃO DE SERVIÇO

SATU MIETTINEN

Este capítulo examina as influências da produção de serviços sobre a prática do design de produtos e considera as implicações da evolução dos designers de produtos, que evoluíram de uma prática exclusiva de design de produtos para uma prática que incorpora o design de serviços.

Design conceitual e iteração

Os papéis dos designers mudaram, assim como os métodos que eles utilizam em seu trabalho de design. Valtonen (2007) demonstra isso em seu estudo sobre como o papel do designer industrial se diversificou. Atualmente, os designers estão trabalhando na gestão de processos de design em empresas, atuando como pesquisadores e colaborando com pesquisas de consumo.

O design de produtos, também conhecido como design industrial, passou por mudanças ao longo das últimas décadas. O design de objetos já não está mais restrito a forma, função, material e produção. Pode-se dizer que atualmente o design está focado na interação entre pessoas e tecnologia, e os produtos servem como plataformas para experiências, funcionalidade e ofertas de serviço (Buchanan, 2001). A

Ver todos os capítulos

Carregar mais