1515 capítulos
Medium 9788565837194

4.12 Expressões de avaliação

David Flanagan Grupo A PDF Criptografado

78

Parte I

JavaScript básica

onde op é um operador, é equivalente à expressão: a = a op b

Na primeira linha, a expressão a é avaliada uma vez. Na segunda, ela é avaliada duas vezes. Os dois casos vão diferir somente se a incluir efeitos colaterais, como em uma chamada de função ou um operador de incremento. As duas atribuições a seguir, por exemplo, não são iguais: data[i++] *= 2; data[i++] = data[i++] * 2;

4.12 Expressões de avaliação

Assim como muitas linguagens interpretadas, JavaScript tem a capacidade de interpretar strings de código-fonte, avaliando-as para produzir um valor. JavaScript faz isso com a função global eval(): eval("3+2") // => 5

A avaliação dinâmica de strings de código-fonte é um recurso poderoso da linguagem que quase nunca é necessário na prática. Se você se encontrar usando eval(), deve considerar com atenção se realmente precisa usá-la.

As subseções a seguir explicam o uso básico de eval() e, em seguida, explicam duas versões restritas que têm menos impacto sobre o otimizador.

Ver todos os capítulos
Medium 9788540701427

Capítulo 11 - Computador Ramses

Raul Fernando Weber Grupo A PDF Criptografado

capítulo

11

computador Ramses

■ ■

Mais complexo do que o Neander, o computador

Ramses apresenta recursos adicionais, tais como vários registradores no lugar de um único acumulador e diversos modos de endereçamento em vez de uma única maneira de endereçar uma posição de memória. Estes recursos adicionais permitem manipular eficientemente estruturas de dados mais complexas, como vetores, matrizes, l istas e ponteiros. Como resultado, programas escritos para o Ramses executam mais rapidamente do que programas escritos para o

Neander, apesar da compatibilidade entre estas duas arquiteturas. A arquitetura do Ramses também permite o uso de sub-rotinas.

190

Fundamentos de Arquitetura de Computadores

O computador hipotético Ramses possui todas as características do computador Neander, além de incorporar recursos que visam a facilitar sua programação, como:

■ quatro modos de endereçamento

■ dois registradores de uso geral

■ um registrador de índice

Ver todos os capítulos
Medium 9788560031528

18. EXEMPLOS DE PROJETO DE OBJETOS COM GRASP

Craig Larman Grupo A PDF Criptografado

Capítulo

18

EXEMPLOS DE PROJETO DE

OBJETOS COM GRASP

Para inventar, você necessita de uma boa imaginação e uma pilha de lixo.

– Thomas Edison

Objetivos

• Projetar realizações de casos de uso.

• Aplicar GRASP para atribuir responsabilidades a classes.

• Aplicar UML para ilustrar e raciocinar durante o projeto de objetos.

Introdução

Este capítulo aplica princípios de projeto OO e UML aos estudos de caso, para mostrar exemplos maiores de objetos razoavelmente projetados com resposabilidades e colaborações. Observe, por favor, que os padrões GRASP, pelo nome em si, não são importantes; eles são apenas um suporte ao aprendizado, que nos ajuda a raciocinar metodicamente sobre o projeto OO básico.

O que vem a seguir?

Diagramas de

Classe UML

Introduzidos os princípios básicos de projeto OO com GRASP, este capítulo os aplica aos estudos de caso. O capítulo seguinte esclarece o tópico pequeno, porém necessário, de projeto para visibilidade entre objetos.

Projeto de Objetos com GRASP

Exemplos de

Projeto de Objetos

Ver todos os capítulos
Medium 9788582604823

Capítulo 10 - Configuração de gerenciamento remoto

Andrew Bettany, Andrew Warren Grupo A PDF Criptografado

CAPÍTULO 10

Configuração de gerenciamento remoto

Quando há um grande número de computadores a gerenciar ou trabalhadores que usam seus dispositivos em vários locais, é importante administrar essas máquinas usando ferramentas de gerenciamento remoto.

Assim, o Exame 70-698 – Configuração do Windows inclui objetivos sobre a escolha das ferramentas de gerenciamento remoto adequadas e saber como usá-las para administrar os dispositivos e computadores de sua organização.

Objetivos deste capítulo:

JJ

Escolher as ferramentas de gerenciamento remoto adequadas

JJ

Configurar ajustes de gerenciamento remoto

JJ

Configurar Remote Assistance

JJ

Configurar Remote Desktop

JJ

Configurar Windows PowerShell remoto

JJ

Modificar configurações usando Microsoft Management Console ou Windows

PowerShell

Objetivo: Escolher as ferramentas de gerenciamento remoto adequadas

O Windows 10 fornece várias ferramentas para gerenciar os computadores de sua organização remotamente. Isso inclui Remote Assistance, Remote Desktop, Windows PowerShell remoto e muitos snap-ins de console de gerenciamento. Saber quais ferramentas usar para dar suporte a determinada situação o ajuda a tratar das necessidades de seus usuários mais rapidamente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582603727

Capítulo 3 - Programação em redes e aplicações da Internet

Douglas E. Comer Grupo A PDF Criptografado

CAPÍTULO 3

Programação em redes e aplicações da Internet

3.1

3.2

3.3

3.4

3.5

3.6

3.7

3.8

3.9

3.10

3.11

3.12

3.13

3.14

3.15

3.16

3.17

3.18

3.19

3.20

3.21

3.22

3.23

Introdução, 25

Dois paradigmas básicos da comunicação via Internet, 26

Comunicação orientada à conexão, 27

O modelo de interação cliente-servidor, 28

Características de clientes e servidores, 28

Programas servidores e computadores servidores, 29

Requisições, respostas e direção do fluxo de dados, 29

Múltiplos clientes e múltiplos servidores, 30

Identificação de servidores e demultiplexação, 30

Servidores concorrentes, 31

Dependências circulares entre servidores, 32

Interações peer-to-peer (par-a-par), 32

Programação em redes e API de sockets, 33

Sockets, descritores e E/S de rede, 33

Parâmetros e API de sockets, 34

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos