3112 capítulos
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788536530833

16.1 Arquivos de Referência – Xrefs

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

278

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

• Options

Este botão abre a janela Options do AutoCAD na aba Files para que você configure a pasta onde serão gravadas as imagens importadas pelo PDF. O caminho pode ser relativo ou absoluto em relação ao arquivo PDF importado.

Figura 15.39   Aba Files da janela Options.

Dicas de Produtividade

CAPÍTULO 16

Dicas de

Produtividade

OBJETIVOS

Apresentar ferramentas que geram maior produtividade

16.1  Arquivos de Referência – Xrefs

Os arquivos de referência (Xrefs) permitem que você utilize um arquivo de base em seu projeto para que seja possível desenhar em um arquivo novo sem acumular os desenhos do arquivo base. Eles funcionam de modo semelhante aos blocos; a diferença é que não permanecem no desenho, como os blocos. Permitem que o usuário utilize inúmeros arquivos de trabalho sem que estejam permanentemente ligados a ele. Ao carregar um arquivo que possui arquivos de referência, todos eles são carregados e atualizados. Isso possibilita que você use o desenho de um arquivo para desenvolver seu projeto sem ter de carregar o arquivo base e, com isso, evita aumentar o tamanho do arquivo. O arquivo do projeto fica somente com os objetos relacionados a ele e o arquivo base é preservado. A vantagem é que, se a base for alterada, ao reabrir o projeto, ela é atualizada.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

14.2 Impressão no Paper Space

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

234

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

O nome do arquivo de plotagem é o mesmo do desenho com extensão .plt. Ao clicar em OK na janela de impressão, o AutoCAD pede um nome para o arquivo como ao salvar um desenho.

▶▶ Apply to Layout: salva a configuração de plotagem atual para o layout corrente.

14.1.2  Configuração de Escalas

É muito importante ter coerência ao criar o desenho para não haver problemas com a impressão.

Basicamente, é aconselhável criar o desenho em escala 1:1 e depois imprimir em escala; só dessa maneira é possível imprimir o mesmo desenho em várias escalas com facilidade.

É preciso ter em mente que se desenha em unidades definidas pelo usuário, como metros, milímetros, centímetros, polegadas, quilômetros etc. e se imprime em milímetros ou polegadas. Essa relação precisa ficar bem clara para não gerar problemas.

O AutoCAD é um sistema adimensional de unidades. Ele não define se uma unidade do desenho

é um milímetro, um metro ou um quilômetro. Isso depende do usuário durante o seu trabalho, variando conforme o profissional, de acordo com a área.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

15.3 Export Layout

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

260

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Para encerrar, clique em OK e o arquivo é criado de acordo com os parâmetros fornecidos. No exemplo cria-se o arquivo nomeado como capitulo14_2-projeto.zip.

15.2 Send

O comando Send envia o arquivo do desenho atual por e-mail como um anexo. É possível acessá-lo pelo Menu de Aplicação em Publish, opção E-mail. Ao entrar nesse comando, o AutoCAD chama o aplicativo instalado no sistema para o envio de e-mails automaticamente e anexa o arquivo do desenho corrente.

15.3  Export Layout

A ferramenta Export Layout permite exportar um layout, ou seja, uma folha de impressão criada para um arquivo

Figura 15.6   Comando Send.

PDF ou DWF. O arquivo criado pode ser enviado por e-mail, ser visualizado em programas que suportem o seu formato ou impresso posteriormente, sem a necessidade do AutoCAD. A manipulação de arquivos fechados garante autenticidade e preserva o arquivo original do projeto, além de permitir a impressão em qualquer local sem precisar do AutoCAD.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

16.15 Exportação de Arquivos em Outros Formatos

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

304

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

16.14  Conversor DWG

A ferramenta DWG Convert permite converter arquivos

DWG em qualquer uma das seguintes versões: Release 14,

2000, 2004, 2007, 2010 e 2013. Como é possível converter arquivos em lote, você pode rapidamente atualizar bibliotecas antigas. A ferramenta DWG Convert pode ser acessada pelo Menu de Aplicação na opção Save As > DWG Convert.

Em seguida, abre-se a janela de diálogo DWG Convert, na qual você pode especificar os arquivos a serem convertidos, salvar uma lista para uso posterior, criar listas e abrir listas previamente gravadas.

▶▶

: �este botão abre uma janela de diálogo para seleção dos arquivos que precisam ser convertidos.

▶▶

: �limpa a lista de arquivos para criação de outra lista.

Se a lista foi alterada, surge um prompt pedindo para salvá-la.

▶▶

: �seleciona uma lista de conversão de arquivos previamente salva. Antes de selecionar a lista, deve-se salvar a lista corrente. Os arquivos de lista têm a extensão .BCL.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

16.5 Seleção Rápida de Objetos – Qselect

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

290

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

É possível fazer combinações de comandos. No exemplo da Figura 16.21, há um Rotate com Copy.

Use o Grip do meio como ponto base.

Figura 16.21   Rotacionar e copiar com os Grips.

16.5  Seleção Rápida de Objetos – Qselect

O AutoCAD tem um filtro de seleção de objetos com a mesma característica, por exemplo, todos de um mesmo layer ou todas as polilinhas iguais. Esse filtro chama-se Qselect. Acione-o pela aba

Home, painel Utilities, ou pelo menu superior Tools, opção Quick Select, se ele estiver habilitado.

No botão Object type selecione o tipo de objeto. Só são listados os objetos que fazem parte do desenho. No campo Properties, escolha a propriedade. No exemplo selecionamos os textos com a propriedade Layer e o nome do layer; serão selecionados somente os textos desse layer.

Figura 16.22   Comando Qselect.

Figura 16.23   Filtrar objetos na seleção.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

16.2 Padronização de Arquivos – Template

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

286

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

16.2 �Padronização de Arquivos – Template

A primeira ferramenta que fornece grande benefício de produtividade ao usuário de AutoCAD é um template, ou arquivo padrão (arquivo com extensão .dwg).

O template tem o objetivo de padronizar o desenho. Padronizar nada mais é do que usar as mesmas características de desenho em todos os projetos. No AutoCAD, isso significa usar sempre os mesmos layers, estilos de texto e de dimensionamento, cores, escalas anotativas e espessuras de linha etc.

Todas essas características não precisam ser criadas a cada novo desenho. É possível deixá-las gravadas nesse template. Cada vez que abrir um novo desenho, inicie com esse template e o desenho é aberto com todos os layers criados, estilos e layouts mais utilizados nele configurados.

Para criar o template, é preciso iniciar um novo desenho e nele criar todos os estilos de padronização descritos a seguir:

▶▶ layers;

▶▶ estilos de texto;

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

11.6 Atualizações em Blocos Gerados a Partir de Desenhos

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

184

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Figura 11.9   Inserção de um bloco.

5. Em seguida, pede-se o fator de escala em X:

Enter X scale factor, specify opposite corner or 1.0.

Pressione para concordar com o fator de escala 1.

Enter Y scale factor : .

Specify rotation angle<0>: .

Após seguir esses passos, o bloco é inserido no desenho com a mesma escala com que foi criado.

Nessa janela de diálogo, os campos têm as seguintes funções:

▶▶ Name: selecione o nome do bloco.

▶▶ Browse: para inserir um bloco que já é arquivo, selecione essa opção para acessar as pastas dos arquivos, como ilustra a Figura 11.10.

▶▶ Insertion point: usada para fornecer o ponto de inserção do bloco por meio de coordenadas especificadas. Também é possível dar o ponto de inserção na tela se selecionar Specify

On-screen.

▶▶ Scale: permite dar a escala de inserção ou especificá-la no momento da inserção, selecionando-se Specify On-screen. Se o usuário escolher Uniform Unit, o fator de escala inserido em X é usado para Y e Z uniformemente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

11.10 Edição de Atributos pelas Paletas do AutoCAD

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

192

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Entre no comando Insert e insira esse bloco. Definidos os fatores de escala de inserção, surge uma janela de diálogo semelhante à da Figura 11.24, que solicita as dimensões do bloco.

Figura 11.24   Entrada de atributos.

Um bloco pode ter quantos atributos o usuário desejar. Para criar mais de um atributo, repita o comando

Ddattdef para cada atributo antes de criar o bloco, então crie o bloco pela seleção de todos os textos e do desenho. Após inserir o bloco, se o atributo não foi definido como invisível, ele vem desenhado na tela junto com o bloco (Figura 11.25).

Figura 11.25   Inserção de

blocos com atributos.

11.9  Modo de Apresentação dos Atributos

Se não quiser que os atributos fiquem na tela com o desenho, mas criou-os como visíveis, use o comando Attdisp para controlar a visibilidade deles. Acesse esse comando pelo painel Block, clicando em Retain Attribute Display (Figura 11.26) com as três opções descritas a seguir:

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

9.6 Comando Dimradius

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

144

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Para cotar ângulos maiores do que 180 graus, use a opção Specify vertex.

1. Faça um desenho semelhante ao da Figura 9.15.

2. Clique no botão do comando Angular Dimension.

Figura 9.15   Dimensionamento angular com três pontos.

Command: Dimangular.

Select arc, circle, line, or : .

Specify angle vertex: P1.

Specify first angle endpoint: P2.

Specify second angle endpoint: P3.

Specify dimension arc line location or [Mtext/Text/Angle/Quadrant]: P4.

O dimensionamento angular baseado em um arco tem como resposta o ângulo descrito pelo arco. O dimensionamento angular baseado em círculos tem como resposta o ângulo descrito por dois pontos selecionados no círculo.

9.6  Comando Dimradius

Este comando pode ser utilizado para cotar raios de arcos ou círculos, e o símbolo de raio R é desenhado automaticamente. A posição da cota varia conforme a posição do cursor.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

11.9 Modo de Apresentação dos Atributos

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

192

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Entre no comando Insert e insira esse bloco. Definidos os fatores de escala de inserção, surge uma janela de diálogo semelhante à da Figura 11.24, que solicita as dimensões do bloco.

Figura 11.24   Entrada de atributos.

Um bloco pode ter quantos atributos o usuário desejar. Para criar mais de um atributo, repita o comando

Ddattdef para cada atributo antes de criar o bloco, então crie o bloco pela seleção de todos os textos e do desenho. Após inserir o bloco, se o atributo não foi definido como invisível, ele vem desenhado na tela junto com o bloco (Figura 11.25).

Figura 11.25   Inserção de

blocos com atributos.

11.9  Modo de Apresentação dos Atributos

Se não quiser que os atributos fiquem na tela com o desenho, mas criou-os como visíveis, use o comando Attdisp para controlar a visibilidade deles. Acesse esse comando pelo painel Block, clicando em Retain Attribute Display (Figura 11.26) com as três opções descritas a seguir:

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

2.7 Personalização da Área de Trabalho

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

40

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

temos o modo Ortho, o qual liga o sistema ortogonal, permitindo que as linhas sejam sempre perfeitamente ortogonais umas às outras.

Esse modo é ligado e desligado com a tecla

ou com o botão Ortho na linha de status.

1. Aperte a tecla .

2. Observe a linha de comandos. É possível ver

.

Ao desenhar as linhas, tem-se um exemplo prático dessa função.

2.6  Entrada de Dados

Dinâmica

A entrada de dados dinâmica permite que os prompts e as dimensões sejam mostrados dinamicamente na geometria à medida que a cria ou edita.

O AutoCAD interage com o usuário pela linha de comandos e/ou pela interface dinâmica.

Todos os comandos podem ser acessados pelos menus e botões da Ribbon ou digitados. Tudo que é digitado vai para a linha de comandos ou para uma caixa ao lado do cursor na tela se a interface dinâmica estiver habilitada.

Ao desenhar linhas, é possível entrar com novos valores de medidas de distâncias diretamente no cursor, os quais são imediatamente exibidos ao desenhar a geometria.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

3.1 Comando Line

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

46

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

▶▶ Outra possibilidade é quando se usa um valor para uma medida, o qual passa a ser o default e aparece entre < >, e significa que da próxima vez a entidade será desenhada com esse valor se clicar , a não ser que se digite outro valor.

Figura 3.4   Visualização do raio.

Ao fornecer o centro, ele pede o raio, e ainda

é possível escolher outra opção, em vez de fornecer o raio, clicando na seta para baixo no teclado, como mostrou a Figura 3.5. Nesse caso,

é possível concordar com o raio usado anteriormente ou mudar para a opção Diameter, na qual, em vez de dar o raio, informa-se o diâmetro. É possível selecionar uma das opções com o cursor ou com as setas.

Command: Circle.

Specify center point for circle or

[3P 2P Ttr(tan tan radius)]: P1.

Specify radius of circle [Diameter]

<4.00>:

No exemplo, ao se entrar no comando Circle e dar o centro, em seguida se pede o raio e aparece o valor <4.00>. Isso significa que o último círculo desenhado teve 4.00 de raio. Então, pode-se dar e o círculo é desenhado com 4.00, ou digitar outro valor.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

2.5 Modo Ortogonal – Comando Ortho

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

39

Configuração da Área de Trabalho e da Interface

2.4  O Passo do Cursor –

Comando Snap

Esse comando permite dar um passo com o cursor com um determinado incremento. O passo controla o deslocamento do cursor sempre com o mesmo tamanho, quando o Snap está ligado.

Normalmente, usa-se o Snap coincidindo com o

Grid, sendo o Grid o indicador para o tamanho das linhas. Liga-se o Snap com a tecla da mesma maneira que o Grid com a , ou pelo botão Snap na linha de status.

mudar o plano da perspectiva, pressione as teclas

+ E ou e os planos se alternam.

O Snap não deve ter nenhum ângulo para usar a opção Iso, pois ela já ajusta automaticamente os ângulos das três faces da perspectiva isométrica (120 graus). A Figura 2.8 exibe o trabalho dos planos da perspectiva isométrica, a qual pode ser usada para o desenho de perspectivas de hidráulica para banheiros.

Para desenhar um círculo e em perspectiva isométrica, use o comando Ellipse e, em seguida, a opção Isocircle (Capítulo 3).

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

2.2 A Área de Trabalho – Comando Limits

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

Configuração da Área de Trabalho e da Interface

CAPÍTULO 2

Configuração da

Área de Trabalho e da

OBJETIVOS

Interface

Especificar o tamanho da área de trabalho

Definir as unidades de trabalho

Ajustar as ferramentas auxiliares de desenho

Este capítulo explica como ajustar a área de trabalho para iniciar um desenho. A área de que o

AutoCAD dispõe para desenhar é infinita dentro do plano cartesiano, e os desenhos devem ser feitos em escala real, ou seja, 1 = 1. No momento de plotar/imprimir o desenho, entra-se com uma escala, fazendo uma relação com milímetros. Dessa forma, um mesmo desenho pode ser impresso ou plotado em diferentes escalas.

Apesar da liberdade para trabalhar, é preciso ajustar alguns parâmetros antes de começar o desenho. São eles: a área de desenho (Limits), as unidades de trabalho (Units), o Gride e o Snap.

A seguir, cada um desses comandos é detalhado.

2.1  A Unidade de Trabalho – Comando Units

Ver todos os capítulos
Medium 9788536530833

9.2 Comando Dimaligned

Cláudia Campos Netto Editora Saraiva PDF Criptografado

140

Estudo Dirigido de AutoCAD 2019

Command: Dimlinear.

Specify first extension line origin or : P1Specify second extension line origin: P2Specify dimension line location or: P3[Mtext/Text/Angle/Horizontal/Vertical/Rotated]:Dimension text = 15,00OBSERVAÇÃOPara marcar um ponto em dimensionamento, é necessário usar o Osnap no endpoint para pegar o ponto final das linhas com precisão.O tamanho das cotas foi modificado. Com o estilo criado, a cota ficou com metade do tamanho do estilo anterior. Acesse o comando Dimlinear para cotar o retângulo. Clique no botão do comando Linear Dimension.Command: Dimlinear.Specify first extension line origin or < select object>: P1.Specify second extension line origin: P2.Specify dimension line location or: P3.[Mtext/Text/Angle/Horizontal/Vertical/Rotated]:Dimension text = 15,00Figura 9.9   Comando Dimlinear.Figura 9.10   Comando Dimlinear.

Ver todos os capítulos

Carregar mais