602 capítulos
Medium 9788577808380

Epílogo: O Yin e o Yang da Batalha por Relevância

David A. Aaker Grupo A PDF Criptografado

Epílogo

O Yin e o Yang da Batalha por Relevância

Não acabou até ter acabado.

—Yogi Berra

A

s dinâmicas do mercado e as opções estratégicas discutidas neste livro precisam ser colocadas em perspectiva. A batalha pela criação e manutenção da relevância de marca e por deixar os concorrentes para trás está ligada a um yin e a um yang. Precisamos analisar o lado ruim de uma estratégia orientada por relevância, não apenas o bom.

É verdade que a criação de novas categorias e subcategorias costuma envolver recompensas enormes. A concorrência sem concorrentes, ou então com adversários reduzidos ou enfraquecidos, é muito mais lucrativa do que uma guerra por preferência de marca, além de muito mais agradável. Mesmo que o período favorável na área competitiva seja limitado, ele ainda pode criar um fluxo de lucros, momento de mercado e base de clientes muito vantajosos

à medida que os concorrentes se tornam relevantes.

Também é verdade que o índice de empresas que têm sucesso na criação de espaços com pouca ou nenhuma concorrência é alta. Este livro explorou dezenas de casos do tipo, mas estes representam apenas uma pequena parcela do total. Podemos encontrar uma série de casos semelhantes aos da minivan da Chrysler, da Enterprise Rent-A-Car, da Go-Gurt da Yoplait, da SoBe, da

Ver todos os capítulos
Medium 9788580555509

Capítulo 15 - Gestão da Cadeia de Suprimentos e de Canal

Dhruv Grewal, Michael Levy Grupo A PDF Criptografado

Módulo 6

Entrega de Valor: Projetando o Canal e a Cadeia de Suprimentos

capítulo

15

Gestão da Cadeia de

Suprimentos e de Canal

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Após a leitura deste capítulo, você estará apto a:

OA 15.1 Compreender a importância da gestão dos canais de marketing e da cadeia de suprimento.

OA 15.2 Compreender a diferença entre canal de marketing direto e canal de marketing indireto.

OA 15.3 Descrever como os canais de marketing são gerenciados.

OA 15.4 Descrever o fluxo de informações e mercadorias no canal de marketing.

Q

uando uma empresa economiza um dólar ao aumentar a eficiência de seu sistema de distribuição, os benefícios globais valem bem mais do que um dólar. Então, por exemplo, um varejista consegue colocar rapidamente seus produtos em suas lojas, na quantidade certa, e no momento em que seus clientes desejam, os clientes ficam satisfeitos, o que acaba aumentando as vendas e os lucros. Ao mesmo tempo, o varejista pode reduzir uma de suas despesas mais altas, os custos de distribuição. Além disso, em virtude desses sistemas de distribuição, os fabricantes que vendem seus produtos em lojas próprias têm uma boa percepção do quanto necessitam produzir e quando, o que diminui os custos de estoque. Dessa forma, os lucros aumentam e todos ficam contentes.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547221850

12.8 Next, a aposta do Bradesco no universo da Fintech

Felipe Morais Editora Saraiva PDF Criptografado

328

Planejamento estratégico digital

12.7 Publicidade nativa6

Na onda dos “gatinhos” das redes sociais e das listas que todos gostam de ler, o Banco Itaú fez uma ação interessante com o Portal BuzzFeed, famoso por lançar listas inusitadas como “30 tuítes mais engraçados do ano” ou “Os 21 livros de foto mais impressionantes lançados no ano”. Aliada ao conceito de publicidade nativa

– método de publicidade na web na qual o anunciante, para ganhar a atenção dos consumidores, fornece um conteúdo valioso no contexto da experiência do usuário – o banco patrocinou o texto “11 fotos de gatos que traduzem perfeitamente sua relação com dinheiro”, onde gatos mostram seu descontentamento em diversas situações como “quando não aceitam cartão como pagamento” ou “dias depois que você comprou, entrou em promoção”. Na página, havia propaganda do banco e uma aba com o perfil do banco no Facebook.

12.8 N

� ext, a aposta do Bradesco no universo da Fintech7

Na onda das Fintech (financeiras ligadas à tecnologia, o Bradesco lança seu concorrente para brigar com Neon, Banco Inter, Banco Original e Nubank, o Next, seu banco totalmente digital. A ideia do banco é trazer um novo modelo de negócios para quem deseja ter um controle maior sobre o seu dinheiro. Diferente dos bancos citados, o Next não será gratuito, indo na contramão da tendência dos bancos digitais; entretanto, além de poder usar os canais de autoatendimento do banco, ajuda com objetivos financeiros, controle de gastos por categoria, orçamento mensal, pagamento de boletos, TED, Docs, tudo isso será oferecido. Toda a movimentação será feita pelo aplicativo do banco, o que é a tendência dos bancos digitais: tudo pelo aplicativo, sem site e muito menos agência física. O Banco investiu mais de 120 milhões de reais no projeto.

Ver todos os capítulos
Medium 9788547221850

Questões para discussão

Felipe Morais Editora Saraiva PDF Criptografado

176

Planejamento estratégico digital

e, se possível, faça as duas, pois, quanto mais dados precisos tiver em mãos, mais certeza você terá de que está fazendo a coisa certa. Fuja do “eu acho” e trabalhe com dados concretos.

\ Questões para discussão

1. Quanto do seu tempo você reserva para realizar pesquisas para o seu cliente?

2. Você pesquisa apenas no Google ou em outros meios? Quais?

3. Você ouve os consumidores ou se vale apenas de resultados de pesquisa?

4. Quais são as suas fontes mais confiáveis de pesquisa?

5. No início de um planejamento, você busca insights em consumidores – mesmo que próximos a você – para definir os caminhos a seguir?

6. Alguns profissionais de planejamento acreditam que pesquisa seja o caminho ideal a ser seguido. Você concorda com essa afirmação?

Justifique.

7. Alguns profissionais de planejamento acreditam que a pesquisa é um dos pontos a se analisar, mas não o único. Para você, quais seriam os outros fatores que também merecem atenção?

Ver todos os capítulos
Medium 9788577809752

Capítulo 15 - Distribuição de Frequência, Tabulação Cruzada e Teste de Hipóteses

Naresh K. Malhotra Grupo A PDF Criptografado

Capítulo

15

A distribuição de frequência e as tabulações cruzadas são técnicas básicas que oferecem

ótimas informações sobre os dados e fundamentam uma análise mais aprofundada.

Laurie Harrington, gerente de marketing – Manutenção de Clientes, First Choice Power

Objetivos

Após a leitura deste capítulo, o aluno conseguirá:

1. Descrever o sentido da análise preliminar dos dados e a visão proporcionada por essa análise.

2. Discutir a análise de dados associada a frequências, incluindo medidas de posição, de dispersão e de forma.

3. Explicar a análise de dados associada com tabulações cruzadas e as estatísticas relacionadas: qui-quadrado, coeficiente phi, coeficiente de contingência, V de Cramer e coeficiente lambda.

4. Descrever a análise de dados associada ao teste paramétrico de hipótese para uma amostra, para duas amostras independentes e para amostras pareadas.

5. Entender a análise de dados associada ao teste de hipóteses não paramétrico para uma amostra, para duas amostras independentes e para amostras pareadas.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos