739 capítulos
Medium 9788597019629

CAPÍTULO 20 - Indicadores de Gestão Ambiental e de Responsabilidade Social

TACHIZAWA, Takeshy Grupo Gen PDF Criptografado

VISÃO GERAL

Para entender a influência das tecnologias da informação na formulação de estratégias ambientais e de responsabilidade social, sugere-se analisar o atual estado da arte e tendências dessa tecnologia, na forma apresentada nesta Parte IV.

As novas tecnologias da informação induzirão a novas formas de gestão dos negócios e, consequentemente, demandarão um novo tipo de executivo. Esse profissional dos novos tempos tenderá a trabalhar em organizações menos hierárquicas, cujo ambiente informacional possibilitará que grande número de pessoas possa comunicar-se rapidamente por redes informatizadas.

Como reflexo da implementação dessas tecnologias da informação para a gestão ambiental e responsabilidade social, obter-se-ão ganhos consideráveis na redução do consumo de papel, eliminação do uso de mídias magnéticas para arquivamento de informações (DVDs, CDs, pendrive e dispositivos de backup’s e meios de armazenamento digital equivalentes).

De forma análoga, a implementação das tecnologias da informação no âmbito das organizações causaria impacto positivo na gestão ambiental e na responsabilidade social à medida que melhoraria a qualidade das informações geradas para o processo decisório.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597010718

Parte II - Capítulo 6 - Max Weber e as organizações

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru Grupo Gen PDF Criptografado

6 max Weber e as organizações

objeTivos

Ao completar o estudo deste capítulo, você deverá estar preparado para explicar e exercitar os seguintes conceitos:

· Tipo ideal de burocracia, criado por Max Weber, e suas características.

· Principais disfunções das burocracias.

· Contraste entre o modelo burocrático e o modelo orgânico de estrutura organizacional.

inTrodução

Se você pensa que a palavra burocracia tem conotação negativa, pense novamente.

Essa conotação negativa decorre das disfunções das burocracias – ineficiência, corrupção, lentidão, excesso de funcionários mal qualificados e desmotivados etc. Em sentido ideal, a burocracia é o oposto desses defeitos – é máquina profissional, que se baseia em regras legalmente definidas, operadas por funcionários recrutados e preparados para desempenhar tarefas descritas com exatidão.

Quem definiu a burocracia dessa forma – como máquina profissionalizada – foi o cientista social alemão Max Weber, que você irá estudar neste capítulo. Max Weber é

Ver todos os capítulos
Medium 9788597010718

Parte IV - Capítulo 13 - Competências e aprendizagem

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru Grupo Gen PDF Criptografado

13

Competências e aprendizagem objeTivos

Ao completar o estudo deste capítulo, você deverá estar preparado para explicar e exercitar os seguintes conceitos:

·

·

·

·

·

·

·

Conceito e principais tipos de competências.

Como graduar competências para refletir diferentes níveis de complexidade.

Que são referenciais ou modelos de competências.

Aprendizagem.

Principais teorias ou perspectivas sobre a aprendizagem.

Como as aptidões se transformam em competências.

Estilos de aprendizagem, que determinam as preferências pelos métodos educacionais.

inTrodução

Competência é um conceito intuitivo, que faz parte da linguagem comum. Expressões como “é uma pessoa competente”, “procuro alguém competente” ou “quem não tem competência não se estabelece” não precisam de explicações.1

1

AMARU.indb 229

MARBOT, É. Compétences: la référence de la gestion des emplois. In THÉVENET, M., DEJOUX, C., MARBOT, É, &

Ver todos os capítulos
Medium 9788522470099

4 Análise de investimentos

BATALHA, Mário Otávio Grupo Gen PDF Criptografado

4

Análise de investimentos

Edemilson Nogueira

Este capítulo apresenta os principais conceitos e técnicas, utilizados para a análise e a comparação de alternativas de investimento. Como este livro tem como tema central empresas agroindustriais, é importante destacar que as técnicas utilizadas para análise de investimento são as mesmas, qualquer que seja o setor industrial.

Ao final deste capítulo, o leitor será capaz de:

• conhecer os conceitos básicos utilizados na engenharia econômica;

• saber utilizar corretamente todos os métodos de análise e seleção de oportunidades de investimento;

• conhecer as particularidades da avaliação de alternativas de substituição de equipamentos;

• saber avaliar o efeito do imposto de renda na análise de investimentos.

1 Análise de investimentos

A estrutura de uma empresa, representada pelo conjunto de seus ativos físicos, habilidades humanas e competência tecnológica, é resultado de um longo processo de investimentos diversos. Várias oportunidades de investimento surgem ao longo do tempo, e as pessoas pertencentes à administração avaliam e determinam quais devem ser aproveitadas e quais abandonadas. Os administradores são, desta forma, os responsáveis pela formação da estrutura da empresa e, conseqüentemente, por um conjunto de características que irão determinar suas potencialidades e fraquezas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522478804

6 Manuseio da Mercadoria

CASAS, Alexandre Luzzi Las Grupo Gen PDF Criptografado

6

Manuseio da

Mercadoria

6.1 MANUSEIO DA MERCADORIA

Desde o recebimento de mercadorias do fornecedor até a entrega aos consumidores ocorrem várias etapas. Um fluxo ininterrupto deve ser planejado.

Em primeiro lugar, procura-se saber quais atividades são envolvidas nesse processo. Morgenstein relacionou as atividades de manuseio de mercadorias conforme o

Quadro 6.1. De acordo com o quadro, as seguintes etapas são necessárias no que se refere a manuseio de mercadorias: recebimento, verificação, marcação, armazenamento, distribuição e proteção da mercadoria.

6.1.1 Recebimento da mercadoria

O tamanho da loja influi nessa etapa. Um estabelecimento varejista de pequeno porte, por exemplo, recebe frequentemente a mercadoria na própria loja, onde mantém seus estoques. Muitas vezes é necessário que os entregadores atravessem a área de vendas, em horário comercial, devido às limitações do espaço disponível. Em lojas maiores, a situação é diferente. O recebimento é em geral por entradas independentes, sem interferência no local de vendas. Noutros casos, a entrega é feita separadamente, afastada no local de vendas, em armazéns.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos