199 capítulos
Medium 9788520433256

1. Empreendedorismo: fatores de sucesso e fracasso

Luiz Arnaldo Biagio Manole PDF Criptografado

1

Empreendedorismo: fatores de sucesso e fracasso

Objetivos deste capítulo

Definir empreendedor.

Comentar as características comportamentais do empreendedor.

Apresentar a escada do empreendedor e apontar caminhos para subi-la.

Comentar a biografia de alguns empreendedores referenciais.

Testar o leitor quanto ao seu perfil empreendedor.

O que significa empreendedorismo?

Definindo da forma mais simples, empreendedorismo significa executar, pôr em prática ou levar adiante uma ideia, com a intenção de atingir objetivos e resultados. Definindo tecnicamente, empreendedorismo é a área do conhecimento dedicada a estudar os processos de idealização de empreendimentos, destacando tanto o valor de uma ideia como a sua capacidade de agregar valor ao que já existe (produto e processo).

Você pode considerar que irá tratar do empreendedorismo em uma das três situações a seguir:

3

Book 2.indb 3

5/30/14 6:48 PM

Iniciar uma nova empresa partindo de uma ideia inovadora, com a responsabilidade de levá-la desde os estudos de viabilidade, passando pela implantação, criação de valor, para que possa desenvolver uma operação autossustentável e geradora de resultados.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597014372

Introdução

GABRIEL, Martha Grupo Gen PDF Criptografado

INTRODUÇÃO

Participando ativamente do cenário tecnológico nos últimos 30 anos e atuando como consultora, palestrante e professora nas áreas de tecnologia, negócios, inovação e educação, tenho testemunhado a velocidade extraordinária com que o cenário tecnossocial tem se modificado. Na última década, vimos a internet se tornar a principal plataforma planetária de comunicação, entretenimento, negócios, relacionamento e aprendizagem, e também a infraestrutura responsável pelo novo tecido global da humanidade conectada. Esse cenário é deslumbrante e torna a internet (com todas as suas ramificações e plataformas) o cérebro global coletivo, onipresente, onisciente e onipotente. No entanto, esse novo panorama repleto de possibilidades, conexões e ampliação do potencial do ser humano traz consigo, também, profundas transformações e, consequentemente, novos desafios.

Estamos vivendo a Quarta Revolução Industrial1, em que o modelo de sociedade baseado em máquinas mecânicas dá lugar a um modelo baseado em máquinas computacionais, fragmentado em bits e bytes, hipertextual, complexo, não linear. Redes sociais on-line, tecnologias mobile, realidades mistas, tecnologias de voz, vídeo imersivo, impressão 3D, inteligência artificial, internet das coisas, chatbots e robôs são algumas das tecnologias e plataformas digitais que se apresentam para ampliar o nosso cenário. Con1.

Ver todos os capítulos
Medium 9788566103021

Capítulo 5 - AS PARCERIAS NA BP

RUFIN, Carlos Editora Empreende PDF Criptografado

Capítulo 5

AS PARCERIAS NA BP

Este capítulo explica o processo de parceria com uma variedade de atores presentes na BP. Um resultado claro da investigação sobre a BP até agora é que na maioria dos ambientes da BP é muito difícil construir um empreendimento sustentável sem a participação ativa das partes interessadas locais, porque essas partes interessadas possuem recursos que você pode não ser capaz de obter de outras fontes, e sem os quais alguns empreendimentos podem sobreviver, tais como segurança física para você e seus colaboradores. Mas em contraste com outros mercados, na BP você pode não ser capaz de simplesmente comprar esses recursos das partes interessadas; em vez disso, você terá de buscar relacionamentos mais complexos de parceria, envolvendo confiança, algum grau de tomada de decisão conjunta e outros desafios.

Os recursos que estão potencialmente disponíveis através de parcerias na BP são muitos, e cobrem os tipos usuais de recursos que as empresas buscam na parceria com outras empresas, tais como fatores de produção ou serviços de conhecimento sobre o mercado ou de distribuição, bem como recursos que abordam as condições institucionais que prevalecem na BP. Alguns desses recursos são:

Ver todos os capítulos
Medium 9788521623885

1 - Introdução

JUGEND, Sérgio Luis da Silva; SILVA, Sérgio Luis da Grupo Gen PDF Criptografado

1

Introdução

Nas últimas décadas, o desenvolvimento de novos produtos tem se revelado um processo cada vez mais crítico para a competitividade das empresas. Atualmente, as empresas têm que desenvolver mais produtos em um período de tempo menor, e as pouco qualificadas estão se colocando em grande risco, pois seus produtos ficam vulneráveis às mudanças de necessidades e gostos dos clientes, ao emprego de novas tecnologias, além de uma maior concorrência não apenas local, mas, sobretudo, mundial.

A gestão bem estruturada do processo de desenvolvimento de produtos pode significar, entre outros fatores, maior capacidade de diversificação, potencial para a transformação de novas tecnologias em novos produtos, com menores custos e em menor tempo para o seu desenvolvimento, o que certamente promove uma relevante vantagem competitiva para as empresas que possuem uma gestão eficaz deste processo.

Nota-se também que esse contínuo lançamento é tido como estratégia de crescimento de várias organizações, especialmente para aquelas que atuam em ambiente de maior turbulência, como os de alta tecnologia. Fatos como esses demonstram que inovação passa a ser elemento fundamental para o sucesso dos projetos de desenvolvimento de novos produtos e a competitividade de grande parte das empresas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597018516

1 - Aspectos legais do empreendedorismo

VALENTINA, José Donizete; CORRÊA, Rinaldi da Silva Grupo Gen PDF Criptografado

1

Aspectos legais do empreendedorismo

Objetivos de aprendizagem

Ao final deste capítulo, o leitor deverá estar preparado para:

�� compreender aspectos gerais relacionados à abertura de uma empresa;

�� entender a necessidade de um planejamento prévio e a necessidade de conhecimentos específicos sobre as partes societária, fiscal e tributária;

�� compreender as tendências do desaparecimento da informalidade e sonegação nos negócios.

O sucesso empresarial pode ser considerado uma música interpretada por uma orquestra, na qual todos os instrumentos tocados são igualmente importantes, mas, se não houver harmonia entre eles, o objetivo final, que é a música, não será alcançado. Da mesma maneira, no mundo dos empreendimentos, há uma série de instrumentos igualmente importantes e relevantes: a configuração societária, fiscal e tributária.

Se esses instrumentos não forem tratados com a mesma importância, o empreendimento estará fadado ao fracasso.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos