81 capítulos
Medium 9788540701960

Capítulo 10 - Análise de impactos e riscos ambientais

André Henrique Rosa, Leonardo Fernandes Fraceto, Viviane Moschini-Carlos Grupo A PDF Criptografado

10

Análise de impactos e riscos ambientais

FLÁVIO HENRIQUE MINGANTE SCHLITTLER

Objetivos do capítulo

Existe impacto ambiental quando uma atividade produz uma alteração no meio ou em qualquer um de seus componentes. Analisar os impactos ambientais é qualificar e quantificar estas alterações. Essas análises avaliam a qualidade ambiental com e sem determinada ação ou empreendimento. É necessário que se realizem essas avaliações antes da realização de um projeto, com o objetivo de efetuar o planejamento e a formulação de propostas do ponto de vista ambiental, ou seja, considerando todos os fatores ambientais. Isto deve acontecer por parte do empreendedor da atividade ou ação e por parte das autoridades públicas quando aprovam, ou rejeitam, uma proposta ou uma determinada alternativa. A análise de riscos ambientais é uma atividade correlata à análise de impactos e que pode, inclusive, ocorrer em conjunto com esta. Risco é conceituado como uma situação de perigo, com a imediata possibilidade de um evento indesejável ocorrer. A análise de riscos envolve a identificação, avaliação, gerenciamento e contenção de riscos ao ambiente e também à saúde pública. Os estudos de riscos ambientais antecipam eventos ambientalmente maléficos, planejando ações de controle e de emergência.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634553

Capítulo Dois - Mensuração de Características Ambientais

James R. Mihelcic, Julie Beth Zimmerman Grupo Gen PDF Criptografado

capítulo/Dois 

Mensuração de

Características

Ambientais

James R. Mihelcic,

Richard E. Honrath Jr.,

Noel R. Urban,

Julie Beth Zimmerman

BartCo/iStockphoto.com

Neste capítulo, os leitores vão-se familiarizar com as diferentes unidades usadas para medir os níveis de poluentes em sistemas aquáticos, no solo/sedimento e na atmosfera, bem como os níveis globais. A cobertura providencia as fontes e as concentrações de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa, além de métodos para relatar suas emissões, incluindo a pegada de carbono.

  38

Sumário do Capítulo

2.1 Unidades de Concentração de Massa

2.2 Unidades Volume/Volume e Mol/Mol

2.3 Unidades de Pressão Parcial

2.4 Unidades Mol/Volume

2.5 Outros Tipos de Unidades

Objetivos da Aprendizagem

 1. Calcular a concentração química em unidades de massa/

massa, massa/volume, volume/volume, mol/mol, mol/

volume e equivalente/volume.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521633686

CAPÍTULO 6 - Poluição por resíduos

M.A Santos Grupo Gen PDF Criptografado

CAPÍTULO 6

Poluição por resíduos

A LESSA N DR A DA R O C HA DUA I LI B E MO NTEI R O

6.1 Conceituação

Segundo o Dicionário Aurélio, “lixo é tudo aquilo que não se quer mais e se joga fora: coisas inúteis, velhas e sem valor”. Essa característica inservível do lixo deve ser considerada, no mínimo, relativa, pois aquilo que já não apre­ senta nenhuma serventia para quem o descarta, para outro pode se tornar matéria-prima para um novo produto ou processo.

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), resíduo sólido é “qualquer material, substância, objeto ou bem descartado resultante de atividades humanas em sociedade, a cuja destinação final se procede, se propõe proceder ou se está obrigado a proceder, nos estados sólido ou semissólido, bem como gases contidos em recipientes e líquidos cujas parti­ cularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou em corpos d’água, ou exijam para isso soluções técnicas ou economicamen­ te inviáveis em face da melhor tecnologia disponível” (PNRS, 2010).

Ver todos os capítulos
Medium 9788540701960

Capítulo 3 - Contaminação do solo: aspectos gerais e contextualização na química ambiental

André Henrique Rosa, Leonardo Fernandes Fraceto, Viviane Moschini-Carlos Grupo A PDF Criptografado

3

Contaminação do solo: aspectos gerais e contextualização na química ambiental

WILSON TADEU LOPES DA SILVA, LILIAN FERNANDA DE ALMEIDA MARTELLI,

TÂNIA LEME DE ALMEIDA, DÉBORA M. B. P. MILORI e LADISLAU MARTIN NETO

Objetivos do capítulo

Neste capítulo são abordados os principais aspectos relacionados à constituição física e química de solos, destacando-se as peculiaridades de solos alagados, ácidos, salinos e sódicos, a ocorrência de intemperismo do solo e suas consequên­cias.

Além disso, são apresentados os principais tipos de contaminantes inorgânicos e pesticidas, discorrendo-se ainda sobre alguns processos que vêm sendo empregados na remediação de solos.

INTRODUÇÃO

Além do aumento da produtividade agrícola (fertilidade do solo), muito tem sido discutido sobre outros enfoques e rumos que a

Química do Solo deveria tomar, uma vez que se encontram em evidência questões relacionadas a problemas ambientais. Sob esse aspecto, é de grande relevância que sejam estreitados cada vez mais os laços dos estudos do solo por meio da interdisciplinaridade. Desse modo, áreas do conhecimento como a Biogeoquímica Ambiental,

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634553

Capítulo Nove - Águas Residuais e Pluviais: Coleta, Tratamento, Recuperação

James R. Mihelcic, Julie Beth Zimmerman Grupo Gen PDF Criptografado

Águas Residuais e

Pluviais: Coleta,

Tratamento,

Recuperação capítulo/Nove 

© Marcus Clackson/iStockphoto

James R. Mihelcic,

Julie Beth Zimmerman,

David W. Hand, Brian E.

Whitman e Martin T. Auer

Neste capítulo, os leitores vão aprender sobre a composição das

águas residuais e os vários processos unitários empregados para proteger a saúde humana, melhorar a qualidade da água e recuperar recursos. O balanço de massa e a cinética bioquímica são empregados para desenvolver expressões para dimensionar um reator utilizado para remover a demanda bioquímica de oxigênio. São discutidos processos de tratamento naturais e menos mecanizados, como as zonas

úmidas superficiais, lagoas e fossas sépticas. O tratamento e recuperação do nitrogênio e do fósforo também são discutidos, realçando as abordagens convencionais de remoção para recuperar esses nutrientes para aplicações de valor agregado, incluindo o processamento do lodo e seu papel na produção de energia. Os leitores também vão aprender sobre os requisitos de energia

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos