2 capítulos
Medium 9788521636700

Evolução da organização do curso de Engenharia no Brasil

Vanderli Fava de Oliveira Grupo Gen ePub Criptografado

O objetivo deste capítulo é apresentar um breve retrospecto sobre a organização do curso de Engenharia no país, considerando as alterações gerais que ocorreram desde a criação da primeira escola de Engenharia no Rio de Janeiro, em 1792, até os dias atuais. Para tanto, foi consultada a bibliografia disponível, principalmente as publicações dos Professores Silva Telles (1994a, b) e Pardal (1985), além de documentos históricos e da legislação pertinente, que culmina com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) do Curso de Graduação em Engenharia, que constam da Resolução no 2 da Comissão de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE/CES), publicada em 24 de abril de 2019 (BRASIL, 2019a, 2019b).

Para melhor orientar este estudo é necessário caracterizar o que é Engenharia. Uma das definições mais antigas é a do inglês Thomas Tredgold (1788-1829): “Engenharia é a arte de dirigir as grandes fontes de energia da natureza para o uso e conveniência do homem”. Esta definição foi usada pelo citado autor em 1828, na elaboração dos estatutos do Institution of Civil Engineers (ICE), em Londres.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521636700

A mobilização empresarial pela inovação (MEI) e a defesa da modernização do ensino de Engenharia

Vanderli Fava de Oliveira Grupo Gen ePub Criptografado

As tecnologias que estão conquistando o mercado – como inteligência artificial, big data, machine learning – prometem acarretar mudanças profundas na economia e na sociedade. Batizada pelos alemães de quarta revolução industrial (ARBIX ET AL., 2017), a nova onda tecnológica não deixa dúvidas quanto ao papel de destaque que cabe à educação nesse processo. Recursos humanos qualificados, flexíveis e inovadores serão cada vez mais necessários nessa corrida tecnológica. E, aqui, compete aos profissionais de Engenharia um papel especial, por sua capacidade de desenvolver soluções para termos um planeta melhor, com maior bem-estar para a humanidade.

Mas como preparar a mão de obra e os empreendedores para liderar esses processos?

A resposta não é simples, pois não há uma receita a seguir. Ao contrário, vemos diversas universidades ao redor do mundo buscando maneiras de se reinventar a fim de atender aos desafios do século XXI, a exemplo do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos