9 capítulos
Medium 9788520430361

Capítulo 2 - Membros superiores

Shannon Sovndal Editora Manole PDF Criptografado

MEMBROS SUPERIORES

2

S

eus membros superiores proporcionam dois dos cinco pontos de contato com a bicicleta. Eles não apenas contribuem significativamente para a condução de sua bicicleta, mas também servem como base e plataforma para estabilizar seu corpo enquanto você está pedalando. Uma base forte em suas extremidades superiores o ajudará bastante. Imagine que você está pedalando sua bicicleta em uma subida, levantado do selim – você desloca sua bicicleta para um lado e para o outro com os membros superiores, ao mesmo tempo em que os membros inferiores promovem a rotação das pedivelas. Os membros superiores também atuam durante um sprint ou em uma subida levantando-se do selim. Quando você vê uma fotografia de um sprint final em uma corrida de bicicleta, não pode deixar de notar o esforço e a flexão muscular nos membros superiores dos ciclistas. Mesmo quando está andando de bicicleta em uma superfície plana, seus membros superiores estabilizam o restante do corpo. Eles instituem a relação entre a bicicleta e seus ombros, os quais, por sua vez, estabilizam seu tórax, dorso e o restante do tronco. Vale ressaltar que cada parte do corpo contribui para o trabalho do ciclista como um todo. Enquanto realiza os exercícios deste livro, você deve utilizar as informações da seção “Enfoque no ciclismo” para aplicar o treinamento no desempenho do ciclismo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430361

Capítulo 1 - O ciclista em movimento

Shannon Sovndal Editora Manole PDF Criptografado

O CICLISTA EM MOVIMENTO

1

N

o ciclismo, como em qualquer outro esforço desportivo, o corpo do atleta deve ter uma estrutura sólida e forte. Essa é a chave para se atingir o auge do desempenho, evitar lesões e obter vida longa no esporte. Para que você obtenha seu desempenho máximo, todos os sistemas devem operar em harmonia e como uma unidade coordenada. Muitos ciclistas caem na armadilha de pensar que o ciclismo está relacionado basicamente com os membros inferiores. Infelizmente, não é tão simples assim.

Seus membros inferiores, quadris e nádegas geram de fato a maior parte de sua força no ciclismo, mas para estabilizar a metade inferior de seu corpo você precisa ter o abdome, o dorso e a metade superior do corpo fortes. Todas as partes de seu corpo devem trabalhar juntas para estabilizar a bicicleta e empregar força máxima nos pedais.

Este livro aborda a anatomia do ciclismo por meio de vários exercícios de treinamento físico. Tendo conhecimento desses fundamentos, você estará mais concentrado em seus objetivos durante o treinamento. Será capaz de planejar seu treino sabendo que a força e o equilíbrio perfeitos constituem o segredo para um ciclismo bem-sucedido e sem lesões. As ilustrações e descrições em cada capítulo mostrarão como cada exercício

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430361

Capítulo 4 - Tórax

Shannon Sovndal Editora Manole PDF Criptografado

4

TÓRAX

A

maioria dos ciclistas não dedica muito tempo ao desenvolvimento dos músculos do tórax. No entanto, esses músculos são importantes quando se considera o ciclista como um todo. O tórax desempenha um papel fundamental na relação do ciclista com sua bicicleta por meio dos ombros e dos membros superiores. Como foi discutido anteriormente, a simetria e o equilíbrio são necessários para aumentar o desempenho e prevenir lesões. Um ciclista com bom preparo físico é aquele que tem a musculatura forte e equilibrada; ele precisa de uma base sólida para obter um desempenho ótimo.

Quando anda de bicicleta, seu dorso hipertrofia em decorrência do esforço exigido pela posição no ciclismo. Visto que os músculos do tórax são exigidos principalmente durante esforços extremos, como em uma subida ou durante um sprint, esses músculos podem não passar pela mesma adaptação que o dorso durante o treino com a bicicleta.

Por essa razão, você deve prestar especial atenção aos músculos do tórax enquanto estiver treinando na academia.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430361

Capítulo 3 - Ombros e Pescoço

Shannon Sovndal Editora Manole PDF Criptografado

3

O

OMBROS E PESCOÇO

s ombros são continuamente solicitados enquanto você anda de bicicleta. Como constituem a ligação principal entre os membros superiores e o tronco, seus ombros suportam constantemente o peso da parte superior do corpo. Sem levar em conta sua posição na bicicleta – levantado, sentado ou no sprint – seus ombros contrapõemse à força da gravidade. Em outros momentos, como em uma subida íngreme ou no sprint, você tracionará com força o guidão. Este capítulo o ajudará no treinamento para enfrentar esses esforços.

O deltoide é o principal músculo envolvido em movimentos potentes do ombro, e cada exercício abordará um componente funcional diferente. Este capítulo também oferecerá a você exercícios para trabalhar seu manguito rotador. “Manguito rotador” parece ser um termo popular entre os atletas, e este capítulo o ajudará a compreender melhor esse grupo de músculos. O papel principal do manguito rotador é estabilizar a articulação do ombro. Muitos atletas dedicam-se especificamente ao condicionamento desse importante grupo muscular. Uma vez que o manguito rotador não é visível como o deltoide, é com frequência ignorado durante o treinamento na academia. Esse é um erro que pode levar a sérios problemas de dor e lesão no ombro.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430361

Capítulo 6 - Abdome

Shannon Sovndal Editora Manole PDF Criptografado

6

O

ABDOME

s músculos do abdome geralmente não recebem atenção suficiente dos ciclistas, mas negligenciá-los é um grande erro. Essa musculatura ajuda a conferir força, estabilidade e potência ao seu core. O trabalho desses músculos na academia deve ser um elemento-chave no seu programa de treinamento com peso. Músculos fortes no abdome são fundamentais para a boa forma, para o desempenho e sobretudo para a saúde.

A dor lombar em ciclistas muitas vezes resulta da força insuficiente dos músculos anteriores do abdome para se contraporem aos vigorosos músculos do dorso.

Visto que os ciclistas passam a maior parte do tempo na bicicleta inclinados para a frente, acabam desenvolvendo um dorso incrivelmente forte e bem-preparado. Essa hipertrofia (aumento muscular) do dorso é necessária e inevitável quando você passa grande parte do tempo em sua bicicleta. No entanto, a desvantagem desse desenvolvimento é que ele pode prejudicar o equilíbrio da coluna vertebral e a estabilidade esquelética.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos