451 capítulos
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788520427910

4. Seu papel no cuidado da saúde dos clientes

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

4

151

Seu Papel no Cuidado da Saúde dos

Clientes

Muitos massoterapeutas, especialmente aqueles que trabalham em clínicas particulares, descobrem que os clientes respeitam suas opiniões sobre questões de saúde não relacionadas à massagem e, com freqüência, pedem conselhos. Isso se torna cada vez mais comum conforme a sua atividade assume uma característica mais terapêutica ou estrutural. Em vez de receberem a massagem como um luxo ocasional, cada vez mais pessoas procuram a massagem profunda com a expectativa de resolver problemas e, assim como no caso da dieta e dos exercícios, passam a vê-la como parte da rotina para uma vida saudável. Elas desejam um melhor desempenho atlético, mais flexibilidade, bem-estar emocional e alívio da dor. Compreendem a abordagem holística da saúde e podem procurar a sua ajuda.

Esse aspecto pode acrescentar uma dimensão recompensadora a seu trabalho, mas também pode colocá-lo em situações difíceis. No decorrer dos anos, ouvi relatos inacreditáveis de informações erradas e conselhos absolutamente perigosos fornecidos por massoterapeutas bem-intencionados. Alguns impõem os próprios interesses sobre os clientes, oferecendo-lhes conselhos, sem que solicitem, sobre a vida pessoal, dietas (alguns até vendem produtos para saúde ou qualquer outro para obter lucro), programas de doze passos ou uma infinidade de outros conselhos bem-intencionados.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

6. Planejamento da sua sessão

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

6

229

Planejamento da sua Sessão

Estabelecimento de uma estratégia para a sua sessão

Como você planeja uma estratégia de trabalho? A sua massagem é como um jogo de xadrez com apenas dois movimentos? A sua maior dúvida é se começa com o cliente em decúbito dorsal ou ventral? Massageia primeiro as costas ou as pernas? Essas decisões são muito simples, mas, à medida que a sua técnica se torna mais sofisticada, as decisões para o planejamento de uma estratégia se tornam mais complexas e você passa a tomar decisões cruciais para o melhor uso do tempo.

Uma vez livre da preocupação de ter que dar atenção igual a todas as partes do corpo em uma sessão, você terá a liberdade – e a responsabilidade – de decidir quais áreas do corpo serão beneficiadas por uma manipulação mais completa e focada. Você ainda pode querer fazer uma massagem no corpo todo, mas pode concentrá-la em uma ou duas áreas, à medida que realiza um trabalho rápido e energético no restante do corpo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

1. Teorias gerais

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

1

15

Teorias Gerais

As técnicas específicas de massagem profunda demonstradas neste livro são baseadas nos princípios gerais da massagem e, por essa razão devem ser ensinadas nesse contexto. Na verdade, a distância entre a massagem orientada ao relaxamento e a massagem profunda não é muito grande: uma massagem suave pode se tornar mais benéfica com a inclusão de um trabalho profundo e, por outro lado, uma boa massagem profunda deve incluir manobras relaxantes e reconfortantes. A massagem profunda não consiste apenas no uso de uma “artilharia pesada”, como a articulação dos dedos, a mão fechada e os cotovelos. As ferramentas podem se tornar armas nas mãos erradas e, portanto, independentemente de quão tentador seja iniciar a massagem é necessário discutir sobre como trabalhar com os tecidos de forma segura e eficaz. Os princípios explanados a seguir fornecerão informações sobre as teorias nas quais as técnicas específicas demonstradas nos próximos capítulos são baseadas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

3. Estratégias específicas

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

3

61

Estratégias

Específicas

Agora que você está familiarizado com as principais ferramentas utilizadas na massagem profunda, serão combinadas as teorias mais amplas desse tipo de massagem abordadas no

Capítulo 1, e as técnicas gerais para o uso das articulações dos dedos, punho, antebraço e cotovelo apresentadas no Capítulo 2, para formar estratégias específicas em diferentes

áreas corporais. Sinta-se livre para adaptar estas sugestões a seu estilo pessoal. Você pode se sentir mais confortável em utilizar o cotovelo em vez das articulações dos dedos, conforme demonstrado em uma determinada foto; ou pode não se sentir à vontade ou confiante usando o cotovelo, como mostrado em um exemplo, e preferir usar o punho. Seja criativo e, embasado no conhecimento científico, divirta-se procurando novas formas de massagear!

Trabalho no pé e na perna

A massagem estrutural no pé tem um efeito impressionante no desempenho profissional, diferenciando o seu trabalho das manobras comuns empregadas para alcançar o alívio temporário de pés cansados ou doloridos. Com a prática, você pode aprender a liberar articulações limitadas e melhorar, de forma significativa, a distribuição das cargas corporais, proporcionando melhor equilíbrio aos pés.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

5. Estratégias terapêuticas para a abordagem de problemas e lesões comuns

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

5

163

Estratégias

Terapêuticas para a Abordagem de

Problemas e

Lesões Comuns

A maioria dos massoterapeutas que faz a transição da massagem de relaxamento para a massagem profunda voltada a áreas de dor ou padrões de tensão considera esse trabalho mais interessante, além de mais compensador financeiramente. O desenvolvimento de habilidades nessa área, em geral, é necessário para escapar da “massagem em série”, na qual os terapeutas se esgotam em incontáveis massagens idênticas para clientes que nunca mais verão. Isso não denigre as massagens de relaxamento nem implica que você deva escolher entre uma ou outra. Muitos métodos de terapia corporal são uma combinação dessas duas modalidades. No entanto, se você ampliar as suas habilidades, descobrirá que pode construir uma carreira bem-sucedida e interessante, com conhecimento em diversas áreas, para complementar as suas habilidades na massagem

“tradicional”. Os clientes respeitarão seus amplos conhecimentos, o que aumentará a sua rede de contatos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

2. Técnicas gerais

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

2

39

Técnicas Gerais

O foco deste capítulo é o uso adequado das ferramentas que estão à sua disposição – os dedos, as articulações dos dedos, a mão fechada, o antebraço e o cotovelo. Assim que se sentir confortável ao utilizar essas ferramentas, os próximos capítulos apresentarão estratégias de tratamento específico para diferentes partes do corpo; também será possível encontrar explicações mais detalhadas sobre como realizar os movimentos apresentados nesta seção como exemplo.

A hierarquia do poder

É irônico pensar que, quanto mais tenso o corpo do cliente, maior a tendência natural do terapeuta em exagerar na força para remover a tensão. É difícil remover a tensão ao aplicar mais tensão e, além disso, o esforço excessivo é inevitável quando se tenta utilizar os polegares e os dedos para a realização da massagem profunda. A maioria dos massoterapeutas tem mais prática e, portanto, mais confiança em trabalhar com os dedos e polegares. Por se sentirem tão confortáveis e confiantes em usar as mãos para efetuar toda a técnica, muitos relutam em utilizar outras ferramentas mais poderosas que os possibilitaria trabalhar com maior facilidade e eficácia e com menos esforço. A realidade é que para a massagem profunda, poucas pessoas têm a força para realizar todo o procedimento com os dedos. Aprender a usar as articulações dos dedos, a mão fechada, o antebraço e o cotovelo permite que você realize seu trabalho com menos esforço, protegendo, desse modo, o seu corpo e possibilitando que você elimine mais tensão do corpo do cliente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520427910

7. Satisfação por meio de uma carreira próspera

Art Riggs Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo 2   Técnicas gerais

7

247

Satisfação

Por Meio de

Uma Carreira

Próspera

O trabalho de terapeuta corporal pode envolver um caminho longo e tortuoso. Se há vinte e cinco anos, quando eu estava na faculdade estudando fisiologia do exercício, alguém tivesse descrito a vida e a satisfação que esse trabalho proporciona, eu nunca teria pensado que isso era possível. A verdade é que não há um dia em que não me sinta uma pessoa de extrema sorte quando olho pela janela de meu tranqüilo consultório as

árvores do lado de fora, realizando um trabalho que amo com pessoas com quem eu realmente me importo. Ainda que, em algum dia futuro, seja possível que eu trabalhe apenas alguns dias da semana, eu espero continuar meu trabalho enquanto for fisicamente capaz.

A satisfação tem significados diferentes para as pessoas. Para alguns massoterapeutas, ela pode ser representada pela liberdade de se trabalhar meio-período e ter mais tempo e energia para a família, interesses artísticos ou viagens. Para outros, pode ser representada pelas relações próximas e amigáveis que estabelecem com os clientes regulares. E para outros ainda, o objetivo maior pode ser a possibilidade de ter uma boa renda e, ao mesmo tempo, realizar um trabalho recompensador. Enquanto você puder manter uma atitude renovada e entusiástica em seu trabalho, trabalhar com dois ou vinte clientes por semana não será tão importante. No entanto, é importante conseguir trabalhar com quantos clientes desejar. Há excelentes massoterapeutas que se sentem insatisfeitos por não conseguirem criar um negócio bem-sucedido.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Ciúme normal

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Ciúme normal

Nas questões emocionais, às vezes é difícil distinguir o que é francamente patológico e o que é absolutamente normal. Em geral, as pessoas costumam perceber quando uma pessoa é louca, esquisita, sensata, confiável, imprevisível ou normal. Entretanto, quando se avaliam atitudes e sentimentos, costuma ser complicado estabelecer os limites entre o normal e o não normal, ou entre o pouco sadio e o discretamente patológico.

O ciúme é um desses casos. Quando ele é francamente doentio

é mais fácil identificá-lo, e qualquer pessoa percebe que se trata de uma atitude bizarra, mas entre os casos totalmente patológicos e aqueles mais ou menos anormais a questão torna-se mais complicada. Para iniciar o entendimento do sentimento de ciúme normal, ele será referido apenas como ciúme. Os adjetivos excessivo, obsessivo e patológico serão acrescidos e abordados posteriormente. O ciúme

é definido, na maioria dos textos, como um sentimento fisiológico, natural e marcado pelo medo real ou imaginário de perder o objeto de desejo ou o relacionamento. Essa definição é incompleta e muito acanhada. Alguns etólogos acreditam tratar-se de uma reação adaptativa no sentido de favorecer a sobrevivência e/ou a reprodução da espécie. Ele existe no ser humano e em outros animais superiores, como macacos, golfinhos e outros vertebrados. A experiência pessoal a seguir serve de ilustração.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Diagnóstico do ciúme

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Diagnóstico do ciúme

“Você acha que isso é mesmo loucura?”. Esta pergunta é feita frequentemente, tanto em relação ao ciumento quanto às pessoas ao seu redor. Os critérios para determinar se um caso é ou não doença são altamente didáticos, podendo, inclusive, convencer algumas pessoas ciumentas a se tratarem. Aliás, quanto mais fácil for convencer uma pessoa ciumenta a se tratar, menos patológico será o ciúme, e o inverso também é verdadeiro.

Para pensar em qualquer diagnóstico, a psiquiatria recomenda no mínimo dois critérios: estatístico e valorativo. Pelo critério estatístico, realçam-se os casos que podem ser considerados não normais ou incomuns, considerando o que é frequente à maioria das pessoas. Mas só isso não é suficiente para afirmar que se trata de um caso patológico. Apenas mostra um caso não normal, como uma gravidez de gêmeos, uma pessoa mais inteligente que a média, com aptidão artística diferenciada e assim por diante.

A partir do não normal a medicina recorre ao segundo critério para diagnóstico, o critério valorativo. Por meio desse critério de valores será avaliado se o não normal em questão produz sofrimento. Caso alguém sofra, pode-se considerar o caso não normal como patológico, ou seja, tem em si um componente mórbido causador de sofrimento.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Ciúme exagerado

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Ciúme exagerado

Em relação às atitudes humanas não se pode usar uma ótica binária de certo/errado, lícito/ilícito, feio/bonito e assim por diante. Isso quer dizer que no espectro que vai do normal ao francamente patológico, passando ainda pelo não normal, existem limites pouco nítidos. A tendência em particularizar cada caso se aplica bem ao ciúme.

Classificar a pessoa ciumenta entre o normal e o doentio pode ser complicado. Todos nós temos um sistema pessoal “não científico” de avaliar as coisas do mundo. É pessoal e relativo julgar se alguma coisa é bonita, feia, agradável, incômoda, indiferente, interessante, chata, inexpressiva, atraente, repugnante, semelhante, diferente, louca ou sã. O ciúme está nessa situação, ou seja, saber se ele é exagerado ou não depende da opinião da pessoa ciumenta, da pessoa objeto desse ciúme e de terceiros observadores.

Seria mais fácil se o ciúme tivesse uma escala de grandeza.

Seria bom se o ciúme fosse de 0, representado pelos casos sem uma gota de ciúme – e possivelmente sem um vínculo afetivo expressivo

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Sofrimento no ciúme

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Sofrimento no ciúme

O sofrimento produzido pelo ciúme não normal não se restringe apenas a danos psíquicos, angústia, depressão, ansiedade, obsessão etc. Há uma intensa participação de todo o organismo no ciúme em geral e, em particular, durante uma crise aguda de ciúme, tal como ocorre durante os episódios de estresse agudo. A onda de sentimento disparada pelo gatilho de ciúme terá efeito sobre o chamado sistema límbico do cérebro, liberando catecolaminas*, que geram uma rápida reação orgânica vigorosa.

Buss et al.8 mediram a atividade do sistema nervoso autônomo de universitários em situações imaginárias de infidelidade. A frequência cardíaca e a sudorese mostraram-se aumentadas quando imaginavam suas parceiras tendo relações sexuais com outras pessoas. Nessa mesma pesquisa, as mulheres ficaram mais perturbadas ao imaginar o parceiro apaixonado por outra mulher. Isso confirma a hipótese de que o ciúme masculino tem uma conotação predominantemente sexual e o ciúme feminino, sentimental.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Ciúme patológico

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Ciúme patológico

A expressão ciúme patológico significa ciúme doentio. Na realidade, o ciúme patológico é, na maioria das vezes, mais um sintoma de alguma outra patologia psíquica do que uma doença em si. O ciúme exagerado, descrito anteriormente, é apenas um ciúme não normal, enquanto o ciúme patológico representa, como o próprio nome diz, uma patologia.

O ciúme patológico em sua forma mais grave também é conhecido como síndrome de Otelo, referindo-se à peça Otelo, escrita por

William Shakespeare em 1694, que mostra o lado obscuro desse sentimento capaz de produzir pensamentos irracionais e comportamentos inaceitáveis ou bizarros. A síndrome de Otelo homenageia a obra literária que descreve o homicídio cometido pelo marido que suspeita da traição de sua mulher e seu subsequente suicídio.

Muitos outros autores da literatura universal, entre eles Goethe,

Proust, Dante e Dostoiévski, retrataram em suas obras a angústia desse sentimento que, por vezes, assume um caráter avassalador.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Algumas conclusões

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Algumas conclusões

O ciúme é um sentimento que perturba todas as pessoas e tem origem diante da ameaça ou do medo de perder a posição de prioridade na vida de alguém. Para o ciumento é válida a máxima sartreana de que o problema não está em nós: “o inferno está no outro”. Não fossem as atitudes “levianas” do outro, que ousa preterir-nos, continuaríamos a desfrutar um lugar de destaque absoluto na vida dessa pessoa.

Como característica humana, embora seja sempre perturbador, o ciúme pode ser considerado um sentimento normal. Pretender não sentir ciúme é o mesmo que pretender a anulação do ego; seria transformar as pessoas em autômatos. De certa forma, o ciúme mostra a aspiração, a importância que cada um tem para si mesmo e o quanto cada um gostaria de também ser importante para outra pessoa. Quanto maior o ciúme, maior o medo de deixar de representar para outra pessoa aquilo que se quer representar.

Enquanto o ciúme normal é transitório, específico e baseado em fatos reais, o ciúme não normal aparece como uma preocupação infundada, absurda e emancipada do contexto atual do relacionamento.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Ciúme na separação

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Ciúme na separação

Quem foi deixado tem um tipo de sentimento, e quem deixou tem outro. A frustração inicial de quem foi deixado é tão forte e traumática que parece não sobrar espaço para o ciúme típico e normal. Por algum tempo as emoções e os sentimentos entorpecem e sufocam totalmente a razão.

Quando se confirma uma separação, por motivo de traição ou não, quando o fim do relacionamento foi desejo e iniciativa de apenas uma pessoa, o sentimento que isso desperta na pessoa deixada não será mais o mesmo sentimento de ciúme que girava em torno de devaneios e suposições.

No ciúme verdadeiro há medo de deixar de significar um objeto exclusivo para a pessoa amada, medo de deixar de ser fortemente desejado e capaz de prender totalmente a atenção do outro. Nos casos concretos de traição ou de iniciativa para separação, a pessoa ferida não tem mais medo, não tem mais suspeita de perder a condição especial. De fato, ela sabe que já não é mais importante para a pessoa amada.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430026

Ciúme obsessivo

Geraldo josé Ballone Editora Manole PDF Criptografado

Ciúme obsessivo

A intromissão indesejável de um pensamento na consciência de maneira insistente e repetitiva, fenômeno normalmente reconhecido pela própria pessoa como incômodo e absurdo, é denominada pensamento obsessivo. Portanto, para que sejam consideradas obsessivas, essas ideias devem ser involuntárias, bem como reconhecidamente fantasiosas. A crítica que normalmente o próprio paciente tem sobre suas ideias obsessivas de ciúme contribui bastante para o surgimento de ansiedade e angústia.

Assim como acontece na ideia prevalente, o pensamento obsessivo não é exclusivo do ciúme patológico, podendo aparecer em ampla variedade de quadros emocionais. São pensamentos que aparecem na consciência com repetição persistente e obrigatória, sendo impossível afastá-los por esforços voluntários. Os pensamentos obsessivos de ciúme estão tão enraizados na consciência que não podem ser removidos simplesmente por um aconselhamento razoável nem por livre decisão do paciente.

O ciúme decorrente de ideias obsessivas parece ter existência própria, emancipada da vontade. Por não ter seu juízo crítico comprometido, a pessoa pode ter bom conhecimento do absurdo de seu ciúme, mas ainda assim não consegue deixar de senti-lo­.

Ver todos os capítulos

Carregar mais