946 capítulos
Medium 9788582712016

Capítulo 12. O sistema nervoso

Peter M. McGinnis Grupo A PDF Criptografado

Capítulo 12

O sistema nervoso

Controle do sistema musculoesquelético

Objetivos

Ao terminar de ler este capítulo, você deverá ser capaz de:

© 4designersart/Dreamstime.com

• Listar os elementos do sistema nervoso

• Descrever as diferentes partes de um neurônio

• Citar os três tipos de neurônios

• Definir unidade motora

• Compreender as duas estratégias

(recrutamento e somação) utilizadas pelo sistema nervoso central para controlar a força muscular

• Definir proprioceptor e listar seus diferentes tipos

• Descrever a função dos fusos musculares

• Descrever o reflexo do estiramento

• Descrever a função dos órgãos tendinosos de Golgi

• Descrever a resposta do órgão tendinoso de Golgi

• Descrever os proprioceptores do sistema vestibular

• Descrever os reflexos de endireitamento e tônico cervical

• Definir exteroceptor e listar seus diferentes tipos

• Descrever reflexos iniciados pelos exteroceptores

Ver todos os capítulos
Medium 9788582713471

Capítulo 17. Exercício e bem-estar psicológico

Robert S. Weinberg; Daniel Gould Grupo A PDF Criptografado

17

Exercício e bem-estar psicológico

Após ler este capítulo, você deverá ser capaz de:

1.

2.

3.

4.

5.

6.

Explicar os efeitos do exercício sobre a ansiedade e a depressão

Descrever a relação entre exercícios e estados de humor

Discutir os efeitos do exercício sobre o bem-estar psicológico

Descrever as relações entre exercício, alterações de personalidade e funcionamento cognitivo

Discutir o “barato do corredor”

Discutir o uso de exercícios como fator associado à terapia

Grande parte da tecnologia foi planejada

para facilitar nossa vida. Entretanto, o advento de telefones celulares, mensagens instantâneas, Internet e outros dispositivos de comunicação deixou o mundo cada vez mais complexo e pressionado. Cada vez mais exigências parecem ser impostas à nossa existência cotidiana; além disso, ruídos, poluição, inflação, desemprego, racismo, sexismo, abuso de drogas, jogos de azar e violência aleatória adicionam ainda mais estresse às nossas vidas. Essas demandas afetam a saúde mental e o bem

Ver todos os capítulos
Medium 9788520431627

1. A EVOLUÇÃO DO CORREDOR

PULEO, Joe; MILROY, Patrick Editora Manole PDF Criptografado

C

1

O

A EVOLUÇÃO DO

CORREDOR

P Í T U

L

A

C

erta vez Haile Gebrselassie disse: “sem corrida não há vida”. A frase absolutamente entusiasmada proferida por ele sobre a corrida é compartilhada por milhões de pessoas em todo o mundo e transcende barreiras linguísticas e culturais, de modo que em qualquer lugar uma pessoa pode vestir um calção e um tênis de corrida e achar uma trilha e indivíduos que como ela queiram aproveitar a vida com o mesmo entusiasmo. A corrida ocupa um lugar de destaque entre as categorias que combinam prazer e promoção da saúde. Com o progresso da civilização, a necessidade de correr por sobrevivência diminuiu em decorrência do desenvolvimento de novas habilidades, de modo que, hoje em dia, o indivíduo comum pode aproveitar seu tempo livre de uma forma que a maioria de nossos ancestrais acharia no mínimo impraticável e possivelmente fatal. Embora em outros tempos a capacidade de correr fosse uma questão de vida ou morte, o desenvolvimento social do indivíduo bípede fez com que a corrida adotasse uma nova característica. Ela tem se tornado um meio para manifestar a competitividade humana, além de ser uma forma de socialização e de experimentação e desenvolvimento científico. Provavelmente ela seja a forma mais natural de exercício que não envolva técnicas agressivas ou antissociais ou requeira equipamentos caros. Qualquer indivíduo saudável deveria ser capaz de desfrutá-la.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520434727

7. Abdome

KIRKENDALL, Donald T. Editora Manole PDF Criptografado

CAPÍtulo

Abdome

7

E

m muitos casos, a velha guarda estava certa a respeito de muitas coisas sobre o treinamento do futebol. Exercícios que parecem novidade nos dias de hoje geralmente podem ser encontrados nos livros de treinamento de décadas atrás. Só porque alguém foi treinador nas décadas de 1950 ou 1960 não significa que ele não conhecia o jogo. Apesar de termos revisado suas recomendações para reposição de líquidos e corridas de longa distância para melhorar o condicionamento físico, seus conceitos sobre o treinamento individual com bola estão sendo revisitados à medida que métodos de treinamento passam pelos inevitáveis ciclos. Técnicos de uma ou duas gerações atrás podem pedir para que seus jogadores façam abdominais para fortalecer a musculatura abdominal e resistir contra colisões. Atualmente, a maioria das pessoas, incluindo atletas, apontará para sua musculatura abdominal quando perguntados sobre seu core, provavelmente dizendo algo sobre “abdome tanquinho”. Na realidade, o core é muito mais do que somente os músculos abdominais, ele diz respeito à seção central do corpo, que vai do quadril aos ombros.

Ver todos os capítulos
Medium 9788584291304

Capítulo 4 - Motivação e significado do letramento corporal para cada indivíduo

Margaret Whitehead Grupo A PDF Criptografado

4

Motivação e significado do letramento corporal para cada indivíduo

Margaret Whitehead

Introdução

Este é o primeiro de três capítulos que irão explorar em detalhes os atributos do letramento corporal. Este capítulo discutirá a importância da motivação e a afirmação de que o letramento corporal melhora a qualidade de vida. Consideraremos então a proposição de que o letramento corporal é importante e tem valor para toda pessoa e está ao alcance de qualquer um, independentemente de idade, aptidão incorporada e cultura em que vive.

O atributo inicial (A e Aa) do letramento corporal, exposto no Capítulo 2, afirma que:

O letramento corporal pode ser descrito como uma disposição caracterizada pela motivação de tirar partido do potencial inato de se movimentar para contribuir significativamente para a melhoria da qualidade de vida. Todos os seres humanos manifestam esse potencial. Porém, sua expressão dependerá da aptidão individual em relação a todas as capacidades que dizem respeito ao seu potencial motor e será específica à cultura em que vivem.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos