358 capítulos
Medium 9788582712979

Apêndice 1 - Cálculos de energia na bioenergética microbiana

Michael T. Madigan; John M. Martinko; Kelly S. Bender; Daniel H. Buckley; David A. Stahl Grupo A PDF Criptografado

Apêndice 1

A informação contida no Apêndice 1 tem por finalidade auxiliar no cálculo das alterações de energia livre que acompanham as reações químicas realizadas pelos microrganismos. Ele inicia com as definições dos termos necessários à realização de tais cálculos, e prossegue indicando como o conhecimento do estado redox, o equilíbrio atômico e de cargas, além de outros fatores, são necessários para o correto cálculo dos problemas envolvendo energia livre.

1. DG05 variação-padrão da energia livre de uma reação sob

“condições-padrão” (1 atm de pressão e concentrações de

1M); DG 5 variação da energia livre em condições especificadas; DG09 5 variação da energia livre em condições-padrão, em pH 7. O apóstrofo (9) que aparece ao longo deste apêndice indica pH 7 (condições celulares aproximadas).

2. Cálculo do DG0 para uma reação química, a partir da energia livre de formação, Gf0, dos produtos e reagentes:

Gf0 (produtos) – S

5. Potenciais de redução: por convenção, as equações de eletrodo são escritas como reduções, isto é, na direção, oxidante 1 ne– S redutor, em que n corresponde ao número de elétrons transferidos. O potencial de redução padrão

Ver todos os capítulos
Medium 9788521617822

PARTE II - CAPÍTULO 5 - SUBSÍDIOS PARA CÁLCULOS EM EQUILÍBRIOS QUÍMICOS

LENZI, Ervim; FAVERO, Luzia Otilia Bortotti; LUCHESE, Eduardo Bernardi Grupo Gen PDF Criptografado

CAPÍTULO 5

SUBSÍDIOS PARA CÁLCULOS EM EQUILÍBRIOS QUÍMICOS

5.1

5.2

5.3

5.4

5.5

5.6

5.1

Introdução

Passos (ou Etapas) a Serem Seguidos na Solução de Problemas

Exemplificações do Estabelecimento de Cada

Passo

Solução do Polinômio

Solução do Exemplo 5.1 com Aproximações

Generalização de Cálculos – Especiação de um

Sistema Monoprótico Levando em Consideração a Força Iônica Desconhecida do Meio

5.7

5.8

5.9

5.10

Métodos Gráficos para a Solução de Problemas de Equilíbrio Químico

5.7.1

Diagrama de log Ci

5.7.2

Diagrama de distribuição

Balanceamento de Equações Químicas

Exercícios Propostos

Referências Bibliográficas e Sugestões para

Leitura

Introdução

A

determinação da composição química qualitativa e quantitativa de um sistema qualquer, em equilíbrio, denomina-se especiação.

Em corpos de água, diversos são os tipos de equilíbrios, que apresentam interesse na especiação. Entre eles citam-se:

Ver todos os capítulos
Medium 9788597008111

8 - Polo Formatação e Edição de Trabalhos Científicos

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato Grupo Gen PDF Criptografado

8

Polo formatação e edição de trabalhos científicos

8.1 Formatação

Estrutura de um trabalho técnico-científico

22) ANEX O (S) *

21) APÊ NDI CE (S) *

20) GLOSS ÁR IO*

19) REFERÊNC IAS º

18) DESE NVOLVIMENTOº

F R E NTE

17) L . D E ILU STRAÇÕES S

16) L IS TA D E GRÁFIC OS S

15) L IS TA D E TABELA S S

14) L ISTA D E QUAD RO S S

F R E NTE

13) L ISTA D E S ÍM BOL OS*

12) L . D E ABREV I AT URAS S

11) SUMÁR IOº

F R E NTE

10) ABSTRACTº

9) RESU MOº

8) EP ÍGRAFE*

7) AGRADEC IM EN TOS*

6) DED ICAT ÓR I A*

3) PÁ GINA DE R OSTOº

4) REGI S TRO º e 5) F ICHA º

2) C ONTRACAPAº

1) CAPAº

F R E NTE

F R E NTE

5568 book.indb 145

V E R SO

08/30/2016 4:32:20 PM

146 

Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas  •  Martins e Theóphilo

Não há um modelo único para formatação e edição de um trabalho científico. Neste capítulo apresenta-se uma opção construída a partir de um Manual da Coordenação de Pós-Graduação da FEA/USP, orientado por Normas da ABNT.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521635604

Apêndice A Constantes Físicas

Oliveira, Nilson Antunes de Grupo Gen ePub Criptografado

Constantes Físicas

Nome

Símbolo

Valor (SI)

Carga do elétron

e

−1,602×10−19 C

Carga do próton

e

1,602×10−19 C

Constante de Boltzmann

kB

1,381×10−23 J/K

Constante gravitacional

G

6,673×10−11 Nm2/kg2

Constante de Planck

h

6,026×10−34 Js

Constante de Rydberg

R

1,097×107 m–1

Constante de Stefan-Boltzmann

σ

5,670×10−8 W/(m2K4)

Constante universal dos gases

R

8,314 J/(mol K)

Magneton de Bohr

μB

9,274×10−24 J/T

Massa do elétron

me

Ver todos os capítulos
Medium 9788521635604

Capítulo 13 Radiação Eletromagnética

Oliveira, Nilson Antunes de Grupo Gen ePub Criptografado

No Capítulo 9, discutimos a propagação de ondas eletromagnéticas no vácuo e em meio materiais, sem levar em consideração a fonte geradora da onda eletromagnética. Neste capítulo, estudaremos o campo eletromagnético e, consequentemente, as ondas eletromagnéticas, geradas por densidades de cargas e correntes elétricas dependentes do tempo. Em particular, discutiremos o campo eletromagnético gerado por distribuições clássicas como o dipolo elétrico, dipolo magnético e antenas lineares. O campo eletromagnético de cargas elétricas pontuais será tratado no próximo capítulo.

Para calcular os campos eletromagnéticos gerados por densidades de cargas elétricas e correntes elétricas dependentes do tempo, é preciso resolver as equações de onda para os potenciais escalar elétrico e vetor magnético. Na Seção 8.7, foi mostrado que o potencial escalar elétrico satisfaz à seguinte equação de onda não homogênea:

Para encontrar a solução desta equação, vamos propor que o potencial escalar elétrico tem a forma:

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos