13 capítulos
Medium 9788580551907

Capítulo 10 - O sistema-mundo e o colonialismo

Conrad Phillip Kottak Grupo A PDF Criptografado

10

O SISTEMA-MUNDO

E O COLONIALISMO

O sistema-mundo

O surgimento do sistema-mundo

Industrialização

Causas da Revolução Industrial

Efeitos socioeconômicos da industrialização

Estratificação industrial

Colonialismo

Colonialismo britânico

Colonialismo francês

Colonialismo e identidade

Estudos pós-coloniais

Embora o trabalho de campo em pequenas comunidades tenha sido a marca registrada da antropologia, é impossível encontrar grupos isolados hoje. É provável que nunca tenham existido sociedades verdadeiramente isoladas. Por milhares de anos, os grupos humanos têm estado em contato uns com os outros. As sociedades locais sempre participaram de um sistema maior, que hoje tem dimensões globais – que chamamos de sistema-mundo moderno, ou seja, um mundo no qual as nações são econômica e politicamente interdependentes.

O SISTEMA-MUNDO

O sistema-mundo e as relações entre os países que o compõem são moldados pela

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551907

Capítulo 9 - Religião

Conrad Phillip Kottak Grupo A PDF Criptografado

9

RELIGIÃO

Expressões da religião

Seres espirituais

Poderes e forças

Magia e religião

Incerteza, ansiedade, conforto

Rituais

Ritos de passagem

Totemismo

Controle social

Tipos de religião

Religiões mundiais

Dada a dimensão variada e mundial de crenças e comportamentos rotulados como

“religiosos”, os antropólogos sabem como é difícil definir religião. Em seu livro Religion: An Anthropological View, Anthony F.

C. Wallace ofereceu a seguinte definição:

“crença e ritual relacionados a seres, poderes e forças sobrenaturais” (1966, p. 5). Com a palavra “sobrenatural”, ele queria dizer um reino imaterial, além do mundo observável (mas que o influencia). Essa esfera não pode ser empiricamente verificada nem refutada e é inexplicável em termos normais. Deve ser aceita “com base na fé”. Os seres sobrenaturais – deidades, fantasmas, demônios, almas e espíritos – fazem suas casas fora do nosso mundo material, embora possam visitá-lo de vez em quando. Também há forças sobrenaturais ou sagradas, algumas das quais exercidas por deidades e espíritos e outras que simplesmente existem. Em muitas sociedades, as pessoas acre-

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551907

Capítulo 5 - Ganhando a vida

Conrad Phillip Kottak Grupo A PDF Criptografado

5

GANHANDO A VIDA

Estratégias adaptativas

Forrageio

Estratégias adaptativas baseadas na produção de alimentos

Horticultura

Agricultura

A intensificação agrícola: homem e meio ambiente

Pastoreio

Sistemas econômicos

A produção nas sociedades não industriais

Meios de produção

No mundo globalizado de hoje, as comunidades e as sociedades estão sendo incorporadas, em ritmo acelerado, a sistemas maiores. A origem (cerca de 10 mil anos atrás) e a difusão da produção de alimentos (cultivo de plantas e domesticação animal) levaram

à formação de sistemas sociais e políticos maiores e mais poderosos. A produção de alimentos gerou mudanças importantes na vida humana. O ritmo da transformação cultural aumentou muito. Este capítulo oferece um quadro para a compreensão de várias estratégias adaptativas humanas e sistemas econômicos.

ESTRATÉGIAS ADAPTATIVAS

O antropólogo Yehudi Cohen (1974) usou a expressão estratégia adaptativa para descre-

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551907

Capítulo 2 - Cultura

Conrad Phillip Kottak Grupo A PDF Criptografado

2

CULTURA

O que é cultura?

A cultura é aprendida

A cultura é simbólica

A cultura é compartilhada

Cultura e natureza

A cultura é abrangente

A cultura é integrada

Aplicando a antropologia à cultura popular: canções populares

A cultura é instrumental, adaptativa e mal-adaptiva

A base evolutiva da cultura

O que compartilhamos com outros primatas

Como nos diferenciamos dos outros primatas

No Capítulo 1, vimos que os seres humanos compartilham a sociedade, ou seja, a vida organizada em grupos, com outros animais

– animais sociais, como macacos, lobos e formigas. Os outros animais, sobretudo os grandes símios, têm habilidades culturais rudimentares, mas somente os seres humanos têm culturas completamente elaboradas – tradições e costumes específicos transmitidos pela aprendizagem e pela linguagem ao longo de gerações.

O conceito de cultura foi fundamental para a antropologia. Mais de um século atrás, em seu livro Primitive Culture, o antropólogo britânico Edward Tylor argumentou que as culturas, sistemas humanos

Ver todos os capítulos
Medium 9788580551907

Capítulo 7 - Famílias, parentesco e casamento

Conrad Phillip Kottak Grupo A PDF Criptografado

7

FAMÍLIAS, PARENTESCO E CASAMENTO

Famílias

Famílias nucleares e extensivas

Industrialismo e organização familiar

Alterações no parentesco norte-americano

Aplicando a antropologia à cultura popular: famílias televisivas

A família entre os forrageiros

Descendência

Grupos de descendência

Linhagens, clãs e regras de residência

Casamento

Exogamia e incesto

O incesto é uma realidade

Endogamia

Direitos conjugais e o casamento entre pessoas do mesmo sexo

O casamento em diferentes culturas

Dote e preço ou riqueza da noiva

Alianças duradouras

Divórcio

Casamentos plurais

Poliginia

Poliandria

Antropologia hoje: cinco esposas e

55 filhos

Embora ainda seja uma espécie de ideal em nossa cultura, a família nuclear (pais e filhos) responde atualmente por menos de um quarto de todos os lares nos Estados

Unidos. Expressões tradicionais no país, como “amor e casamento”, “casamento e família” e “mamãe e papai”, já não se aplicam à maioria dos lares norte-americanos.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos