40 capítulos
Medium 9788521632603

8 - Atuando no Subsistema Recrutamento de Pessoal

CAMPOS, Dinael Corrêa de Grupo Gen PDF Criptografado

8

Atuando no Subsistema

Recrutamento de Pessoal

Wagner José Klöckner

Dinael Corrêa de Campos

V

ivemos atualmente um momento bastante delica‑ do em que o desenvolvimento tecnológico acele‑ rou‑se de tal forma que as pessoas estão tendo muita dificuldade de acompanhá‑lo. O volume de informa‑

ções a serem processadas é cada dia maior, e internet, intranet, ciberespaço cada vez mais fazem parte do cotidiano do homem. No espaço organizacional não

é diferente, e os funcionários são chamados a corres‑ ponder a novas demandas e emitir novas respostas. Por vezes a tecnologia é acusada de tirar vários empregos, o que não é de todo correto.

O tempo necessário para absorver, aprender e uti‑ lizar as novas possibilidades tecnológicas não é mais suficiente para as pessoas. Com isso, toda a informação disponível não é passível de vir a se agregar ao conhe‑ cimento individual, por mais que haja esforço para tal.

Isso reflete diretamente nas pessoas, nas organizações e no trabalho em si, pois os negócios estão se tornando mais dependentes do comportamento humano, por‑ que quanto mais as empresas se concentram naquilo que é denominado ativo intangível — por exemplo, a marca da empresa, seu desempenho no mercado em que atua e até mesmo no atendimento diferenciado

Ver todos os capítulos
Medium 9788521632603

18 - Implantação do Departamento de Recursos Humanos em Pequenas Empresas

CAMPOS, Dinael Corrêa de Grupo Gen PDF Criptografado

18

Implantação do Departamento de

Recursos Humanos em

Pequenas Empresas

Bruno Guilherme Luiz

Rafael Eduardo Lívio

Luciano Roverssi

Leandro Gusmim

Dinael Corrêa de Campos

Apresentação

Este trabalho foi motivado pelo interesse que desper‑ tou em nós — acadêmicos do último ano do curso de

Administração de Empresas do Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson, localizado em Araras, interior de São Paulo — saber de que maneira aplica‑ ríamos a escolha que fizemos no último ano do curso, com ênfase em Recursos Humanos, para a nossa vida profissional, depois de formados.

A presente exposição é resultado do nosso traba‑ lho de conclusão de curso com o qual, após muitos meses de pesquisas bibliográficas e de campo, concluí‑ mos nosso estudo exploratório.

Confessamos que foi difícil realizar tal estudo, por‑ que nos faltavam alguns elementos, tais como a prática em pesquisa, e até mesmo o pensamento de um pes‑ quisador. Mas tomamos tais dificuldades como desafios a serem superados e terminamos mais esse compromisso com a graduação, e, principalmente, com cada um de nós: superar nossos limites.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521632603

5 - Os Estágios em Psicologia Organizacional e Psicologia do Trabalho tal como Acontecem: com a Palavra os Supervisionados

CAMPOS, Dinael Corrêa de Grupo Gen PDF Criptografado

5

Os Estágios em Psicologia

Organizacional e

Psicologia do Trabalho tal como Acontecem: com a Palavra os

Supervisionados

Dinael Corrêa de Campos

Introdução

O objetivo deste capítulo é oferecer ao leitor uma “troca” de percepções do que seja atuar nos estágios supervisio‑ nados. Mais do que uma simples troca de experiências, tem‑se a oportunidade de conhecer como a atuação no estágio pode oferecer oportunidades de atuação na área depois de cumpridas as obrigatoriedades do estágio.

O mundo de um estagiário se resume a realizar os estágios e elaborar relatórios, sob supervisões que às vezes podem decepcioná‑lo. É muito comum o senti‑ mento de “não vou dar conta” de tanto trabalho por fazer e a autoestima pode ficar comprometida. As horas parecem não passar, o estágio não termina “nunca”...

Porém, quando as primeiras intervenções por ele realizadas têm um retorno positivo, reforçador, o esta‑ giário começa a acreditar que a área do Trabalho é um estágio em que ele pode realizar muitas intervenções e promoção da saúde, bem como possibilitar a melhora da qualidade de vida nos espaços organizacionais.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521632603

21 - O RH (e uma Analista de RH) em Constante Transformação

CAMPOS, Dinael Corrêa de Grupo Gen PDF Criptografado

21

O RH (e uma Analista de RH) em Constante

Transformação

Márcia Regina Frasson

O

convite para compartilhar minhas experiências e minha visão sobre o estágio em Psicologia Orga‑ nizacional e da Psicologia do Trabalho gerou em mim duas emoções principais. A primeira delas foi de ale‑ gria, pelo privilégio de, ao escrever sobre minhas ex‑ periências, estimular a reflexão em jovens profissionais numa fase tão importante de suas vidas, em que, de modo geral, estão repletos de expectativas, desejos de iniciar a tão esperada carreira profissional e também de medos, dúvidas, ilusões e, por vezes, com pouco prepa‑ ro efetivo para os desafios que enfrentarão.

A outra emoção, consciente da responsabilidade implícita no convite, foi de apreensão: afinal, qual é a melhor forma de contribuir com alunos que chegam

à etapa final de graduação, quando começam os desa‑ fios para enfrentar o “mundo real” do trabalho? Qual a melhor maneira de falar com formandos quase sempre muito críticos e descontentes com a formação educa‑ cional que receberam? Qual a melhor forma de falar com formandos num mundo em que não cabem mais verdades universais, em que estratégias consagradas do passado não produzem mais resultados, em que a ve‑ locidade das mudanças, quaisquer que sejam as áreas observadas de nossas vidas, é assustadora? Qual é, por‑ tanto, a melhor forma de estimular a reflexão e não de dar respostas, que certamente terão pouco valor para a história particular de cada um?

Ver todos os capítulos
Medium 9788521632603

10 - Atuando no Subsistema Treinamento de Pessoas

CAMPOS, Dinael Corrêa de Grupo Gen PDF Criptografado

10

Atuando no Subsistema

Treinamento de Pessoas

Dinael Corrêa de Campos

T

rabalhar no subsistema treinamento sempre foi algo prazeroso para mim, pelo fato de que capacitar as pessoas, ou mesmo treiná‑las para as suas novas funções e responsabilidades, parece‑me uma tarefa das mais im‑ portantes delegadas à área de recursos humanos.

Capacitar nada mais é que “instrumentalizar”, for‑ necer a uma pessoa competências para que ela se torne habilitada a corresponder ao que a empresa quer.

Treinar, por sua vez, tem o significado de que a pessoa — o funcionário —, tendo determinada habi‑ lidade, vai aperfeiçoá‑la para o melhor desempenho de suas funções.

Creio que se fazem necessárias mais algumas defi‑ nições sobre o conceito para que possamos estabelecer uma linha de raciocínio.

Para Lacombe e Heilborn (2006, p. 270), “as or‑ ganizações precisam dispor de pessoas competentes e motivadas para produzir”. Logo, para esses autores, trei‑ namento é conceituado como “qualquer atividade que contribua para tornar uma pessoa apta a exercer sua função ou atividade, aumentar a sua capacidade para exercer melhor essas funções ou atividades...”.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos