3764 capítulos
Medium 9788582715079

Capítulo 13 - A interface da fonoaudiologia e da musicoterapia no desenvolvimento da criança com transtorno do espectro autista

Newra Tellechea Rotta Grupo A PDF Criptografado

13

A INTERFACE DA

FONOAUDIOLOGIA E

DA MUSICOTERAPIA

NO DESENVOLVIMENTO

DA CRIANÇA COM

TRANSTORNO DO

ESPECTRO AUTISTA

DANIELA ZIMMER

NATÁLIA MAGALHÃES

A

linguagem, objeto de estudo da fonoaudiologia, é um sistema complexo e dinâmico de símbolos convencionais utilizados em vários modelos de comunicação. A aquisição da linguagem se dá em contextos históricos, sociais e culturais. Seu uso para uma comunicação eficaz exige uma compreensão ampla da interação humana entre pistas verbais e não verbais, voz, motivação e aspectos socioculturais.

Trata-se de uma função cortical superior, e seu desenvolvimento se ampara em uma estrutura anatomofuncional geneticamente determinada e em estímulos ambientais.

O desenvolvimento adequado da linguagem é fundamental para que o desenvolvimento infantil ocorra, seja do ponto de vista social, relacional ou ao nos referirmos à aprendizagem formal.

A aquisição de forma, conteúdo e uso da linguagem assume papel importante na construção dela e na compreensão de sua organização interna.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536322087

1. O dilema de Procrusto

Kuyken, Willem Grupo A PDF Criptografado

1

O dilema de Procrusto

O personagem mitológico Procrusto era um anfitrião que trazia convi­ dados para a sua casa, declarando que todos os visitantes, não importa a altura tivessem, caberiam na cama do seu quarto de hóspedes. Esse argumento tão grande e mágico atraía muita atenção. O que Procrusto não dizia aos seus convidados era que ele estava disposto a cortar as pernas deles ou esticá-las em uma armação para que se adequassem à cama. A história de Procrusto poderia servir como um alerta aos clientes de psicoterapia. Embora existam muitos modelos testados empiricamente para a compreensão do sofrimento psicológico, poucos clientes querem se consultar com um terapeuta que corte ou distorça as experiências do seu cliente para encaixá-lo nas teorias preexistentes.

Os clientes trazem apresentações complexas e com comorbidade para as quais nenhuma abordagem irá se adequar 100%. Este livro ensina aos tera­ peutas como se tornarem hábeis nos métodos de conceitualização de caso que oferecem uma hospitalidade sob medida para os pacientes que buscam ajuda.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715574

Capítulo 14. Avaliação psicológica em situação de transplante

Claudio Simon Hutz; Denise Ruschel Bandeira; Clarissa Marceli Trentini;Eduardo Remor Grupo A PDF Criptografado

14

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

EM SITUAÇÃO DE TRANSPLANTE

Cristiane Olmos Grings

Márcia Camaratta Anton

Rosemary Inácio Viana

E

ste capítulo tem como objetivo discutir a importância da avaliação psicológica de candidatos a receptores de t­ ransplante de órgãos e tecidos, assim como apresentar o sistema de avaliação desenvolvido pelo grupo de trabalho que atua com esse foco no H

­ ospital de Clínicas de Porto Alegre (RS). Para tanto, apresentam-se o panorama da avaliação psicológica em transplantes, o processo avaliativo e os eixos temáticos que compõem a avaliação.

Aborda-se também o papel do psicólogo junto

à equipe multiprofissional no processo decisório e nos possíveis encaminhamentos do caso.

Por fim, discutem-se o registro em prontuário, aspectos éticos e a elaboração de relatório que possa sintetizar e documentar o resultado da avaliação psicológica.

CONTEXTUALIZANDO A

SITUAÇÃO DE TRANSPLANTE

O transplante de órgãos e tecidos é considerado um tratamento intenso, complexo e de alto custo, utilizado na terapia de doenças graves, terminais e não responsivas a nenhum outro tipo de terapêutica (Fineberg et al., 2016; Killian,

Ver todos os capítulos
Medium 9788527730686

14 - Classificação das Demências

MIOTTO, Eliane Correa; LUCIA, Mara Cristina Souza de; SCAFF, Milberto Grupo Gen PDF Criptografado

14

Classificação das Demências

Carla Cristina Guariglia, Renato Anghinah e Ricardo Nitrini

Introdução

Este capítulo tem por objetivo apresentar as principais formas utilizadas para a classificação das síndromes demenciais, destacando as mais empregadas na prática clínica. As classificações baseiam-se em diferentes critérios, como idade de início, reversibilidade, velocidade de instalação, topografia ou região comprometida, causa (ou doença) que determina a demência – também denominada classificação nosológica –, e manifestação neurológica ou neuropsicológica predominante. Além disso, quando a doença causa demência, esta pode ser manifestação principal ou manifestação ocasional ou tardia na evolução. Embora à primeira vista possa parecer que bastaria classificar pela nosologia, este capítulo mostrará que, muitas vezes, são as demais formas de classificação que ajudam a atingir o diagnóstico nosológico, até porque uma mesma doença pode causar síndromes demenciais com idade de início ou com manifestações neuropsicológicas bem distintas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536325279

Capítulo 1 - Questões Básicas no Estudodo Desenvolvimento

Helen Bee ; Denise Boyd Grupo A PDF Criptografado

Questões Básicas no Estudo do Desenvolvimento

1

Objetivos da Aprendizagem

1.8

Que respostas foram propostas às questões de natureza-criação e continuidade-descontinuidade?

Como os teóricos da aprendizagem explicam o desenvolvimento?

1.9

Quais são os critérios que os cientistas do desenvolvimento usam para comparar teorias?

1.2

Quais são as variáveis internas e externas que influenciam o desenvolvimento?

Encontrando as respostas: modelos e métodos de pesquisa

1.3

Como a perspectiva ecológica melhora o entendimento dos cientistas do desenvolvimento da criança?

1.10 Quais são as metas da ciência do desenvolvimento?

1.4

De que formas os conceitos de vulnerabilidade e resiliência nos ajudam a entender melhor o desenvolvimento da criança?

1.5

Como os três tipos de mudança relacionada

à idade diferem?

Questões no estudo do desenvolvimento

1.1

Teorias do desenvolvimento

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos