29 capítulos
Medium 9788520433027

10. Treinamento com faixa elástica

FRANKLIN, Eric Editora Manole PDF Criptografado

CAPÍTULO10

Treinamento comfaixa elástica

O

treinamento com faixa elástica constitui uma série completa para o condicionamento de dançarinos. Os movimentos são derivados de técnicas de dança moderna e de balé, e proporcionam uma relação entre a construção de força e flexibilidade e os padrões de movimentos para a dança. A chave para o sucesso na sequência de exercícios a seguir é o bom alinhamento, respiração com relaxamento e iniciação correta de movimento.

Preparando para a sequência

Idealmente, você deve vestir calça ou meias longas, para que não seja atrapalhado pela fricção da faixa elástica contra a perna. Selecione uma faixa que tenha pelo menos 3 m de comprimento. Para determinar se a faixa tem o comprimento correto para a sua altura, coloque o centro da faixa elástica na cabeça. Ela deve ser longa o suficiente para tocar o solo em ambos os lados do corpo.

Faça um grande laço em uma extremidade da faixa e amarre-o com um nó (Fig. 10.1a). Você pode ter de experimentar o tamanho do laço que melhor serve no seu pé. Coloque o laço sobre o pé e faça o número oito com a faixa para criar um segundo laço (Fig. 10.1, b e c). Puxe o segundo laço para cima sobre o seu pé, para que o nó fique voltado para a frente. A faixa não deve ser muito apertada no pé ou restringirá o fluxo de sangue. Por outro lado, se estiver muito solta, escorregará durante os exercícios.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520436271

1. Compreendendo a importância do ensino de dança para crianças

CONE, Theresa Purcell; CONE, Stephen L. Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo

1

Compreendendo a importância do ensino de dança para crianças

I

magine uma sala de aula onde crianças pequenas correm no limite de sua capacidade, agitando fitas vermelhas sobre a cabeça, para depois rodar e descer vagarosamente até o solo, com as fitas flutuantes acompanhando o movimento de descida ao lado delas. As crianças podem, por meio desses movimentos de dança, demonstrar sua interpretação da figura de uma chama que queima rapidamente e vai aos poucos se extinguindo, ou, também, simular o espargimento de tinta vermelha por toda a sala.

Coloque-se, então, na posição do professor que projetou e apresentou essa ideia de dança à classe. As crianças respondem com grande entusiasmo e você se sente satisfeito em compartilhar essa experiência com elas. Seria maravilhoso se toda experiência com a dança propiciasse esse sentimento de satisfação tanto para o professor como para os alunos. O objetivo deste livro é fornecer a você o conteúdo adequado para elaborar e apresentar uma experiência de dança bem-sucedida aos alunos. Todas as experiências de aprendizagem nos capítulos 8 e 9 foram ensinadas pelos autores, e muitas delas foram adaptadas por profis-

Ver todos os capítulos
Medium 9788520433027

1. Condicionamento mente-corpo

FRANKLIN, Eric Editora Manole PDF Criptografado

CAPÍTULO1

Condicionamento mente-corpo

A

lguns anos atrás, enquanto lecionava no Ballet da Ópera de Zurique, ajudei uma dançarina experiente com relação à execução de suas piruetas. Ela conseguia realizar de 3 a 4 piruetas de forma bem previsível, mas sua cabeça inclinava um pouco para o lado e sua pelve apresentava uma tendência de queda para a frente, ao final dos giros. Eu apontei essas observações e ela tentou novamente, mas suas piruetas não melhoraram. Esses desalinhamentos estavam embutidos em seus padrões de movimento, de forma que simplesmente estar ciente daquilo não ajudaria no aperfeiçoamento de suas piruetas. Ela então me perguntou o que deveria fazer para realizar piruetas mais eficientes, e eu disse que seria necessária alguma força adicional, mas que esta teria pouco efeito dentro do padrão de movimento que ela então exibia. Contudo, ela poderia melhorar seu nível se estivesse disposta a reaprender a postura de sua pirueta. Como os músculos são fortalecidos dentro da coordenação em que são usados, é preciso descobrir a melhor coordenação antes de fortalecer essas piruetas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520431672

1. O dançarino em movimento

HAAS, Jacqui Greene Editora Manole PDF Criptografado

C

1

O

O DANÇARINO EM

MOVIMENTO

P Í T U

L

A

M

ovimento é qualquer ação física ou mudança de posição. Porém, quando se observa um dançarino em movimento, isso é muito mais que uma mudança física de posição. É uma arte visual vibrante de imagens rápidas criadas por força, equilíbrio e graça. A estética dessa forma de arte não pode ser sacrificada pela análise científica. Contudo, aprender princípios básicos de movimento permitirá que seu corpo se movimente de modo mais eficaz e seguro. Utilizaremos ilustrações de três posições de dança – jazz layout, attitude derrière e salto espacate (Figs. 1.1, 1.2 e 1.3) – para demonstrar os princípios do movimento neste capítulo.

Figura 1.1

Posição jazz layout.

E4776/Haas/fig.1.01/339196/alw-pulled/r2

Figura 1.2 Posição attitude derrière.

1

E4776/Haas/fig.1.02/339200/alw-pulled/r1

001.indd 1

29/5/14 11:24 AM

2

Anatomia da dança

Figura 1.3  Posição salto espacate.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520436271

2. Apresentando o conteúdo essencial da dança infantil

CONE, Theresa Purcell; CONE, Stephen L. Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo

2

Apresentando o conteúdo essencial da dança infantil

E

ste capítulo traz uma descrição do conteúdo a ser empregado no ensino da dança como parte do currículo de educação física ou de educação artística. Nos dois programas, o objetivo principal é ensinar as crianças a se movimentar e a usar o movimento como forma de aprendizagem. A inserção da dança na condição de componente importante do currículo garante às crianças a oportunidade de combinar as funções do corpo e da mente e a possibilidade de compreender os movimentos como forma de expressão e comunicação daquilo que sabem e vivenciam. Por intermédio da dança, elas ampliam suas habilidades e usam a capacidade de pensar criticamente, quando solicitadas a aprender, executar e criar danças, assim como a responder aos estímulos por ela provocados.

Os elementos da dança – corpo e seus movimentos, espaço, tempo, peso, fluência e relacionamentos – constituem o fundamento do currículo da disciplina. Todos eles estão presentes em todo tipo de movimento que executamos; no entanto, a dança enfatiza e manipula elementos específicos para a expressão de ideias e sentimen-

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos