1494 capítulos
Medium 9788541204415

47 Pododermatite e Distúrbios das Unhas

RHODES, Karen Helton; WERNER, Alexander H. Grupo Gen PDF Criptografado

Pododermatite e

Distúrbios das Unhas

Capítulo

47

Karen Helton Rhodes

Panorama

��

��

��

��

��

��

��

��

��

��

��

��

��

��

Paroníquia: inflamação do tecido mole em torno da unha

Pioníquia: exsudatos purulentos da unha

Prega ungueal: tecido em forma de crescente que circunda a parte proximal da unha

Faixa coronária e crista dorsal: produzem a maior parte da unha

Onicomicose: infecção fúngica da unha

Onicorrexe: unhas quebradiças que tendem a rachar ou quebrar

Onicosquizia: rachadura e/ou laminação da unha, em geral começando distalmente

Onicomadese: desprendimento da unha

Onicodistrofia: deformidade causada por crescimento anormal; geralmente sequela de algum distúrbio

Onicomalacia: amolecimento das unhas

Onicoclasia: quebra da unha

Onicocriptose: crescimento da unha para dentro.

Etiologia e fisiopatologia

Ver todos os capítulos
Medium 9788527726665

74 - Intoxicação por Domissanitários

JERICÓ, Márcia Marques Grupo Gen PDF Criptografado

74

Intoxicação por

Domissanitários

Rosa Maria Barilli Nogueira, Michiko Sakate

JJ

Introdução

Entre as substâncias que podem causar intoxicações, destacam-se os domissanitários, que são produtos de uso domiciliar destinados a limpeza, desinfecção e desodorização com a finalidade de manter condições sanitárias adequadas de ambientes coletivos ou públicos, em lugares comuns e no tratamento da água.

Com a evolução da indústria quí­mica, a disponibilidade dos produtos domissanitários e das composições de tais produtos tem aumentado significativamente no mercado, alguns com alto potencial tóxico, além de embalagens inadequadas e falta de informações quanto aos riscos para a saú­de e tratamento em caso de intoxicações, constituindo um perigo para a saú­de pública e de animais de estimação.

Os domissanitários são produtos quí­micos, como ceras, inseticidas, desinfetantes, detergentes, alvejantes, desodorizantes, algicidas, fungicidas utilizados para limpeza em geral.1

Ver todos os capítulos
Medium 9788527726184

Capítulo 70 - Doenças Fúngicas em Aves

CUBAS, Zalmir Silvino; SILVA, Jean Carlos Ramos; CATÃO-DIAS, José Luiz Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 70

Doenças Fúngicas em Aves

Melissa Orzechowski Xavier

Isabel Martins Madrid

CC

Introdução

Os mi­cror­ga­nis­mos fúngicos têm especial relevância na sanidade das aves, sendo responsáveis por doen­ças potencialmente debilitantes e fatais em uma grande variedade de espécies. Ao contrário do que ocorre na medicina humana, na qual as micoses adquiriram grande importância somente nas últimas décadas devido ao aumento de pacientes imunossuprimidos, na clínica de aves, estas doen­ças são descritas causando grandes surtos e prejuí­zos ecológicos à fauna há centenas de anos. Embora existam relatos na literatura científica de outras enfermidades fúngicas em aves, como candidía­se, zigomicose e criptococose, a aspergilose destaca-se como a micose de maior incidência e de prognóstico desfavorável. Assim, este capítulo abordará aspectos microbiológicos, clínicos, terapêuticos e profiláticos das doen­ças fúngicas em aves, com enfoque na aspergilose.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527722865

5 - Documentação e Comunicação Multiprofissional

JENSEN, Sharon Grupo Gen PDF Criptografado

Documentação e Comunicação

Multiprofissional

O b j e t i v o s

d o

5

a p r e n d i z a d o

1 Descrever os múltiplos objetivos do prontuá­rio do cliente

2 Discutir o significado da documentação precisa e em tempo e a

relação entre relato dos dados da avaliação do cliente e garantia de sua segurança

S

r. Chavez, 29 anos de idade, foi admitido no hospital com fratura do úmero após uma colisão de veí­culo motor (CVM), na qual era um passageiro que usava cinto de segurança. Seu primo mais novo, o motorista, fraturou a tíbia e a fíbula.

Sr. Chavez nasceu no México, mas reside no Brasil desde a adolescência. Sua temperatura axilar é de 37,8°C, o pulso arterial, de 110 bpm, as ventilações são de

20 por minuto e a pressão arterial (PA) é de

122/66 mmHg. A prescrição médica atual inclui analgesia controlada pelo paciente

(ACP) com morfina para dor, um anti­bió­ tico, multivitamina, medicamentos a serem ingeridos conforme necessário para outros sintomas, como prurido e náu­seas, e um emoliente de fezes. A avaliação inicial foi no serviço de emergência, e uma avaliação admissional foi rea­li­zada 4 h antes na transferência para a unidade de trauma. A enfermeira está prestando assistência ao Sr.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527722865

8 - Avaliação Nutricional

JENSEN, Sharon Grupo Gen PDF Criptografado

8

Avaliação Nutricional

O b j e t i v o s

d o

a p r e n d i z a d o

1 Discutir o papel dos nutrientes na manutenção da saú­de

2 Apresentar diretrizes dietéticas com base na pirâmide alimentar

3 Discutir fatores do desenvolvimento, sociais, culturais e religiosos que influenciam o estado nutricional do cliente

4 Descrever o papel da enfermeira na avaliação nutricional

5 Avaliar os efeitos potenciais dos medicamentos e dos suplementos

nutricionais na ingesta, absorção, utilização e excreção de nutrientes

A

na Rita, de 15 anos e 47,5 kg, recebeu alta recentemente do hospital com diagnóstico de anorexia nervosa. Essa internação foi a mais recente de três no último ano. A mãe da jovem, uma dona de casa em horário integral, refere estar muito envolvida nas atividades escolares e sociais de Ana Rita.

A família recebeu em seu domicílio uma enfermeira da clínica da família para uma avaliação de acompanhamento. O papel da enfermeira nessa visita é avaliar o estado nutricional de Ana Rita e sua capacidade de autocuidado no domicílio.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos