49 capítulos
Medium 9788527708869

10 Forças Propulsoras na Natação

Zatsiorsky, Vladimir M. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 10

Forças Propulsoras na Natação

A.R. VORONTSOV E V.A. RUMYANTSEV

A natureza de forças propulsoras na natação

A locomoção aquática de um ser humano é o resultado da interação dos segmentos do corpo com a água. Em terra, um ser humano utiliza a superfície do solo como um suporte sólido e imóvel. Um esforço é aplicado contra o solo e a reação do mesmo, transmitida ao corpo, faz com que o corpo se mova. Durante a natação, o nadador gera o “suporte imóvel” no meio de fluido móvel, utilizando sua densidade e viscosidade, e supera as forças resistivas opostas.

A natureza da natação é que ela ocorre na água, a qual resiste ao movimento do nadador através dela. A resistência hidrodinâmica se manifesta: (i) como a força que diminui a velocidade e pára o movimento do nadador na água (ver Cap. 9); e (ii) como uma força de reação hidrodinâmica aos movimentos para os membros do nadador através da água. Esta força de reação hidrodinâmica é a fonte de propulsão para a locomoção do nadador.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527717564

Apêndice B – Formulários

Kaminsky, Leonard A. Grupo Gen PDF Criptografado

160 

Apêndice B

<

APÊNDICE

< < < < < < < < < < < < <

B

Formulários1

Avaliação da Estratificação dos Riscos

Formulário dos Dados para Composição Corporal

Formulário dos Dados para Aptidão Muscular

Formulário dos Dados para Flexibilidade

Formulário dos Dados para Testes Submáximos no Cicloergômetro

Formulário dos Dados para Testes de Esforço

Todos os formulários usados com a permissão do Ball State University Clinical Exercise Physiology Program

1

160

Apd.B.ACSM2.indd 160

18.03.11 09:01:51

<

Formulários 

161

Avaliação da estratificação dos riscos

Apd.B.ACSM2.indd 161

18.03.11 09:01:52

162 

Apêndice B

formulário dos dados para composição corporal

Apd.B.ACSM2.indd 162

18.03.11 09:01:55

Formulários 

163

formulário dos dados para aptidão muscular

Apd.B.ACSM2.indd 163

18.03.11 09:01:56

164 

Ver todos os capítulos
Medium 9788527708869

21 Arremesso de Peso

Zatsiorsky, Vladimir M. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 21

Arremesso de Peso

J. LANKA

O objetivo deste capítulo é resumir os resultados de investigações sobre a biomecânica do arremesso de peso. A principal

ênfase está na técnica de deslizamento convencional (estilo de costas) e na técnica rotacional (estilo de Barishnikov) de um arremessador de peso destro. Dados precisos e cuidadosamente documentados estão disponíveis sobre alguns aspectos do desempenho no arremesso de peso. Muitas variações na técnica são baseadas nas opções pessoais de atletas, técnicos e pesquisadores. Em alguns casos, estão incluídas aqui para prover um tratamento sistemático das variações técnicas. Entretanto, o mérito específico ainda precisa ser testado.

História

O arremesso de peso como esporte tem mais de cem anos de história. As opiniões sobre as técnicas de arremesso de peso têm sido alteradas no decorrer de sua história. Em geral, a evolução da técnica de arremesso de peso do começo do século XX até a presente data pode estar relacionada às quatro variantes de desempenho do movimento que têm sido aplicadas por diferentes gerações de arremessadores de peso. Estas são:

Ver todos os capítulos
Medium 9788527708869

18 Princípios do Lançamento

Zatsiorsky, Vladimir M. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 18

Princípios do Lançamento

R. BARTLETT

Habilidades de lançamento

lado do braço, o tronco se inclina homolateralmente ao braço de lançamento.

O que é lançamento?

O The New Shorter Oxford English Dictionary define o verbo

“lançar” (em seu significado no contexto deste capítulo) como

“Projetar ou propelir através do ar, arremessar, dirigir, atirar...

Projetar (algo) através do ar ou espaço, geralmente com força repentina, com a mão ou com o braço; arremessar, atirar com

ímpeto. Arremessar ou atirar algo com ímpeto, como um míssil” (Brown 1993; p. 3.296). De acordo com essas definições, este capítulo enfoca os princípios dos esportes ou provas nos quais o participante arremessa, passa ou atira um objeto com a mão ou, como no caso de lacrosse,1 a partir de um acessório. Alguns, ou todos, esses princípios estão relacionados a: arremessar de um círculo — lançamentos de martelo (ver também Cap. 22) e de disco, de peso (ver também Cap. 21); habilidades cruzadas — lançamento de dardos (ver também Cap. 20) e lançamento de bola em críquete; lançamento em beisebol e softball2; movimentos de lançamento e de passe em basquetebol, netball3 e handebol, pólo aquático e lacrosse; habilidades para arremessar no beisebol, críquete, futebol, rúgbi, futebol americano e outras variações, lançamento da bola como no boliche; e lançamento de dardos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527708869

27 Propagação do Impacto e seus Efeitos sobre o Corpo Humano

Zatsiorsky, Vladimir M. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 27

Propagação do Impacto e seus Efeitos sobre o Corpo Humano

A. S. VOLOSHIN

Este capítulo trata de um fenômeno que afeta o corpo humano durante as atividades físicas cotidianas, como a caminhada e o jogging. Todavia, o efeito deste fenômeno não é sentido de imediato nem se torna visível no corpo. Tal efeito consiste em ondas de choque que são geradas a cada contato de uma parte do corpo humano, como o pé, com um corpo rígido, como o solo.

Embora não possam ser vistas nem sentidas diretamente, estas ondas desempenham papéis importantes e aparentemente contraditórios no processo do crescimento ósseo e no desenvolvimento de diversas doenças articulares degenerativas.

Introdução

O estudo fundamental do movimento humano começou já na préhistória. Desenhos do período paleolítico mostram, com freqüência, várias atividades humanas e constituem uma prova deste fato

(Andriacchi & Mikosz, 1991). Tentativas de descrever e compreender a força motriz do movimento já eram empreendidas no século IV a.C. por Aristóteles (Steindler, 1953), que observou a correlação entre a contração muscular e o movimento da articulação associada. Contudo, o estudo sistemático da locomoção humana baseado nas leis físicas conhecidas não foi registrado até o final do século XVII. Borelli (1680) foi o primeiro a enfrentar o desafio de identificar e estimar as forças que surgem durante a locomoção humana por meio de modelos matemáticos. Ele produziu os primeiros modelos de ossos e músculos integrados como uma máquina responsável pela geração do movimento.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos