247 capítulos
Medium 9788580556025

Capítulo 77. Síndromes neurológicas paraneoplásticas

Dennis Kasper, Anthony Fauci, Stephen Hauser, Dan Longo, J. Jameson, Joseph Loscalzo Artmed PDF Criptografado

414

Seção 6

Hematologia e oncologia

rápida. No tratamento crônico, podem-se usar bifosfonatos por via oral. Em caso de neoplasias hematológicas, a hipercalcemia pode responder a glicocorticoides.

HIPONATREMIA

Comumente descoberta em indivíduos assintomáticos como resultado da dosagem dos eletrólitos séricos, a hiponatremia em geral é causada pela secreção tumoral de arginina-vasopressina, uma condição denominada síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH). O hormônio natriurético atrial também pode produzir hiponatremia. A SIADH é mais comum no câncer pulmonar de pequenas células (15%) e nos cânceres de cabeça e pescoço (3%). Diversos fármacos podem produzir a síndrome. Sintomas como fadiga, déficit de atenção, náuseas, fraqueza, anorexia e cefaleia podem ser controlados com restrição hídrica para 500 mL/dia ou bloqueando os efeitos do hormônio com 600 a 1.200 mg/dia de demeclociclina. O conivaptan, um bloqueador do receptor de vasopressina, é efetivo por via oral (20 a

Ver todos os capítulos
Medium 9788580556025

Capítulo 11. Choque

Dennis Kasper, Anthony Fauci, Stephen Hauser, Dan Longo, J. Jameson, Joseph Loscalzo Artmed PDF Criptografado

choque

CAPÍTULo 11

69

ACOMPANHAMENTO

Se a parada cardíaca resultou de fibrilação ventricular nas primeiras horas após um

IAM, o acompanhamento é igual ao dos cuidados padronizados pós-IAM (Cap. 119).

Para outros sobreviventes de parada por fibrilação ventricular, recomenda-se com frequência uma avaliação adicional, que inclua o exame da anatomia coronariana e a função ventricular esquerda. Na ausência de causa transitória ou reversível, é indicada habitualmente a colocação de desfibrilador-cardioversor implantável.

Para uma discussão mais detalhada, ver Myerburg RJ e Castellanos A: Colapso cardiovascular, parada cardíaca e morte súbita cardíaca, Cap. 327, p. 1764, do Medicina Interna de Harrison, 19ª edição, AMGH Editora.

11

Choque

DEFINIÇÃO

Condição de acentuada deterioração da perfusão tecidual que resulta em lesão e disfunção celulares. O reconhecimento e o tratamento rápidos são essenciais para prevenir dano orgânico irreversível e morte. As etiologias comuns estão listadas no Quadro 11.1.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580556025

Capítulo 169. Diabetes insípido e síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético

Dennis Kasper, Anthony Fauci, Stephen Hauser, Dan Longo, J. Jameson, Joseph Loscalzo Artmed PDF Criptografado

Diabetes insípido e síndrome da secreção inapropriada do hormônio...

CAPÍTULo 169

1051

pacientes que necessitam de reposição de glicocorticoides devem utilizar uma pulseira de alerta médico e ser orientados a tomar doses adicionais durante eventos estressantes, como doença aguda, procedimentos dentários, traumatismo e hospitalização aguda.

Para uma discussão mais detalhada, ver Melmed S, Jameson JL:

Adeno-hipófise: fisiologia dos hormônios hipofisários, Cap. 401e;

Hipopituitarismo, Cap. 402, p. 2255; Síndromes de tumores da adeno-hipófise, Cap. 403, p. 2261, do Medicina Interna de Harrison,

19ª edição, AMGH Editora.

169

Diabetes insípido e síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético

A neuro-hipófise, ou hipófise posterior, produz dois hormônios: (1) arginina-vasopressina (AVP), também conhecida como hormônio antidiurético (ADH), e (2) ocitocina. A AVP atua nos túbulos renais para induzir à retenção de água, levando à concentração da urina. A ocitocina estimula a ejeção do leite após o parto em resposta

Ver todos os capítulos
Medium 9788580556025

Capítulo 18. Hemorragia subaracnóidea

Dennis Kasper, Anthony Fauci, Stephen Hauser, Dan Longo, J. Jameson, Joseph Loscalzo Artmed PDF Criptografado

Hemorragia subaracnóidea

CAPÍTULo 18

105

AVE embólico

Em pacientes com fibrilação atrial e AVE, os anticoagulantes costumam ser o tratamento de escolha.

Terapia anticoagulante para AVE não cardiogênico

Os dados não apoiam o uso da varfarina a longo prazo para prevenir o AVE aterotrombótico para as doenças vasculares encefálicas intracraniana ou extracraniana.

Revascularização carotídea

A endarterectomia da carótida beneficia muitos pacientes com estenose carotídea sintomática grave (> 70%); a redução do risco relativo é de aproximadamente 65%.

Entretanto, se a taxa de AVE perioperatório for superior a 6% com qualquer cirurgião, o benefício é questionável. A inserção de stent intravascular é uma opção emergente; ainda há controvérsias sobre quem deve receber um stent ou ser submetido a endarterectomia. Os resultados cirúrgicos nos pacientes com estenose carotídea assintomática são menos significativos e costuma-se recomendar neste grupo o tratamento clínico dirigido à redução dos fatores de risco para aterosclerose associado às medicações antiplaquetárias.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580556025

Capítulo 60. Distúrbios dermatológicos comuns

Dennis Kasper, Anthony Fauci, Stephen Hauser, Dan Longo, J. Jameson, Joseph Loscalzo Artmed PDF Criptografado

Distúrbios dermatológicos comuns

CAPÍTULo 60

303

TESTES DE CONTATO (PATCH TESTS)

Para demonstrar hipersensibilidade cutânea a antígenos específicos.

Para uma discussão mais detalhada, ver Lawley TJ, Yancey KB:

Abordagem ao paciente com doença de pele, Cap. 70, p. 339, do

Medicina Interna de Harrison, 19ª edição, AMGH Editora.

60

Distúrbios dermatológicos comuns

DISTÚRBIOS PAPULOESCAMOSOS

Distúrbios que se evidenciam por pápulas e escamas.

PSORÍASE

Doença recidivante crônica. A lesão clássica é uma placa eritematosa bem demarcada com descamação superficial brancoprateada. A distribuição abrange as superfícies extensoras (i.e., joelhos, cotovelos e nádegas) e pode afetar as palmas das mãos bem como o couro cabeludo (principalmente a margem anterior). As anormalidades associadas consistem em artrite psoriásica (Cap. 161) e alterações ungueais (onicólise, depressões ou espessamento da lâmina ungueal com acúmulo de detritos subungueais).

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos