22420 capítulos
Medium 9788527733335

24 - Sistemas Neurovegetativos

AIRES, Margarida de Mello Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo

24

Sistemas Neurovegetativos  393

Sistemas Neurovegetativos

Sergio Luiz Cravo

■■ Introdução, 394

■■ Sistema nervoso autônomo, 395

■■ Sistema simpático, 395

■■ Sistema parassimpático, 397

■■ Efeitos da mobilização e controle dos órgãos pelo sistema nervoso autônomo, 398

■■ Bibliografia, 400

Aires-cap-24-FINAL.indd 393

01-05-2018 17:58:01

394  Aires | Fisiologia

Capítulo 24

INTRODUÇÃO

A manutenção da função celular e da vida depende do meio interno. Como discutido em capítulos anteriores, a manutenção do meio interno, ou homeostase, é um conceito fundamental da fisiologia. Para que este objetivo seja mantido, os diversos sistemas do organismo devem atuar em conjunto para conservar as condições ­ideais do meio interno. Uma das funções precípuas do sistema nervoso é a coordenação da função dos diversos sistemas funcionais entre si. Sendo assim, funções como o ritmo cardía­co e respiratório, o nível e o perfil metabólico, a função renal etc., são ajustadas con­ti­nuamente pelo sistema nervoso de modo a manter constante o meio interno.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582712818

Capítulo 31. Transtorno Mental e Prisão

Elias Abdala-Filho, Miguel Chalub, Lisieux E. de Borba Telles Grupo A PDF Criptografado

CAPÍTULO 31

Transtorno

Mental e Prisão

Maíra Mendes dos Santos, Sergio Baxter Andreoli,

Elias Abdalla-Filho, José G. V. Taborda

P O N T O S - C H AV E

No Brasil e no mundo há um grande número de pessoas com transtornos mentais nas pri-

sões, situação preocupante em face da precariedade de recursos humanos e materiais para atender esses pacientes.

A relação entre comportamento criminal e transtorno mental é complexa e depende, entre outros fatores, da natureza do quadro sintomatológico.

Os transtornos por uso de substâncias estão associados ao comportamento criminal de forma isolada ou em comorbidade.

Intervenções multidisciplinares nos presídios têm-se mostrado eficazes na reabilitação de usuários de drogas e na diminuição da reincidência criminal.

Existem avanços na legislação brasileira quanto à atenção à saúde mental de presos, porém a realidade ainda é bastante insatisfatória e desafiadora.

É necessária a implementação de políticas públicas destinadas à atenção em saúde mental da população encarcerada.

Ver todos os capítulos
Medium 9788581141565

24 - Tratamento das metástases cervicais no câncer diferenciado de tireoide

VOLPI, Erivelto; STECK, José Higino Grupo Gen PDF Criptografado

24

Tratamento das metástases cervicais no câncer diferenciado de tireoide

Daniel Marin Ramos � Cláudio Roberto Cernea

INTRODUÇÃO

É consenso que o tratamento para o câncer bem diferenciado de tireoide deva ser realizado preferencialmente por ressecção cirúrgica, seguida ou não de tratamento adjuvante com radioiodoterapia. Em casos selecionados, também podem ser utilizados radioterapia externa, quimioterapia, alcoolização e outros tratamentos alternativos.

Entretanto, em algumas situações, ainda há controvérsias acerca do tratamento cirúrgico, envolvendo desde a extensão da tireoidectomia (total versus parcial) até o tratamento do pescoço (esvaziamento eletivo ou terapêutico).

Os tumores bem diferenciados da glândula tireoide são o carcinoma papilífero, com suas variantes

(clássico, esclerosante difuso, trabecular, folicular, células altas, encapsulado), e o carcinoma folicular, com sua variante de células de Hurthle. Tanto o carcinoma papilífero como o carcinoma de células de Hurthle enviam metástases preferencialmente para linfonodos cervicais; por outro lado, o carcinoma folicular acomete mais pulmões e ossos (metástases hematogênicas).

Ver todos os capítulos
Medium 9788582710234

Introdução

Salvador Ramos, Euler Manenti, Maurício André Gheller Friedrich, Eduardo Keller Saadi Grupo A PDF Criptografado

INTRODUÇÃO

As doenças cardiovasculares, representadas principalmente pelo infarto agudo do miocárdio (IAM) – popularmente conhecido como ataque cardíaco –, e o acidente vascular cerebral (AVC), conhecido como derrame, são responsáveis pelas principais causas de mortalidade entre adultos no mundo inteiro e ultrapassam, em número, o câncer e as mortes violentas

como os acidentes de trânsito.

A perspectiva nada animadora é que esse quadro não deve modificar-se positivamente nos próximos anos. Instituições internacionais, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), projetam que, na próxima década, as doenças cardiovasculares continuarão ocupando o primeiro lugar, com tendência a aumentar.

Além das artérias do coração (coronárias) e as artérias cerebrais, outros territórios vasculares também são comprometidos com frequência, como as artérias carótidas, a aorta, as artérias renais e dos membros inferiores, constituindo a doença vascular periférica.

Condições ligadas à genética do indivíduo têm importância, mas

Ver todos os capítulos
Medium 9788582715291

Guanfacina

Stephen M. Stahl Grupo A PDF Criptografado

GUANFACINA

TERAPÊUTICA

Marcas �• Intuniv

• Tenex

Genérico? 

Sim (não para guanfacina ER)

Classe

• Nomenclatura baseada na neurociência: agonista dos receptores de norepinefrina (ARN)

• Agonista de alfa-2A de ação central; anti-hipertensivo, não estimulante para TDAH

Comumente prescrita para

(em negrito, as aprovações da FDA)

• Hipertensão

• Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade

(TDAH) em crianças entre 6 e 17 anos (Intuniv, adjunto e monoterapia)

• Transtorno de oposição desafiante

• Transtorno da conduta

• Transtornos globais do desenvolvimento

• Tiques motores

• Síndrome de Tourette

tora e/ou impulsividade que perturbam o funcionamento social, acadêmico e/ou ocupacional

• Continuar o tratamento até que todos os sintomas estejam sob controle ou a melhora seja estável, e depois continuar o tratamento indefinidamente enquanto a melhora persistir

• Há alguns estudos de até 2 anos

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos