143 capítulos
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788522485581

15 Declaração

MEDEIROS, João Bosco Grupo Gen PDF Criptografado

15

Declaração

1 Redação

1.1 Declaração

Declaração é prova escrita, é documento, é depoimento, é explicação. Nela se manifesta opinião, conceito, resolução ou observação.

  DECLARAÇÃO

Declaramos para os devidos fins que o Sr. . . . . . . . . . . . . . ., portador da Carteira de

Trabalho nº . . . . . . da série . . . . . , foi nosso funcionário no período de . . . . . . . . a . . . .

. . . . exercendo a função de . . . . . . . . . . . . . Informamos, ainda, que o referido empregado, durante o tempo em que aqui trabalhou, exerceu sua função a contento, não havendo nada que possa desaboná-lo.

Por ser a expressão da verdade, firmamos a presente declaração.

                local e data

                (a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

DECLARAÇÃO

Eu, fulano de tal, declaro, para os devidos fins, que me foram furtados em . . ./. . ./

200X, RG, CPF, CNH, CP, cartões Elo, Credicard, American Express, Cartão Banco 24

Ver todos os capítulos
Medium 9788521630821

J

PIMENTA, Reinaldo Grupo Gen PDF Criptografado

J

Jacuzzi

No início do século XX, o sr. e a sra. Jacuzzi moravam na Itália e já tinham gerado sete filhos e seis filhas. Decididos a partir para outra atividade, emigraram para os Estados Unidos e se estabeleceram na Califórnia. Ali os rapazes começaram a trabalhar em engenharia de aviação. O fracasso não demorou a chegar: em

1921, o primeiro monoplano Jacuzzi se espatifou em seu voo inaugural. “Mama

Jacuzzi” fez um escândalo à italiana e proibiu os filhos de continuarem a fazer seus aviõezinhos. Foram tão obedientes à “mama” – e ai do italiano que não o seja – que partiram para outra novidade bem afastada da aviação: inventaram e patentearam uma bomba de água para regar jardins.

Mais tarde, um dos Jacuzzinhos começou a padecer de artrite reumatoide (inflamações, deformações e dores nas articulações). Cândido Jacuzzi, um dos irmãos, desenvolveu então uma bomba portátil que provocava torvelinhos na água de uma banheira, gerando uma hidromassagem de efeito terapêutico para a doença do irmão.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

4 Relatórios Administrativos

MEDEIROS, João Bosco Grupo Gen PDF Criptografado

4

Relatórios Administrativos

1 Redação

1.1 Conceito de relatório administrativo

Relatórios administrativos são comunicações produzidas pelos membros de uma organização, desde que requeridas ou utilizadas pelos administradores.

Eles podem ser uma simples carta ou memorando ou, ainda, uma conferência, um quadro, um gráfico, uma tabela. Se o relato do fato ocorrer em conversa, o relatório administrativo será oral.

Um relatório para a tomada de decisão pode exigir elaboração apurada e pesquisa meticulosa. É talvez aqui que alguns redatores de relatórios falham: não se interessam pela pesquisa.

Saber onde estão as informações e saber como pesquisá-las é recurso que não se pode desconsiderar.

O primeiro passo é, portanto, conhecer a localização das fontes de informação:

RR Conhece o endereço da biblioteca municipal?

RR Da biblioteca do bairro?

RR Da faculdade?

RR Do colégio?

RR Conhece o arquivo do jornal da cidade?

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019452

60 - Emprego do Infinitivo

MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar Grupo Gen PDF Criptografado

60

Emprego do infinitivo

1 CONCEITO

O infinitivo é uma das três formas nominais dos verbos. Há dois tipos de infinitivo: o impessoal, que não flexiona, e o pessoal (inexistente na maioria das línguas conhecidas), que flexiona. Exemplos:

Viver é bom. (= infinitivo impessoal)

É interessante leres com atenção. (= infinitivo pessoal)

2 INFINITIVO IMPESSOAL

O infinitivo impessoal é empregado, nas seguintes situações: a) com sujeito idêntico ao do verbo regente, formando uma locução verbal:

Não ousaste encarar teu ofensor. suj.

tu

Costumamos levantar cedo. suj.

nós

Tomaram a resolução de resistir até o fim. suj.

eles

b) com sentido passivo (geralmente, vem depois de um adjetivo + preposição e funciona como complemento nominal):

Esses livros são bons de ler (= de serem lidos).

Portugues Instrumental.indb 403

14/12/2018 14:23:51

404

Capítulo 60

Tais coisas não são fáceis de perceber (= de serem percebidas).

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019452

34 - Monografia

MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar Grupo Gen PDF Criptografado

34

Monografia

1 CONCEITO

Os gêneros acadêmicos ou científicos são regulados por normas técnicas. Eles são constituídos por dissertações de mestrado, teses de doutorado, trabalho de conclusão de curso (TCC), artigos científicos, comunicação científica, fichamento, memorial, projeto de pesquisa, relatório de pesquisa, resenha, resumo etc.

No Brasil, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estabelece um conjunto de normas que orientam a realização de trabalhos na área acadêmica e científica. Entre essas, citamos: a confecção de sumário, de resumos, de estrutura de trabalhos científicos (dissertação de mestrado, tese de doutorado etc.), de citação direta e indireta, de referências bibliográficas, de índice remissivo.

Dissertações de mestrado, teses de doutorado, TCCs, em geral, constituem trabalhos científicos monográficos.

Considerando sua natureza, pode-se entender a palavra monografia como um trabalho cuidadoso e exaustivo a respeito de determinado assunto teórico, científico ou filosófico.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522481590

Parte I - 7 Estilo e Técnicas de Elaboração de Cartas Comerciais

MEDEIROS, João Bosco; HERNANDES, Sonia Grupo Gen PDF Criptografado

7

Estilo e Técnicas de Elaboração de Cartas Comerciais

1 Elaboração do texto

Nossos dias reclamam objetividade e rapidez. Por isso, mais do que nunca é preciso buscar clareza de pensamento, concatenação de ideias, vocabulário exato. A linguagem usada nas relações comerciais exige o conhecimento de certas fórmulas e praxes em que se deve exercitar o redator comercial.

Antes de iniciar a redigir, é necessário: o ter um objetivo em mente; o colocar-se no lugar do receptor; o ter informações suficientes sobre o fato, e prestar informações precisas e exatas; o planejar a estrutura da comunicação a ser feita; o dominar todas as palavras necessárias. Dispor de vocabulário adequado; o tratar do assunto com propriedade; o selecionar fatos e evitar opiniões; o refletir adequada e suficientemente sobre o assunto; o ser natural, conciso e correto; o usar linguagem de fácil compreensão; frases curtas, portanto; o responder a todas as perguntas feitas anteriormente pelo destinatário, no caso de resposta a uma carta dele; o calcular antecipadamente o tamanho do texto para evitar cartas espremidas; o observar que numa carta o espaço branco é muito importante. A boa estética transfere ao leitor sensações agradáveis; o evitar a separação silábica se prejudicar a leitura; o usar espaço maior em cartas de texto pequeno.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521630821

A

PIMENTA, Reinaldo Grupo Gen PDF Criptografado

A

À beça

Gumercindo Bessa (1859-1913), jornalista e jurista sergipano, foi adversário de

Rui Barbosa na Questão Acreana, em que o estado do Amazonas pretendia incorporar o território do Acre. Bessa venceu a questão em favor do Acre, apresentando argumentos irrefutáveis e numa quantidade impressionante.

Posteriormente mas não muito, Rodrigues Alves (presidente do Brasil de 1902 a 1906) diria a um cidadão que lhe apresentava um pedido com justificativas infindáveis: “O senhor tem argumentos à Bessa.” A partir daí, popularizou-se a expressão à beça com o sentido de em grande quantidade ou intensidade.

Por que os dois esses viraram cê-cedilha? Ninguém sabe.

A dar com um pau

Avoantes são aves que vêm, em grandes bandos, da África para o Brasil e pousam em algumas regiões do Nordeste, para desova. Exaustas e famintas, são mortas, aos milhares, pelos sertanejos a pauladas. Daí veio a expressão a dar com um pau com o sentido de em grande quantidade.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521630821

F

PIMENTA, Reinaldo Grupo Gen PDF Criptografado

F

Fagulha

É um caso de diminutivo cumulativo. Fagulha veio do latim facucula, diminutivo de facula, tocha pequena, que já era um diminutivo, de fax, tocha, luz.

Ou seja, para os romanos, facucula era uma “tochinhazinha” e poderia até ser o nome do fósforo, se já o conhecessem.

Falar pelos cotovelos

Existem chatos e superchatos. Chatos são os que falam sem parar. Superchatos são os que falam sem parar, com a chatice aditivada pelo expediente de ficar o tempo todo cutucando, com os cotovelos, o pobre do ouvinte para mantê-lo acordado e atento. Pois é, a expressão é um legado do superchato, o sugador da alma alheia.

Fanta

Redução de fantasie, fantasia.

A marca apareceu pela primeira vez na Alemanha, na Segunda Guerra Mundial. Naqueles dias de tantas privações e de escassos recursos para o consumo do trivial diário, só com muita fantasia e criatividade é que foi possível produzir uma bebida nova de sabor atraente.

Farol

Alexandre, o Grande, rei da Macedônia, fundou, em 332 a.C., a cidade que modestamente chamou de Alexandria (norte da África). Para torná-la um dos maiores portos do mundo, Alexandre mandou construir, com grandes pedras, um píer que ligasse a cidade à ilha de Pharos, a mais ou menos 1,5 km de distância.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019452

20 - Curriculum Vitae

MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar Grupo Gen PDF Criptografado

20

Curriculum vitae

1 CONCEITO

Curriculum vitae é o texto que fornece uma visão geral com relação à formação e à experiência profissional de alguém que se candidate a um cargo, curso, emprego etc. Ele pode ser encaminhado por Correio ou eletronicamente, acompanhado de um ofício ou de uma carta de apresentação. Pode ainda ser introduzido por uma resposta de anúncio.

Portugues Instrumental.indb 139

14/12/2018 14:23:39

140

Capítulo 20

2 MODELO

Porto Alegre, 24 de janeiro de 2018.

Senhor Diretor:

Em resposta ao anúncio publicado no XYZ de 19 de janeiro, solicito a inclusão de meu nome entre os candidatos à vaga de .......................... na sua empresa (estabelecimento de ensino, banco etc.).

Eis aqui o meu Curriculum Vitae:

Dados de Identificação:

Nome:

Data e local de nascimento:

Filiação:

Estado civil:

Residência: 

Tel.:

E-mail:

Rua e no

CEP:

Cidade e Estado:

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

23 Normas para a elaboração de referências bibliográficas: a NBR 6023:2002

MEDEIROS, João Bosco Grupo Gen PDF Criptografado

23

Normas para a Elaboração de Referências Bibliográficas: a NBR 6023:2002

A NBR 6023:2002 estabelece os elementos a serem incluídos em referências. Estabelece a ordem dos elementos, bem como as convenções para transcrição e apresentação da informação do documento e outras fontes de informação.

Para a norma citada, referência é o “conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual”.

1.  As referências podem aparecer no rodapé, no final de um texto ou de um capítulo, ou em lista de referências.

2.  As referências são apresentadas alinhadas à esquerda, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo. “Quando aparecem em nota de rodapé, são alinhadas, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas” (NBR 6023:2002, nº 6.3).

3.  Os recursos tipográficos de destaque, como bold, itálico, sublinha usados para o título das obras devem ser uniformes em todas as referências de um mesmo documento. Nas obras cujo elemento de entrada é o próprio título, usam-se letras maiúsculas na primeira palavra para elas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521630821

G

PIMENTA, Reinaldo Grupo Gen PDF Criptografado

G

Gaiato

A palavra do alto alemão gāhi, impetuoso, originou o inglês gay e o francês gai.

No inglês, gay teve o sentido inicial de alegre, vistoso. A partir do século XVII, passou para o terreno sexual para designar uma prostituta (a gay woman), um namorador (a gay man) ou um bordel (a gay house). Somente no século XIX, virou sinônimo de homossexual.

O francês gai também teve o sentido inicial de alegre e, depois, por influência do inglês, o de homossexual masculino.

Gai é a origem do português gaio, alegre, esperto. Gaio recebeu a terminação diminutiva -ato e ficou gaiato.

Ou seja, gay, com o sentido de homossexual masculino, em português é gaio.

E ainda temos, segundo o nosso Vocabulário Ortográfico, a palavra guei, como aportuguesamento de gay. Mas tanto gaio como guei não pegaram; o povo preferiu ficar mesmo com a forma do inglês, que é língua de gente rica e evoluída.1

Gajo

O cigano espanhol gachó – significava senhor, o que não é cigano – deu no português gajão, com o mesmo significado. Depois, o povo achou que gajão era um aumentativo e a palavra ficou gajo, com o sentido de um indivíduo qualquer.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

24 Apresentação Gráfica do TCC

MEDEIROS, João Bosco Grupo Gen PDF Criptografado

24

Apresentação Gráfica do TCC

Três são as partes de um TCC: a pré-textual, a textual e a pós-textual.

A parte pré-textual compreende: capa, folha de rosto, ficha catalográfica, errata (se houver necessidade), folha de aprovação, dedicatória, agradecimento, epígrafe, resumo em língua portuguesa, resumo em língua estrangeira, lista de ilustrações, lista de tabelas, lista de abreviaturas e siglas, lista de símbolos, sumário.

A parte textual é formada por introdução, desenvolvimento, conclusão.

A parte pós-textual é formada por referências, glossário, apêndice, anexo,

índice.

É a seguinte a ordem de apresentação de todos os elementos de um TCC:

RR Capa: pode ser lisa, encadernada com couro ou em espiral.

RR Folha de rosto.

RR Verso da folha de rosto.

RR Folha para indicação de aprovação da banca.

RR Dedicatória (opcional).

RR Agradecimentos (opcional).

RR Inscrição (ou epígrafe) (opcional).

RR Resumo ou sinopse.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522481590

Parte I - 8 Mensagens Eletrônicas

MEDEIROS, João Bosco; HERNANDES, Sonia Grupo Gen PDF Criptografado

8

Mensagens Eletrônicas1

1 Mensagens eletrônicas

A mensagem eletrônica é como outra qualquer mensagem escrita. Requer os mesmos cuidados de clareza, simplicidade, coerência, coesão entre as ideias, precisão. Se, ao redigir um e-mail, o redator ocupa-se em dar resposta aos seguintes elementos: o que (o objeto do texto, da comunicação), para quem (quem receberá a mensagem), para que (objetivo da comunicação), quando ocorreu o fato, ou a data em que deve ficar pronto um produto, por exemplo, como o leitor deve proceder, como foram realizados os trabalhos, por exemplo, e por que se está comunicando, por que ocorreu determinado fato, por exemplo.

Além dessa preocupação com a precisão da informação, o redator deve considerar aspectos relativos à persuasão: com gentileza poderá alcançar melhores resultados do que com rispidez. Assim, nunca é demais um por favor, por gentileza, queira por gentileza, muito obrigado, obrigado por sua atenção, desculpe-nos por..., queira nos desculpar por...

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019452

43 - Prefixos de Origem Latina ou Grega

MARTINS, Dileta Silveira; ZILBERKNOP, Lúbia Scliar Grupo Gen PDF Criptografado

43

Prefixos de origem latina ou grega

Prefixo é o elemento que pode aparecer numa palavra, antecedendo a sua raiz. Exemplos: prenome (= pre + nome); transcurso (= trans + curso).

Sufixo é o elemento que pode aparecer numa palavra após a raiz. Exemplos: esbeltez (= eslbeltø + ez); lealdade (= leal + dade).

Alguns prefixos de origem latina ou grega:

PREFIXO SIGNIFICADO ab, abs, a afastamento, separação ad aproximação ambi duplicidade ante anterioridade circum movimento em torno cis posição aquém com companhia, sociedade contra oposição

movimento de cima para baixo de separação des ação contrária ex, e, es movimento para fora extra fora de, além de in, im, i sentido contrário, negação posição inferior infra posição interior intra inter, entre posição intermediária

posição em frente ob, o oposição per através de, intensidade posição posterior pos anterioridade pre

Portugues Instrumental.indb 253

EXEMPLO abstrair, aversão adnominal ambiguidade antepor circunferência cisalpino companheiro, conterrâneo contradizer decrescer decapitar desfazer expatriar, emigrar, esvaziar extraoficial, extradição injusto, impermeável, ilegal infra-assinado intramuscular internacional, entreabrir objeto opor percorrer, perdurar postônica, pós-graduação prever, pré-fabricado

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

8 Atestado

MEDEIROS, João Bosco Grupo Gen PDF Criptografado

8

Atestado

1 Redação

1.1 Atestado

Atestado é uma declaração, um documento firmado por uma autoridade em favor de alguém ou algum fato de que se tenha conhecimento. É um documento oficial com que se certifica, afirma, assegura, demonstra algo que interessa a outrem.

ATESTADO

DE IDONEIDADE MORAL

Eu, . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ., . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ., atesto para os nome

profissão

devidos fins que conheço . . . . . . . . há . . . . . . . . (. . . .) anos e que é pessoa de alto conceito, digna de toda confiança e que nada existe que possa desaboná-la.

Por ser expressão de verdade, firmo o presente atestado.

. . . . . . . . . . . . . . . . . ., . . . de . . . . . . . . . . . . . de 200X.

(a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

2 Gramática

2.1 Pronome pessoal

O traço definidor dos pronomes pessoais (eu, tu, ele, ela, nós, vós, eles, elas) é sua capacidade de identificar de forma pura a pessoa gramatical.

Ver todos os capítulos

Carregar mais