26 capítulos
  Título Autor Editora Formato Comprar item avulso Adicionar à Pasta
Medium 9788522485581

5 Circular

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

5

Circular

1 Redação

1.1 Circular

A circular caracteriza-se como uma comunicação (carta, manifesto ou ofício) que, reproduzida em muitos exemplares, é dirigida a muitas pessoas ou a um órgão. Serve para transmitir avisos, ordens ou instruções. Em geral, contém assunto de caráter ou interesse geral.

Tratando-se de carta-circular, o redator deve escrever de maneira que o receptor tenha a impressão de que ela foi redigida especialmente para ele.

CIRCULAR

Senhores:

Nossa empresa desenvolve suas atividades na área de legislação do estrangeiro e conta com experiência de mais de 15 anos. Visando ampliar o número de assinantes, estamos oferecendo promocionalmente nosso Informe X, que trata especificamente do assunto.

Além de informes periódicos, dispomos de um setor que atende inteiramente grátis, durante um ano, a consultas sobre qualquer assunto relativo à permanência ou estada do estrangeiro no país.

A assinatura dá direito a receber um informe trimestral. Havendo qualquer modificação ou novidade sobre a legislação de estrangeiro, expediremos uma circular extra, para mantê-los sempre bem informados, sem qualquer ônus adicional. A cobrança será confiada ao Banco Y, com a anuidade de $ . . . . . . . (. . . . . ), por meio de nota fiscal de serviços, com vencimento em . . . .

(a)  Fulano de Tal

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

23 Normas para a elaboração de referências bibliográficas: a NBR 6023:2002

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

23

Normas para a Elaboração de Referências Bibliográficas: a NBR 6023:2002

A NBR 6023:2002 estabelece os elementos a serem incluídos em referências. Estabelece a ordem dos elementos, bem como as convenções para transcrição e apresentação da informação do documento e outras fontes de informação.

Para a norma citada, referência é o “conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual”.

1.  As referências podem aparecer no rodapé, no final de um texto ou de um capítulo, ou em lista de referências.

2.  As referências são apresentadas alinhadas à esquerda, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo. “Quando aparecem em nota de rodapé, são alinhadas, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas” (NBR 6023:2002, nº 6.3).

3.  Os recursos tipográficos de destaque, como bold, itálico, sublinha usados para o título das obras devem ser uniformes em todas as referências de um mesmo documento. Nas obras cujo elemento de entrada é o próprio título, usam-se letras maiúsculas na primeira palavra para elas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

8 Atestado

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

8

Atestado

1 Redação

1.1 Atestado

Atestado é uma declaração, um documento firmado por uma autoridade em favor de alguém ou algum fato de que se tenha conhecimento. É um documento oficial com que se certifica, afirma, assegura, demonstra algo que interessa a outrem.

ATESTADO

DE IDONEIDADE MORAL

Eu, . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ., . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ., atesto para os nome

profissão

devidos fins que conheço . . . . . . . . há . . . . . . . . (. . . .) anos e que é pessoa de alto conceito, digna de toda confiança e que nada existe que possa desaboná-la.

Por ser expressão de verdade, firmo o presente atestado.

. . . . . . . . . . . . . . . . . ., . . . de . . . . . . . . . . . . . de 200X.

(a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

2 Gramática

2.1 Pronome pessoal

O traço definidor dos pronomes pessoais (eu, tu, ele, ela, nós, vós, eles, elas) é sua capacidade de identificar de forma pura a pessoa gramatical.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

11 Aviso, Bilhete, Ordem de Serviço

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

11

Aviso, Bilhete,

Ordem de Serviço

1 Redação

1.1 Aviso

O aviso caracteriza-se como informação, comunicado de uma pessoa para outra. Burocraticamente, é um ofício de um ministro para outro. É utilizado no comércio, na indústria, no serviço público e na rede bancária. Serve para ordenar, cientificar, prevenir, noticiar, convidar. Uma forma conhecida de aviso

é aquela em que o empregado ou empregador comunica a rescisão de contrato de trabalho e que se constitui no chamado aviso prévio.

Como uma das principais funções do aviso é comunicar com eficácia, advindo daí economia de tempo, favorecem a consecução desse objetivo o texto breve e a linguagem clara.

1.2 Bilhete

Bilhete é uma carta simples e breve, sem as fórmulas das cartas ordinárias.

É um aviso escrito em que se anota algum fato para ser levado a conhecimento de outra pessoa, mas de modo apressado. As principais modalidades são:

RR Bilhete de visita: cartão com nome impresso e com indicação da profissão e morada respectivas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

18 Narração Comercial

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

18

Narração Comercial

1 Redação

1.1 Conceito de narração

A narração comercial caracteriza-se como um relato organizado de acontecimentos empresariais reais ou possíveis. Em primeiro lugar, torna-se imperioso dar movimento aos fatos, manter aceso o interesse do leitor, expor os acontecimentos com rapidez, relatando-se apenas o que é significativo. A narração envolve:

RR Quem? Personagens.

RR Quê? Fatos.

RR Quando? A época em que ocorreram os acontecimentos.

RR Onde? O lugar da ocorrência dos fatos.

RR Como? O modo como se desenvolveram os acontecimentos.

RR Por quê? A causa dos acontecimentos.

Onde, quando e quem pertencem à introdução. O quê consta em geral do desenvolvimento e o como aparece sobretudo no clímax da narrativa. Reserva-se o porquê para a conclusão.

Estruturalmente, em uma narrativa temos um sujeito que quer (não quer), que deve (não deve), que sabe (não sabe) e que pode (não pode) fazer alguma coisa (ação). Para entrar em conjunção ou em disjunção com um valor investido em algum objeto, ele depara-se com um antissujeito, que são os obstáculos que precisa vencer. Nem sempre uma narrativa se explica por um simples fazer, visto que as próprias emoções do sujeito (estado de alma) podem constituir-se numa narrativa. Para aprofundamento desse estudo, consultar Diana Luz Pessoa de Barros (1990) e José Luiz Fiorin (1989).

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

26 Dissertações Científicas

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

26

Dissertações Científicas

1 Redação

1.1 Conceito de dissertação

Define-se texto dissertativo como tipo de discurso em que se faz exposição de ideias; em que o emissor expõe seus pensamentos sobre um assunto.

Tipo de texto que interpreta e analisa, por meio de conceitos abstratos, dados da realidade. As características principais da dissertação são: é um conjunto de juízos sobre um assunto; é própria de temas abstratos, de textos críticos, de teses, da explanação de uma argumentação. Um texto dissertativo deve oferecer ao leitor um tratamento novo do assunto, apresentar observações, reflexões, avaliação. Seu desenvolvimento implica a análise de fatos apresentados, bem como sua discussão e argumentação. Nesse tipo de texto, o emissor expõe ideias, discorre sobre determinado assunto, argumenta. Exige aprimoramento intelectual, como conhecimento do assunto, prática do raciocínio e clareza de expressão.

As dissertações envolvem exposição de pontos de vista, argumentos, que visam convencer, ou dar a conhecer o resultado de uma pesquisa, de um estudo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

2 Noções sobre Texto

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

2

Noções sobre Texto

1 Redação

1.1 Conceito de texto

Texto é um tecido verbal estruturado de tal modo que as ideias formam um todo coeso, uno, coerente. Todas as partes devem estar interligadas e manifestar um direcionamento único. Assim, um fragmento que trata de diversos assuntos não pode ser considerado texto. Da mesma forma, se lhe falta coerência, se as ideias são contraditórias, também não se constitui texto. Se os elementos da frase que possibilitam a transição de uma ideia para outra não estabelecem coesão entre as partes expostas, o fragmento não se configura um texto. Essas três qualidades – unidade, coerência e coesão – são essenciais para a existência de um texto. Veja-se um exemplo:

O carnaval carioca é uma beleza, mas mascara, com o seu luxo, a miséria social, o caos político, o desequilíbrio que se estabelece entre o morro e a Sapucaí. Embora todos possam reconhecer os méritos de artistas plásticos que ali trabalham, o povo samba na avenida como herói de uma grande jornada. E acrescente-se: há manifestação em prol de processos judiciais contra costumes que ofendem a moral e agridem a religiosidade popular. O carnaval carioca, porque se afasta de sua tradição, está tornando-se desgracioso, disforme, feio.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

14 Requerimento

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

14

Requerimento

1 Redação

1.1 Requerimento

Petição por escrito feita com as fórmulas legais, na qual se solicita algo que

é permitido por lei ou que como tal se supõe. É todo pedido que se encaminha a uma autoridade do Serviço Público. Enquanto o requerimento é um veículo de solicitação sob o amparo da lei, a petição destina-se a pedido sem certeza legal ou sem segurança quanto ao despacho favorável.

No meio jurídico, os requerimentos são, em geral, escritos; quando feitos oralmente, devem ser tomados por termo, a não ser quando se referirem a pedidos de certidões ou em casos de atos não processuais.

O requerimento deve ser apresentado em papel simples ou duplo, mas o formato será o almaço, com pauta (se manuscrito) ou sem pauta (se datilografado). Pode, ainda, ser manuscrito, datilografado ou mimeografado em papel tamanho ofício (215 × 315 mm). Evite-se, porém, o uso de tinta vermelha.

Entre a invocação e o texto deve haver espaço para o despacho: sete linhas

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

6 Memorando

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

6

Memorando

1 Redação

1.1 Memorando

A comunicação interna utiliza-se de linguagem que se aproxima de níveis informais. Não se devem, portanto, usar preciosismos e tampouco terminologia excessivamente técnica em memorandos (memo), ou CI (Comunicado Interno). Deles devem constar:

RR Para: nome ou cargo do destinatário.

RR De: nome ou cargo do emissor.

RR Assunto ou referência: o título que resume o teor da comunicação.

RR Data.

RR Mensagem.

RR Fecho.

RR Assinatura.

Por se tratar de comunicação rotineira e corriqueira, evita-se explicar siglas e apresentar personagens envolvidos na comunicação.

Quando o memorando é distribuído em diversos departamentos, deve-se evitar colocar apenas as siglas do departamento emissor ou somente o primeiro nome do receptor das cópias. Outros procedimentos desejáveis: evitar chavões, frases feitas, adjetivações inúteis.

Memorando 

123

MEMORANDO

PARA: DEPARTAMENTO

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

4 Relatórios Administrativos

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

4

Relatórios Administrativos

1 Redação

1.1 Conceito de relatório administrativo

Relatórios administrativos são comunicações produzidas pelos membros de uma organização, desde que requeridas ou utilizadas pelos administradores.

Eles podem ser uma simples carta ou memorando ou, ainda, uma conferência, um quadro, um gráfico, uma tabela. Se o relato do fato ocorrer em conversa, o relatório administrativo será oral.

Um relatório para a tomada de decisão pode exigir elaboração apurada e pesquisa meticulosa. É talvez aqui que alguns redatores de relatórios falham: não se interessam pela pesquisa.

Saber onde estão as informações e saber como pesquisá-las é recurso que não se pode desconsiderar.

O primeiro passo é, portanto, conhecer a localização das fontes de informação:

RR Conhece o endereço da biblioteca municipal?

RR Da biblioteca do bairro?

RR Da faculdade?

RR Do colégio?

RR Conhece o arquivo do jornal da cidade?

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

15 Declaração

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

15

Declaração

1 Redação

1.1 Declaração

Declaração é prova escrita, é documento, é depoimento, é explicação. Nela se manifesta opinião, conceito, resolução ou observação.

  DECLARAÇÃO

Declaramos para os devidos fins que o Sr. . . . . . . . . . . . . . ., portador da Carteira de

Trabalho nº . . . . . . da série . . . . . , foi nosso funcionário no período de . . . . . . . . a . . . .

. . . . exercendo a função de . . . . . . . . . . . . . Informamos, ainda, que o referido empregado, durante o tempo em que aqui trabalhou, exerceu sua função a contento, não havendo nada que possa desaboná-lo.

Por ser a expressão da verdade, firmamos a presente declaração.

                local e data

                (a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

DECLARAÇÃO

Eu, fulano de tal, declaro, para os devidos fins, que me foram furtados em . . ./. . ./

200X, RG, CPF, CNH, CP, cartões Elo, Credicard, American Express, Cartão Banco 24

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

22 Citações Diretas e Indiretas: Sistemas de Chamada (A NBR 10520:2002)

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

22

Citações Diretas e Indiretas:

Sistemas de Chamada

(A NBR 10520:2002)

1 Redação

1.1 Introdução

Este capítulo expõe os elementos dos trabalhos acadêmicos, as monografias. Entre elas, citam-se a tese de doutorado, a dissertação de mestrado, o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Para a realização de um trabalho acadêmico, além do conhecimento da metodologia científica e de técnicas de pesquisa e redação, é necessário considerar as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Entre elas, sobressaem-se:

RR A NBR 10520:2002 – “Informação e documentação – Citações em documentos – Apresentação”. Essa norma é apresentada neste capítulo.

RR A NBR 14724:2011 – “Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação”. Essa norma é vista neste capítulo.

RR A NBR 6023:2002 – “Informação e documentação – Referências – Elaboração”. Essa norma, que trata das referências bibliográficas e estabelece regras para compô-las, é vista pormenorizadamente no Capítulo 14.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

16 Edital e Recibo

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

16

Edital e Recibo

1 Redação

1.1 Edital

É um traslado, cópia autêntica de leis, decretos ou posturas para se publicar pela imprensa periódica ou por meio de afixação nos lugares públicos.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Pelo presente Edital, ficam convocados os senhores delegados dos Sindicatos filiados, membros do Conselho de Representantes desta Federação, que se encontram no gozo de seus direitos, observada a legislação vigente e as normas estatutárias aplicáveis, para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária, do dia . . . . de . . . . . . . . de 200X, na sede da entidade, sita na Av. . . . . . . . . . . . . . ., conjuntos . . . . ., São Paulo (SP), em observância aos termos do Edital de Convocação de eleições para escolha de Juízes Classistas e respectivos suplentes, do Tribunal Regional do Trabalho da II Região, publicado no DOE, no dia .

. . de . . . . . . . . . . de 200X.

São Paulo, . . . de . . . . . . . . . de 200X.

(a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

3 Cartas Comerciais

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

3

Cartas Comerciais

1 Redação

1.1 Conceito de correspondência

Correspondência é um ato que se evidencia pela troca de informação e se caracteriza pela emissão e recepção de mensagens. Em sentido especial, indica todas as formas de comunicação escrita que ligam indivíduos distantes com a finalidade de manterem uma troca de ideias. Mais estritamente, significa a série de afirmativas transmitidas por meio de cartas, telegramas, radiogramas, fonogramas, cartões, bilhetes, ou outros meios em que as pessoas que se encontram em lugares diferentes transmitem, reciprocamente, seus pensamentos.

Enfim, correspondência é um meio de comunicação escrita entre pessoas.

É o ato ou estado de corresponder, adaptar, relatar ou o acordo de uma pessoa com outra. É uma comunicação efetiva por meio de papéis, cartas ou documentos. Por ampliação de sentido, passou a designar todo o conjunto de instrumentos de comunicação escrita: bilhetes, cartas, circulares, memorandos, ofícios, requerimentos, telegramas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485581

20 Texto Expositivo-Argumentativo

Medeiros Grupo Gen PDF Criptografado

20

Texto

Expositivo-Argumentativo

1 Redação

1.1 Conceito de parágrafo argumentativo

Narração, descrição e dissertação são modalidades discursivas que em geral não se apresentam de forma pura. Elementos de uma e outra modalidade misturam-se no texto, podendo-se afirmar que há dominância de uma forma sobre outra. No discurso dissertativo, por exemplo, prevalecem a exposição de ideias e a apresentação de argumentos, mas não significa que nele não haja partes narrativas e descritivas.

Já foi apresentado neste livro que a dissertação é um tipo de discurso que veicula ideias, debates de pontos de vista, defesa de posições ou ataques a elas.

Um parágrafo argumentativo caracteriza-se como aquele em que há exposição de um raciocínio por meio do qual se tira uma consequência. Argumentar é demonstrar ou refutar uma ideia.

Chama-se argumento qualquer espécie de raciocínio formalizado e expresso. O raciocínio tanto pode ser dedutivo, como indutivo.

Ver todos os capítulos

Carregar mais