81 capítulos
Medium 9789724420141

Estagnação no campo aliado

Farago, Ladislas Grupo Almedina PDF Criptografado

IVEstagnação no campo aliadoEm marcado contraste com os cada vez mais desenvolvidos serviços secretos de Hitler, os países democráticos ou não tinham quaisquer serviços de informações dignos desse nome, ou mantinham algumas organizações muito reduzidas e em hibernação. Os serviços francês e britânico incluíam-se nesta última categoria. Na sua maior parte, subsistiam com orçamentos exíguos e respaldados no prestígio passado, com as inevitáveis consequências. Dito de forma franca, tanto os serviços secretos franceses como britânicos eram maus e completamente inadequados face aos desafios e exigências desses anos fatais.Em França, país que produzira Joseph Fouché, um dos chefes de espiões mais iníquos da História, a recolha de informações era um instrumento tradicional de poder, mas praticada como arte e não como ciência exata. Em sintonia com a organização caótica do governo francês e da burocracia predatória e invejosa dos seus f­ uncionários, a recolha de informações estava descentralizada e compartimentada. Cada serviço mantinha-se à parte dos outros e não aprovava nem a ligação nem a cooperação, com medo de que a ­concordância

Ver todos os capítulos
Medium 9788578680725

3. Do parlamentar ao juiz

CARVALHO, Julia Editora Manole PDF Criptografado

capítulo

3

iz u j o a r a rlament

do pa

até hoje de 1986

Cinco de outubro de 1988. Pela primeira vez na história do Brasil, estava a democracia plena, com todos os direitos individuais garantidos, instituída pela

Constituição:55

Art. 5º

III - Ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

IV - É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V - É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

IX - É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

55 Durante o Império e o período de 1945 a 1964, a liberdade de imprensa foi garantida, mas as diversões públicas ainda eram submetidas à ação da censura. A Constituição de 1988 foi a primeira a garantir a liberdade de expressão em todos os seus âmbitos.

51

XIV - É assegurado a todos o direito à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional.

Ver todos os capítulos
Medium 9789724420141

Os cavalos de Troia

Farago, Ladislas Grupo Almedina PDF Criptografado

VOs cavalos de TroiaNa alvorada da guerra, o coronel Piekenbrock fornecera à W­ ehrmacht todo o vasto conjunto de informações secretas militares de que esta precisava; no entanto, mesmo perante tanta abundância, o que Hitler sabia sobre os seus inimigos era incompleto – na verdade, fatalmente deficiente: a brilhante e caprichosa organização que era o serviço secreto alemão também tinha o seu calcanhar de Aquiles: era completamente inadequada na esfera vital das informações políticas.Função principalmente reivindicada pelo Ministério dos N­ egóciosEstrangeiros, era contudo usurpada pela organização de Heydrich e por duas agências semioficiais: o departamento pessoal do ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Ribbentrop (o tristemente célebreBüro Ribbentrop), e pelo Departamento dos Negócios E­ strangeiros(Aussenpolitisches Amt), o braço semidiplomático do Partido Nazi, chefiado de forma caprichosa por Alfred Rosenberg, o místico teórico do Partido e diplomata frustrado.

Ver todos os capítulos
Medium 9788530935863

Capítulo VII - A Organização Econômica e Social

COUTO, Jorge Grupo Gen PDF Criptografado

VII

A Organização Econômica e Social

1. A POPULAÇÃO

O tratamento da questão demográfica no Brasil quinhentista reveste-se de grande dificuldade devido às escassas referências constantes das fontes coevas, às contradições aí detectadas, bem como ao caráter pouco rigoroso dos métodos utilizados na recolha dos dados.

De entre os documentos disponíveis, selecionaram-se fundamentalmente tratados descritivos de natureza propangadística destinados a fomentar a ida de colonos para a Província de Santa Cruz ou informações gerais da autoria de jesuítas devido à sua estrutura mais sistemática e a conterem estimativas referentes à generalidade das capitanias.

As fontes utilizadas apresentam geralmente os cômputos demográficos relativos aos portugueses em termos de “vizinhos”. A conversão desta unidade em número de habitantes foi efetuada com base num índice de 5,5, dimensão média adotada a partir do cálculo apresentado por Anchieta que estabelece a equivalência aproximada de vizinhos a indivíduos: “... terá em toda sua comarca (Bahia) quase 2.000 vizinhos de portugueses, dos quais haverá 10 ou 12.000 pessoas...”1

Ver todos os capítulos
Medium 9788530935863

Anexos

COUTO, Jorge Grupo Gen PDF Criptografado

Anexos

Anexo A

As investigações de Haffer (1969) e Vanzolini (1970) sobre os padrões de distribuição da fauna na Amazônia, bem como de Journaux (1975) e Meggers (1976) sobre a flora, deram origem ao modelo dos refúgios. De acordo com a interpretação destes cientistas, as bordas dos planaltos das Guianas e Brasileiro e as encostas dos Andes serviram de refúgios às florestas e aos animais a ela adaptados durante as fases secas. Os vários retornos à tropicalidade possibilitaram o seu regresso à região amazônica, explicando, deste modo, a grande variedade de espécies botânicas e zoológicas que a povoam. Cfr. VANZOLINI, P. E.

Zoologia Sistemática, Geografia e a Origem das Espécies. São Paulo, 1970; JOURNAUX,

A. “Géomorphologie des bordures de l’Amazonie brésilienne: de modelé des versants; essai d’évolution páleo-climatique”: Bulletin de l’Association des Géographes Français (Paris),

52 (422-423), 1975. p. 5-19; MEGGERS, B. J. “Vegetacional fluctuation and prehistory cultural adaptation in Amazonia: some tentative correlations”: World Archaeology (Londres),

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos