76 capítulos
Medium 9788565848466

Soluções

Johan Hellsten Grupo A PDF Criptografado

Soluções

Posição 1

St.Nikolic-B.Ivkov

Sarajevo, 1967

1…♗e8!

Dirigindo-se para g6 a fim de tomar a diagonal b1-h7.

2 ♗g4 ♕b6+ 3 ♔h1 ♗g6 4 ♕b1 ♕c6 5

♕b5 ♕c8 6 ♖a2 ♗e4

O bispo é instalado em uma casa protegida. As Pretas não têm problemas.

Posição 2

J.Timman-V.Ikonnikov

Dieren, 2009

1 c4!

Liberando a grande diagonal para o bispo, onde não há contraparte preta.

1…♘c7 2 ♕c2 ♕e7 3 ♗e4!

A fim de tornar vulnerável a ala do rei das Pretas.

3…h6 4 ♗b2 ♘e8 5 ♘c1!

Dirigindo-se para b3, a fim de assediar o bispo de a5.

5…♕d7 6 ♗h7+ ♔h8 7 ♗f5 ♕c7 8 ♘b3

As Brancas têm uma clara vantagem.

Posição 3

E.Scholl-J.Timman

Campeonato Holandês

Leeuwarden, 1974

1…♗f8!

As Pretas preparam 2…♗h6 para melhorar o bispo passivo.

2 c3!

A partida continuou com 2 ♘c1? ♗h6

3 ♘d3 ♕c3 4 ♖de2 ♗d2!, e as Brancas abandonam.

2…♗h6

Após 2…bxc3 3 ♖c2, seguido por

Ver todos os capítulos
Medium 9788536306513

Capítulo 11. Os grandes mestres da estratégia

Yasser Seirawan Grupo A PDF Criptografado

XADREZ VITORIOSO: ESTRATÉGIAS

183

11

Os grandes mestres da estratégia

N

o xadrez, como na vida, cada jogador tem um estilo, algo distinto e pessoal.

Há os jogadores ofensivos, os defensivos e os posicionais ou estratégicos. Atualmente se espera que um grande mestre jogue bem em todas as situações, mas em geral o enxadrista se sobressai em apenas um desses estilos de jogo. No boxe, o público logo se apaixona pelo golpeador; no xadrez, a platéia está sujeita ao mesmo tipo de discriminação. Todos adoram o atacante impetuoso e as maravilhosas combinações produzidas por ele. No entanto, o grande mestre de estilo posicional é o que demonstra a mais profunda compreensão do xadrez.

Neste capítulo dedicaremos um pouco de nosso tempo aos seis maiores expoentes da estratégia. Cada um deles forneceu ao xadrez algo que enriqueceu a geração subseqüente de jogadores.

WILHELM STEINITZ

Nascido em Praga, em 1836, Wilhelm Steinitz mudou-se para Viena na juventude, encantou-se pelo xadrez e, em 1862, jogava xadrez profissional na Inglaterra, tendo passado a morar em Londres. Num estilo ofensivo, próprio de seus contemporâneos, o jovem Steinitz logo foi reconhecido como um dos melhores jogadores do mundo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536306513

Capítulo 8. O domínio territorial

Yasser Seirawan Grupo A PDF Criptografado

8

O domínio territorial

N

um jogo de xadrez, uma das aquisições mais importantes é ganhar espaço.

Parece que os bons jogadores estão sempre dispostos a lutar por mais espaço.

Assim como Karpov, sou um viciado em espaço, e qualquer grande mestre com inclinações posicionais acredita tanto quanto nós nas virtudes do território.

Ganhamos território pelo uso estratégico de nossos peões. Em geral, todas as casas atrás de nossos peões são consideradas como nosso espaço, a não ser que um peão inimigo possa atacá-las. No Diagrama 95, por exemplo, as casas marcadas com “x” e “�” são o território controlado. Numa rápida olhada, já percebemos que as brancas têm mais “�” atrás de seus peões do que as pretas; portanto, as brancas têm mais espaço em todas as três seções do tabuleiro (ala da Dama, centro e ala do Rei). No campo das brancas, as casas marcadas são plataformas seguras para o exército branco. No campo das pretas, as casas marcadas são as

únicas que as pretas possuem para suas próprias peças. Observe que as casas em que estão os peões não são consideradas território, apenas se tornando território quando os peões avançam. A casa-f4, por exemplo, tecnicamente não é uma casa

Ver todos os capítulos
Medium 9788536306513

Capítulo 4. Para onde levar as peças?

Yasser Seirawan Grupo A PDF Criptografado

XADREZ VITORIOSO: ESTRATÉGIAS

41

4

Para onde levar as peças?

P

ara onde levar as peças? Parece uma pergunta que envolve estratégia, não é?

Em geral todos os leitores deste livro sabem para onde podem mover as peças, e quase todos têm consciência de que a maioria das peças fica mais forte quando é colocada no centro do tabuleiro. Porém, saber como mover as peças não tem nada a ver com saber onde colocá-las. Para começar a entender essa questão, vamos examinar as necessidades específicas de cada peça e conhecer os princípios de sua movimentação. Na verdade, este capítulo pode ser considerado o mais importante do livro, pois a sutileza do que é ensinado aqui tem aplicação prática em quase todos os jogos. Portanto, depois de dominar essas informações, você estará vários passos à frente de grande parte dos outros competidores. Analisaremos uma peça de cada vez, a começar pelo Cavalo.

O CAVALO

O Cavalo é a única peça que pode saltar sobre outras peças e peões. Desde o início da história do jogo, essa peça move-se do mesmo modo, o que poderia levar o leitor a pensar que séculos de familiaridade teriam eliminado sua aura mística. Ao contrário! Número um na lista de preferências de Grandes Mestres (tais como

Ver todos os capítulos
Medium 9788536313634

Capítulo 9. Uma solução para a Abertura do Peão do Rei

Yasser Seirawan Grupo A PDF Criptografado

9

Uma solução para a

Abertura do Peão do Rei

D

epois de descobrir a solidez de “construir uma casa” no xadrez, fiquei inclinado a usar as mesmas formações contra a Abertura do Peão do Rei das brancas. Dessa vez, no entanto, achei a tarefa mais complicada do que na Abertura Barcza e na Defesa Índia do Rei (DIR). Com o tempo, aprendi a jogar a Defesa Pirc, a qual se tornou uma constante, e a uso até hoje. A ordem dos lances de abertura é muito importante para as pretas, já que um

único erro pode resultar em uma péssima partida.

Os lances de abertura são:

1.e4 d6

As pretas estão se dirigindo para a formação Barcza. A alternativa

1...Cf6 é a Defesa Alekhine, que iria provocar e4-e5 – uma ameaça que as pretas tentarão evitar.

2.d4

As brancas estabelecem um centro de peões clássico. As brancas certamente poderiam cogitar outras formações mais tranqüilas, mas essa é considerada a melhor.

2...Cf6

As pretas desenvolvem enquanto atacam o peão-e4.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos