30 capítulos
Medium 9788520429174

Anexos

Deonísio da Silva Editora Manole PDF Criptografado

Anexos

Relação dos livros proibidos

Abajur lilás: teatro — Plínio Marcos, Global Ed.

Abbey opens up — Andrew Laird

ABC do comunismo — Alexeyevich Evgeni Preobrazhensky

Actas tupamares: uma experiência de guerrilha urbana no

Uruguai

Adelaide, uma enfermeira sensual — Marilyn Monray, Cristal

Ed. (RJ)

Adoráveis gatinhas — René Clair

Ahnnn... — Camille La Femme

Aldeia da China Popular, Uma — Jan Myrdal

Aliciadora feliz, A — Xaviera Hollander

All juiced up — Veronica Ming

Alô sim... — Madame Claude

Amada amante — Ivonit Karystyse

Amado amante negro — June Warren, Publicações Sucessos

Literários

Amante amada — R. Barnes, Mek Ed. (SP)

292

Anexos

Amante de Kung Fu, A — Lee van Lee

Amante insaciável, O — James Garan

Amantes e exorcistas — Wesley Simon York

América Latina: ensaios de interpretação econômica — José Serra e outros

Amor a três — Brigitte Bijou

Ver todos os capítulos
Medium 9789898866349

V. TEMPVS DESTRVENDI

Gabriele D'Annunzio Grupo Almedina PDF Criptografado

vTEMPVS DESTRVENDI1Na loggia, a mesa tinha um ar alegre, com as porcelanas claras, os cristais azulinos, os cravos vermelhos, à luz doirada de um grande candeeiro fixo que atraía as borboletas noturnas errando no crepúsculo.– Olha, Giorgio, olha! Uma borboleta infernal! Tem olhos de diabo. Vê-los a luzir?Ippolita apontava para uma borboleta, maior que as outras, de aspeto estranho, coberta com uma espessa penugem loira, de olhos salientes que, contra a luz, brilhavam como dois carbúnculos.– Dirige-se para ti! Dirige-se para ti! Acautela-te! Riu estrepitosamente, divertindo-se com a atrapalhação instintiva que Giorgio costumava ter, quando um desses insetos queria tocá-lo.– Preciso de o agarrar! – exclamou ela com o entusiasmo de um capricho infantil.Preparou-se para apanhar a borboleta infernal, que, sem pousar, voejava à volta do candeeiro.– Que fúria! – disse Giorgio para a entusiasmar. – Mas não a agarras.– Hei de agarrá-la – replicou a teimosa, olhando-o no fundo dos olhos.

Ver todos os capítulos
Medium 9789898866349

III. O ERMO

Gabriele D'Annunzio Grupo Almedina PDF Criptografado

iiiO ERMO1Em carta de 10 de maio, Ippolita dizia:Finalmente, posso dispor de uma hora livre para te escrever com vagar. Há dez dias que o meu cunhado vai arrastando a sua dor, de hotel em hotel, à beira do lago, e ambas o acompanhamos como duas almas penadas. Não calculas a tristeza desta peregrinação. Eu  não posso mais, e espero a primeira oportunidade para me ir embora.Já encontraste o Ermo? As tuas cartas aumentam extraordinariamente a minha tortura. Sei o que sofres e adivinho que sofres mais do que podes exprimir. Daria metade do meu sangue só para ver se te convencia de que sou só tua, tua, tua, para sempre até à morte. Penso em ti, só em ti, constantemente, em todos os instantes da minha vida.Longe de ti, não encontro um minuto de bem-estar e de sossego. Tudo me indispõe e irrita. Quando terei a felicidade de estar junto de ti dias inteiros, de viver a tua vida? Verás que não serei a mesma. Serei boa, carinhosa, meiga. Farei por ser sempre igual, sempre discreta. Dir-te-ei todos os meus pensamentos, e tu dir-me-ás os teus. Hei de ser a tua amante, a tua amiga, a tua irmã, e, se me julgares digna disso, também a tua conselheira. Porque eu tenho uma intuição clara das coisas e nunca me enganei, um cento de vezes em que experimentei essa intuição. O meu cuidado único será agradar-te sempre, nunca ser um peso na tua vida. Em mim só hás de encontrar ternura e ­sossego…

Ver todos os capítulos
Medium 9786587017013

III O ÚLTIMO DIA DA MINHA VIDA

Deonísio Da Silva Editora Almedina PDF Criptografado

III

O ÚLTIMO DIA DA MINHA VIDA

“Transforma-se o amador na coisa amada,/ Por virtude de muito imaginar;/ Não tenho, logo, mais que desejar,/ Pois em mim tenho a parte desejada.”

É muito bom esse sistema de o leitor receber em domicílio o livro que não pediu. Nem todos os leitores sabem o que precisam ler, ficam indecisos, assim o Clube do Livro da Editora

Guanabara Koogan vai entregando os títulos que o editor ou os leitores escolheram. Não há risco de distribuir encalhes de livros imprestáveis, já que o senhor Koogan é muito criterioso na escolha dos originais a publicar.

Escritor é viciado em livros. Não apenas os escreve, mas os lê, ama, convive com eles como se fossem amigos. O melhor amigo do ser humano não é o cachorro, é o livro. O cachorro é submisso; o livro, não! O ex-amigo te ofendeu ou te traiu, o livro, não! Você pode abandoná-lo na estante, mas ele será sempre o mesmo e só mudará se você mudar antes de o ler, já que cada livro é outro a cada leitura. Escritor é assim: vai morrer hoje, mas morre pensando no seu vício.

33

Ver todos os capítulos
Medium 9786587017013

X SE AINDA HÁ VIDA AINDA NÃO É FINDA

Deonísio Da Silva Editora Almedina PDF Criptografado

X

SE AINDA HÁ VIDA AINDA NÃO É FINDA

“Da cintura pra cima estava pelada/ E da cintura pra baixo também/ Aquela que era o meu bem./

Ia sozinha à fonte a senhora/ Ia sozinha e nuinha/

E jamais se soube a hora/ Em que voltou sozinha/

Mas outro com ela vinha.” (Mistério! Esses versos não são de Camões. Só o autor deste livro sabe de quem são).

Jeremias aproxima-se da casa do professor a quem o delegado mandou que procurasse e trouxesse à presença dele.

O mestre mora num bairro bem arborizado, tendo as montanhas de guardiãs. Um pouco abaixo da casa corre um regato de

águas claras. Passarinhos cantam no quintal. Dois gatos estão sentados sobre uma espécie de mourão que serve de apoio à cancela. Um cachorro quieto apenas levanta as orelhas e abana o rabo à chegada de Jeremias. Na garagem, um fordeco de uns 15 anos de uso, ao lado do qual está uma bicicleta.

Jeremias bate palmas à entrada. Ninguém atende. Resolve abrir a cancela. O cachorro não se importa. Os gatos, menos

83

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos