21 capítulos
Medium 9788577805686

18 Citações para Refletir

Antônio Celso Mendes Webber Grupo A PDF Criptografado

230

Afinal, Onde Estão os Líderes?

• Quando perguntaram à Confúcio por que K’ung Tzu foi chamado de sábio, eis o que o mestre respondeu: “Ele era rápido e ávido por aprender: não teve vergonha de buscar o conselho daqueles que lhe eram inferiores em posição. É por isso que é chamado de sábio”. E acrescentou:

“Ainda estou para conhecer o homem que, ao ver os próprios erros, seja capaz de se criticar internamente”.

• O real prazer que o poder proporciona é o prazer da liberdade, que nos remete a uma das mais primitivas necessidades do ser humano, a de dominar a circunstância. (Antony Jay)

• É importante ser amado e temido; porém, é melhor ser temido que amado. (Nicolau Maquiavel)

• Se quereis conhecer um homem, dai-lhe poder. (Pítaco de Mitilene)

• A liderança é uma forma de poder na medida em que influencia, com a aceitação dos liderados, o direcionamento da visão. (Zaleznik e De Vries)

• É preciso que o poder, como a energia, flua pelas organizações. Pessoas que se relacionam com base na coerção ou na desconsideração criam energia negativa, campos negativos, e isso se manifesta na qualidade que produzem. O amor e o respeito são a fonte mais importante de poder, pois geram energia positiva, campos de qualidade que se espalham pelos campos do mercado, criando sucesso! (Margareth J. Wheatley)

Ver todos os capítulos
Medium 9788577805686

8 Motivação e Comprometimento

Antônio Celso Mendes Webber Grupo A PDF Criptografado

76

Afinal, Onde Estão os Líderes?

Com respeito à motivação, diz-nos Abrahan Maslow em seu diário: “Não existe o Nirvana. As pessoas são seres insaciáveis e imprevisíveis. Quanto mais recebem, mais querem” (Maslow, 2000)

Em romance de Charles R. Morris (2006) sobre a vida dos imigrantes, uma mãe relata por que, depois de ela e suas filhas estarem trabalhando, decidiu substituir os “trapos velhos” por toalhas normais e começar a adquirir pratos e talheres: (…) para que todos pudéssemos nos sentar à mesa ao mesmo tempo e comer como gente. (...) Nós nos acostumamos tão rápido

às toalhas normais que agora queríamos escovas de dentes. (...) Conseguimos escovas de dentes e passamos a desejar pó para escovar os nossos dentes, em vez de cinzas. E quanto mais tínhamos, cada vez queríamos mais coisas.”

No tocante ao comprometimento das pessoas, devemos tentar compreender as razões mais profundas que geram esse tipo de comportamento tão intenso. Que poder será esse exercido pelo comprometimento, em que os liderados não se importam em consagrar a própria vida à realização da visão proposta (afinal, comprometer-se é ir muito além da própria motivação)? Milhões de indivíduos ofereceram sua vida para concretizar a visão de propósitos comuns e dar-lhes sentido. Que resultante diferenciada será essa que promove o sucesso de algumas empresas e o desaparecimento de outras? É que a motivação e o comprometimento, embora de grande importância, nem sempre são totalmente compatíveis com o que se espera em termos de resultados.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577805686

7 A Visão Quadridimensional do Líder

Antônio Celso Mendes Webber Grupo A PDF Criptografado

64

Afinal, Onde Estão os Líderes?

não conseguir praticar a habilidade de compartilhar e construir a várias mãos aquilo que pretendiam atingir. Ou a capacidade de aventurar-se fora dos limites de seu mundo referencial. De explorar novos horizontes, ser um astronauta do desconhecido. De transformar seu time numa tripulação ao estilo Jornada nas Estrelas, do Capitão Kirk. A introdução da série televisiva nos ajuda a construir visões corajosas: “esta é a história da nave estelar

Enterprise, construída para cumprir a sua missão de cinco anos, visando pesquisar novos mundos e novas civilizações, audaciosamente indo onde nenhum ser humano jamais esteve.”

Essa é a coragem necessária para o sucesso em nossos dias. Visões claras, focadas, transparentes e apoiadas por todos. Nós sabemos que um líder só é líder verdadeiro quando a sua visão contempla benefícios comuns. É por isso que muitos líderes foram apoiados entusiasticamente ao longo da história. Nem tanto pela pessoa em si, mas principalmente pela sua visão de propósitos que faziam sentido para muitos liderados. Jan Carlzon, expresidente da companhia aérea escandinava SAS e introdutor de um revolucionário conceito de liderança, sublinha o árduo papel do líder visionário:

Ver todos os capítulos
Medium 9788577805686

19 A Questão do Feedback

Antônio Celso Mendes Webber Grupo A PDF Criptografado

238

Afinal, Onde Estão os Líderes?

Invariavelmente questionado por líderes em desenvolvimento nos seminários que conduzo e nas consultorias que presto sobre o conceito e os passos efetivos para o feedback de resultados, utilizo o presente capítulo para propor algumas reflexões e procedimentos.

Feedback: conceito, aplicação e coaching

O feedback é uma relação de ajuda mútua que se vale do intercâmbio de dados para tentar melhorar o desempenho e os relacionamentos profissionais tendo em vista a consecução de objetivos e metas comuns. Para que haja êxito no feedback, as barreiras à comunicação devem ser rompidas e estabelecida uma relação de confiança e segurança. A Figura 19.1 abaixo, exibe os passos necessários a um feedback de resultados.

Feedback: detalhamento dos passos aplicativos

Passo 1: O feedback que promove mudanças é aquele que é solicitado ou oferecido e aceito por quem vai ser alvo do processo. Caso não seja nem solicitado, nem aceito, todas as chances são de que não vá promover mudan-

Ver todos os capítulos
Medium 9788577805686

15 Estilos Eficazes de Liderança

Antônio Celso Mendes Webber Grupo A PDF Criptografado

Capítulo

15

Estilos Eficazes de Liderança

A melhor política gerencial é aquela adequada às exigências objetivas da situação. Há um tom fortemente pragmático nesta abordagem. Mas ela representa também a boa psicologia da Gestalt de Wertheimer e o estilo Katona, em que o melhor tipo de pensamento, a melhor solução para o problema, depende claramente de uma boa visualização da situação, de ser capaz de vê-la objetivamente, sem expectativas, sem pressuposições, sem nenhum pensamento a priori, mas simplesmente no sentido puro da palavra, objetivamente, da forma que um Deus provavelmente seria capaz de ver, sem ser determinado por preconceitos, medos, esperanças, desejos, vantagem pessoal ou qualquer coisa do tipo.

— (Maslow, 2000)

C

onsideremos, para efeito de definição do melhor estilo de gestão a ser adotado pelo líder, que ele possa ser equiparado a um moderno radar.

Afinal de contas, o verdadeiro líder é capaz de mapear as condições do ambiente (ambiência), definir a característica do objeto observado (maturidade), localizá-lo no espaço (desempenho) e traçar a melhor rota a seguir

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos