38 capítulos
Medium 9788520432006

7. Poluição das Águas

PHILIPPI JR., Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Focesi Editora Manole PDF Criptografado

Poluição das Águas

7

Lineu José Bassoi

Engenheiro civil, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo

Noções de Hidrologia

A gestão ambiental voltada para os recursos hídricos envolve duas di‑ mensões significativas: uma referente à quantidade de água e outra relacio‑ nada com a sua qualidade. Nesse sentido, convém observar que os elemen‑ tos químicos se deslocam na natureza pelo ar, pelo solo e pela água, e assim descrevem caminhos que são cíclicos. A manutenção desses caminhos é básica para o equilíbrio dos ecossistemas. Tais caminhos cíclicos são co‑ nhecidos como ciclos biogeoquímicos.

Entre os mais importantes estão os ciclos do nitrogênio, do fósforo, do carbono e da água. O caminho que a água descreve na natureza nada mais é do que o ciclo hidrológico, sendo este o grande veículo de transpor‑ te e de relações entre os demais ciclos descritos. A hidrologia é a ciência que estuda o comportamento, a ocorrência e a distribuição de água na natureza. Ocupa‑se a ciência da hidrologia da ocorrência e do movimento da água na Terra e acima de sua superfície. Trata das várias formas que ocorrem e da transformação entre os estados líquido, sólido e gasoso na atmosfera e nas camadas superficiais das massas terrestres. Dedica‑se tam‑ bém ao mar, que é a fonte e o reservatório de toda a água que ativa a vida do planeta.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520432006

26. Educação para o Ecodesenvolvimento: Monitoramento de Indicadores Socioambientais

PHILIPPI JR., Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Focesi Editora Manole PDF Criptografado

Educação para o

Ecodesenvolvimento:

Monitoramento de Indicadores

Socioambientais

26

Isabel Jurema Grimm

Bacharel em Turismo, Universidade Federal do Paraná

Carlos Alberto Cioce Sampaio

Administrador de empresas, Universidade Regional de Blumenau

Cristiane Mansur de Moraes Souza

Arquiteta e urbanista, Universidade Regional de Blumenau

Luzia Neide Coriolano

Geógrafa, Universidade Estadual do Ceará

A problemática ambiental tem gênesis no processo de expansão do modo de produção capitalista, com padrões tecnológicos que maximizam lucros em curto prazo gerando, além de impactos ambientais, efeitos econômicos, ecológicos e culturais desiguais na sociedade (Leff, 2006). O modelo de desenvolvimento excludente, com industrialização e diferentes processos produtivos e crescimento exponencial dos recursos tecnológicos produziu uma sociedade alicerçada na racionalidade instrumental individual, levada ao extremo, com lógica economicista, utilitarista e consumista

Ver todos os capítulos
Medium 9788520432006

37. Responsabilidade Social da Gestão e Uso dos Recursos Naturais: o Papel da Educação no Planejamento Ambiental

PHILIPPI JR., Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Focesi Editora Manole PDF Criptografado

Responsabilidade

Social da Gestão e Uso dos Recursos Naturais  o Papel da Educação no Planejamento

Ambiental

37

Marcos Reigota

Biólogo, Universidade de Sorocaba

Rozely Ferreira dos Santos

Bióloga, Unicamp

Nenhum planejamento de caráter ambiental se efetiva, verdadeiramente, sem a participação popular e sem uma forte proposta de educação ambiental.

Porém, para se atingir tais premissas, é necessário responder questões básicas essenciais, tais como: quais são os grupos sociais prioritários no processo de planejamento? Qual o conteúdo específico para cada grupo social? Qual o caminho metodológico? Quais são as estratégias adequadas para atingir tais propostas? Quais as estratégias de tempo e continuidade do processo?

Expressamos, neste capítulo, um conjunto de ideias que objetiva fornecer elementos para que as respostas possam ser dadas, por meio da apresentação de dois estudos de caso: “Reabilitação do Sistema Produtor Baixo Cotia” e

Ver todos os capítulos
Medium 9788520432006

6. Poluição Atmosférica

PHILIPPI JR., Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Focesi Editora Manole PDF Criptografado

Poluição Atmosférica

6

João Vicente de Assunção

Engenheiro químico e sanitarista, Faculdade de Saúde Pública – USP

Tadeu Fabrício Malheiros

Engenheiro civil e ambiental, Escola de Engenharia de São Carlos – USP

A poluição do ar acompanha o ser humano desde os mais remotos tempos, quando seus antepassados descobriram o fogo. O descobrimento do uso controlado do fogo talvez tenha sido sua primeira grande intervenção ambiental, pois, ao prover calor para seu conforto e proteção, gerava em seu abrigo uma atmosfera tóxica.

Estudos arqueológicos mostram que o uso do fogo nas cavernas oferecia maior risco de exposição aos homens pré-históricos, uma vez que se tratava de ambientes confinados (who, 1999).

Figura 6.1 – Uso do fogo como marco na his­tó­ria da civi­li­za­ção.

Fonte: Cepis (2003).

148

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

A partir da Revolução Industrial, em meados do século XVIII, com a introdução da máquina a vapor pelo inglês James Watt, deu-se início ao uso intensivo de combustíveis, passando-se da utilização da biomassa para o carvão mineral. Ocorreram também o incremento do uso de processos industriais, com a introdução da máquina de fiar e tecer, que substituiu parte da mão de obra, e o desenvolvimento do trem e do navio a vapor.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520432006

31. Intervenção em Saúde, Educação e Meio Ambiente

PHILIPPI JR., Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Focesi Editora Manole PDF Criptografado

Intervenção em

Saúde, Educação e

Meio Ambiente 1

31

Claudia Arneiro Gulielmino

Licenciada e Bacharel em Ciências,

Colégio Jardim São Paulo

Daniel Manchado Cywinski

Consultor em gestão, educação e comunicação ambiental

Mariana Ferraz Duarte

Engenheira Agrônoma,

Centro de Pesquisa e Documentação em Cidades Saudáveis

Paula Schimidt Guolo

Licenciada e Bacharel em Ciências,

Colégio Regina Mundi

Ricardo Pasin Caparrós

Biólogo, Centro Universitário Senac

Sandra Rodrigues Gaspar

Bióloga, Prefeitura Municipal de Santo André

Saúde, meio ambiente e educação ambiental

Em meados da década de 1970, dois importantes fatores deram origem, após muitas reflexões e discussões, à introdução de um novo conceito no campo da saúde proposto pelos canadenses. De um lado a insatisfação

1

Baseado em Gulielmino et al. (2000).

802

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos