53 capítulos
Medium 9788520430804

6 – Hierarquia

CHIAVENATO, Idalberto Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo

6

Hierarquia

Tópicos deste capítulo a Conceito e importância da autoridade a Origem da autoridade a Delegação de autoridade a Tipos de autoridade a Amplitude administrativa a Centralização e descentralização a Questões para revisão a Exercícios

Uma das consequências do princípio da divisão do trabalho

é a diversificação funcional dentro da organização. A pluralidade de funções imposta pela especialização exige o desdobramento da função de comando, cuja missão é dirigir todas as atividades para que estas cumpram harmoniosamente suas respectivas funções. Isso significa que, além de uma estrutura de funções especializadas, a organização precisa também de uma estrutura hierárquica para dirigir as operações dos níveis que lhe estão subordinados. Daí o princípio da hierarquia: o princípio escalar. Em toda organização formal existe uma hierarquia que divide a organização em camadas ou níveis de autoridade. Na medida em que se sobe na escala hierárquica, aumenta-se gradativamente o volume de autoridade do administrador11.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430705

Mas, o que é uma empresa, afinal?

CHIAVENATO, Idalberto Editora Manole PDF Criptografado

Parte II – Articulando recursos e competências

Mas, o que é uma empresa, afinal?1

De fato, as empresas são constituídas de recursos, os quais representam o aspecto material, concreto e visível de sua organização. Sua infraestrutura é constituída de prédios, máquinas, equipamentos, instalações, materiais e matérias-primas. Tudo isso, entretanto, é estático e sem vida própria.

Sabemos que as empresas são organismos vivos: elas nascem, crescem, desenvolvem-se, passam por transformações contínuas e até morrem. Mais do que isso, as empresas são inteligentes, pois são dotadas de pessoas que vivem, sentem, pensam e agem racionalmente. A inteligência da empresa decorre das pessoas que nela trabalham. Tão importantes quanto os recursos disponíveis são as maneiras pelas quais eles são utilizados pelas pessoas. De nada valem os recursos se não forem adequadamente utilizados, aplicados e geridos pelas pessoas. A empresa precisa identificar, localizar, desenvolver e aplicar suas competências essenciais. Esse é um dos principais papéis do administrador. Saber aplicar bem o que tem na empresa à sua disposição.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430705

Capítulo 5 – Quinto passo – Administração de marketing: saiba conquistar e manter o cliente

CHIAVENATO, Idalberto Editora Manole PDF Criptografado

capítulo 5

Quinto passo

Administração de marketing: saiba conquistar e manter o cliente

Tópicos

O mercado

A concorrência

A clientela

Marketing

Diferenciação

Posicionamento

Preço

Promoção e propaganda

Distribuição

Venda

Cotas de vendas

Para que servem as empresas? Apenas para produzir produtos ou serviços? Isso é muito pouco ou quase trivial. Qualquer empresa iniciante pode fazê-lo com tranquilidade. Na verdade, produtos e serviços (P/S) são produzidos para que o cliente os compre e utilize. O foco, portanto, não deve estar na produção em si nem no próprio P/S, mas no cliente que adquire e investe nos P/S produzidos pela empresa. É preciso olhar para fora da organização. É lá que está o cliente. O cliente é quem define o suces163

164

Parte II – Articulando recursos e competências

so ou o fracasso de um negócio, não o P/S em si. Fazer um bom produto ou prestar um serviço com excelência ajuda muito, sem dúvida. Essa é a tarefa básica da empresa. Mas, na verdade, é o cliente quem decide a compra. É nele que a empresa precisa pensar. Esse é o quinto passo de nossa jornada neste livro: saber conquistar e manter o cliente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788520430804

7 – Processos e cadeia de valor

CHIAVENATO, Idalberto Editora Manole PDF Criptografado

Capítulo

7

Processos e cadeia de valor

Tópicos deste capítulo a Os processos empresariais a Reengenharia de processos a A cadeia de valor a Benchmarking a Projetos a Questões para revisão a Exercícios

Em geral, costumamos visualizar as empresas sob o ponto de vista de suas funções básicas por meio do tradicional organograma, isto é, de suas áreas funcionais, como produção/operações, finanças, marketing, recursos humanos etc. Essa visualização é predominantemente vertical, uma vez que cada área funcional tem a sua hierarquia própria, indo desde o diretor da área e passando pelos gerentes e supervisores na cadeia escalar. Contudo, atravessando horizontalmente por baixo de todas essas áreas funcionais ocorrem os processos típicos de cada empresa, como produzir, comprar, vender, atender ao cliente etc.

Enquanto cada área funcional tem o seu proprietário ou dono principal – diretor ou executivo – os processos não possuem proprietários nem donos e dependem da atuação parcelada e segmentada de cada

Ver todos os capítulos
Medium 9788520437605

17. AS ORGANIZAÇÕES EM UM MUNDO EM CONSTANTE MUDANÇA E TRANSFORMAÇÃO

CHIAVENATO, Idalberto Editora Manole PDF Criptografado

CAPÍTULO 17

AS ORGANIZAÇÕES EM UM

MUNDO EM CONSTANTE

MUDANÇA E TRANSFORMAÇÃO

Objetivos de aprendizagem

•• Definir o macroambiente e o ambiente de tarefa das organizações.

•• Explicar como as organizações selecionam e percebem seus ambientes.

•• Apresentar as organizações como sistemas abertos.

•• Mostrar os efeitos da globalização nas organizações.

•• Abordar a eficácia organizacional em um mundo em mudança.

Caso introdutório:  mudanças na Cinemática

A Cinemática é uma empresa produtora de filmes para cinema e TV. Seus produtos – embora sejam basicamente filmes – são extremamente diversificados em termos de natureza e principalmente quanto ao conteúdo. Na verdade, cada filme é um filme e requer todo um conjunto diferente dos demais filmes:  autor, atores, diretor, pessoal de filmagem, pessoal de produção, redator, enredo, locais, figurino, música, sonoplastia e uma enorme sequência de integrantes que aparecem geralmente no final de cada filme.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos