29 capítulos
Medium 9788580550962

Capítulo 24 - Estabilizando a economia: O papel do federal reserve

Robert H. Frank; Ben S. Bernanke Grupo A PDF Criptografado

C A PÍ T U L O 2 4

ESTABILIZANDO A

ECONOMIA: O PAP EL

DO FEDERAL RESERVE

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Após ler este capítulo, você conseguirá:

1. Descrever a estrutura e as responsabilidades do Federal Reserve System.

2. Analisar como as alterações na taxa de juros real afetam os dispêndios agregados planejados e o nível de equilíbrio da produção no curto prazo.

3. Definir o que é uma regra de política monetária e relacionar este conceito com o papel do Fed na política de estabilização.

4. Mostrar como a demanda de moeda e a oferta de moeda interagem para determinar o equilíbrio da taxa de juros nominal.

5. Discutir como o Fed usa sua habilidade para controlar a oferta de moeda a fim de influenciar as taxas de juros nominal e real.

O

s participantes e comentaristas do mercado financeiro despendem bastante tempo tentando prever as ações do Federal Reserve. Durante algum tempo, o programa de notícias Squawk Box da CNBC noticiou com regularidade o que os analistas chamaram de Greenspan Briefcase Indicator (Indicador da Pasta de

Ver todos os capítulos
Medium 9788580550962

Capítulo 11 - Externalidades e direitos de propriedade

Robert H. Frank; Ben S. Bernanke Grupo A PDF Criptografado

C A PÍ T U L O 1 1

EXT E RNALIDADES

E DIREITOS DE

PROPRIEDADE

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Após ler este capítulo você conseguirá:

1. Definir as externalidades positivas e negativas, e analisar seu efeito na alocação de recursos.

2. Explicar como os efeitos das externalidades podem ser corrigidos.

3. Analisar por que o valor ótimo de uma externalidade não é igual a zero.

4. Caracterizar a tragédia dos comuns e mostrar como a propriedade privada é uma maneira de evitá-la.

5. Definir externalidades posicionais e seus efeitos, e mostrar como podem ser corrigidas.

U

m divertido anúncio de televisão, de uma marca britânica de tabaco para cachimbo, inicia com um cavalheiro de aparência distinta, sentado tranquilamente em um banco de jardim, fumando seu cachimbo e lendo um livro de poesia. Diante dele está uma lagoa calma, com uma mamãe pata nadando tranquilamente com seus patinhos. De repente, surge um grupo barulhento de adolescentes, com um navio de guerra controlado por controle-remoto. Gritando e dando gargalhadas, eles lançam seu barco e o manobram agressivamente na direção dos patos aterrorizados.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580550962

Capítulo 23 - Consumo e produção no curto prazo

Robert H. Frank; Ben S. Bernanke Grupo A PDF Criptografado

C A PÍ T U L O 2 3

CONSUMO E

PROD UÇ ÃO NO

CU RTO P RAZO

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Após ler este capítulo, você conseguirá:

1. Identificar os principais pressupostos do modelo keynesiano básico e explicar como ele afeta as decisões de produção das empresas.

2. Analisar os determinantes do investimento planejado e dos gastos agregados de consumo, e de como esses conceitos são usados para o desenvolvimento de um modelo de dispêndios agregadas planejadas.

3. Analisar, utilizando gráficos e números, como uma economia alcança o equilíbrio de curto prazo no modelo keynesiano básico.

4. Mostrar como uma alteração nas dispêndios agregadas planejadas pode causar uma alteração no produto de equilíbrio de curto prazo e como isso se relaciona ao multiplicador renda-gasto.

5. Explicar por que o modelo keynesiano básico sugere que a política fiscal é

útil como uma política de estabilização, e analisar as qualificações que surgem da aplicação da política fiscal em situações da vida real.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580550962

Capítulo 2 - Vantagem comparativa: A base para a troca

Robert H. Frank; Ben S. Bernanke Grupo A PDF Criptografado

C A PÍ T U L O 2

VA N TAGEM

COMPARATIVA:

A B ASE PARA A TROC A

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Neste capítulo, você vai conhecer a fundo ideias que ajudam a explicar padrões de troca observados no mercado. Essas ideias incluem:

1. O princípio da vantagem comparativa.

2. O princípio do custo de oportunidade crescente (também chamado de princípio de colher a fruta mais baixa).

3. Fatores que deslocam o menu de possibilidades de produção.

4. O papel da vantagem comparativa nos negócios internacionais.

5. Por que algumas funções são mais vulneráveis à terceirização do que outras.

D

urante um período como voluntário do Corpo de Paz na zona rural do

Nepal, um jovem naturalista econômico contratou um cozinheiro chamado

Birkhaman, vindo de um remoto vilarejo himalaio do vizinho Butão. Embora

Birkhaman praticamente não tivesse uma educação formal, era notavelmente criativo. Suas principais funções, como cozinhar e limpar a cozinha, eram executadas com perfeição. E ele também tinha outras habilidades: podia fazer telhados de sapê, abater cabras, consertar sapatos, trabalhar com estanho; era um ótimo carpinteiro, sabia costurar, consertar despertadores e também rebocar paredes. E era uma autoridade local em remédios caseiros.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580550962

Capítulo 26 - Política macroeconômica

Robert H. Frank; Ben S. Bernanke Grupo A PDF Criptografado

C A PÍ T U L O 2 6

POL ÍTIC A

M ACROECONÔMIC A

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Após ler este capítulo, você conseguirá:

1. Analisar os efeitos de curto e de longo prazo de uma política monetária anti-inflacionária.

2. Discutir as opções políticas disponíveis ao Fed em resposta a um choque de demanda agregada.

3. Discutir as opções políticas disponíveis ao Fed em resposta a um choque de oferta agregada.

4. Explicar os papéis desempenhados pelo núcleo de inflação, pelas expectativas inflacionárias ancoradas e pela credibilidade do banco central para manter a inflação baixa.

5. Descrever como a política fiscal pode afetar a demanda agregada e a oferta agregada.

6. Responder a pergunta: por que a política macroeconômica é tanto uma arte quanto uma ciência?

E

m 6 de outubro de 1979, o Federal Open Market Committee, o comitê de políticas econômicas do Federal Reserve, realizou uma reunião estranhamente secreta em um sábado. O presidente do Fed, Paul Volcker, talvez tenha convocado essa reunião em um sábado porque ele sabia que os mercados financeiros estariam fechados e assim não estaria apto a responder a qualquer “vazamento”

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos