62 capítulos
Medium 9788597017793

17 - Derivativos – Mercados Futuros

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

17

Derivativos – Mercados Futuros

Derivativos são instrumentos financeiros que se originam (dependem) do valor de um outro ativo, tido como ativo de referência. Um contrato derivativo não apresenta valor próprio, derivando-se do valor de um bem básico

(commodities, ações, taxas de juros etc.).

Há dois tipos de derivativos: a) financeiros – taxas de juros, moedas, ações e índices; b) não financeiros – petróleo, café, ouro, boi gordo, soja, açúcar, milho e outros ativos agropecuários, além de derivativos de energia e clima, como crédito de carbono, gás, energia elétrica etc.

Em vez dos próprios ativos serem negociados no mercado, os investidores apostam em seus preços futuros e, através de contratos assumem compromissos de pagamentos e entregas físicas futuras.

Esses ativos objetos dos contratos de derivativos devem ter seus preços livremente estabelecidos pelo mercado. As transações com derivativos são realizadas nos mercados futuros, a termo, opções, swaps etc.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017793

11 - Mercado Primário de Ações

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

11

Mercado Primário de Ações

À medida que a economia se expande, mais relevante se apresenta o sistema de distribuição de valores mobiliários como fator multiplicador da riqueza nacional. O sucesso dos investimentos produtivos está cada vez mais dependente da participação dos acionistas, cujos interesses de participação nos resultados impulsionam o crescimento das empresas.

As empresas têm diversas alternativas de financiamento, obtidas principalmente de empréstimos (capital de terceiros), geração e reinvestimentos de lucros e aporte de capital de acionistas. É por meio da participação dos proprietários que as empresas adquirem melhores condições financeiras de viabilização de seus projetos de investimentos, tanto pela natureza permanente da captação, como pelo baixo comprometimento do caixa.

A função básica do mercado de capitais é a de promover a riqueza nacional por meio da participação da poupança de cada agente econômico. Nesse mercado, os principais ativos negociados são as ações, representativos do capital das empresas. Este capítulo descreve o mercado de ações à vista, seus indicadores de mercado e avaliação, e o processo de abertura de capital das empresas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021868

8 Riscos das instituições financeiras

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen ePub Criptografado

O Capítulo 8 volta-se ao estudo do risco das instituições financeiras, abordando risco da variação na taxa de juros, risco de crédito, risco de mercado, risco cambial, risco operacional, risco soberano, risco legal e risco de liquidez.

No cenário de riscos, torna-se fundamental compreender o que é a assimetria de informações e como ela pode impactar o desempenho de empresas e as operações no mercado financeiro.

O processo de implantação de controles internos de qualidade promove melhoria da gestão corporativa, bem como a mitigação de riscos aos quais as empresas estão expostas no seu dia a dia. Mecanismos de governança corporativa são essenciais para se atingir tais objetivos.

Portanto, ainda são tratados no capítulo, risco moral, risco de compliance, a Lei Sarbanes-Oxley e o Acordo de Basileia.

1. Preencha as lacunas a seguir de acordo com os tipos de riscos incorridos atualmente pelas instituições financeiras bancárias:

• risco de crédito

Ver todos os capítulos
Medium 9788597017793

GLOSSÁRIO

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen PDF Criptografado

Glossário

A

Above the Market – Ordem de negociação com ações

(compra ou venda) com preço definido acima do de mercado.

Ação – Parcela representativa do capital social de uma sociedade.

Ação Ordinária – Ação que atribui ao seu titular direito de propriedade e voto em assembleias de acionistas.

Análise de Sensibilidade – Processo que visa mensurar a variação nos resultados de um investimento diante de alterações promovidas em suas variáveis mais relevantes.

Análise Fundamentalista – Processo de análise dos principais fundamentos econômicos e financeiros da empresa. Adota a hipótese da existência de um valor intrínseco para cada ativo.

Âncora Cambial – Estratégia de valorização da taxa de

Ação Preferencial – Ação que confere ao seu titular preferência no recebimento de dividendos sobre lucros e também no reembolso de seu valor nominal em caso de liquidação de ativos da sociedade. Este tipo de ação geralmente não tem direito a voto.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021868

11 Mercado primário de ações

ASSAF NETO, Alexandre Grupo Gen ePub Criptografado

O Capítulo 11 está direcionado ao estudo mais completo do mercado de ações, tratando dos conceitos gerais, formas de negociações e tipos de valores mobiliários, mercados primário e secundário, abertura de capital e os principais direitos dos acionistas.

Compreender as características das ações, o funcionamento do mercado no qual os valores mobiliários são negociados, e as vantagens e desvantagens de investir recursos no mercado acionário, torna-se fundamental para a correta avaliação dos títulos de renda variável por parte dos diversos investidores. Vale ressaltar que a legislação vigente no Brasil apresenta mecanismos de proteção aos direitos dos acionistas, em especial os minoritários.

Já por parte das empresas, também é essencial o conhecimento acerca do mercado de ações, bem como dos custos e riscos envolvidos com a negociação de títulos nesse mercado, para uma decisão eficiente em termos de captação de recursos por meio da abertura de capital.

1. Sobre o mercado de ações, assinale a alternativa incorreta:

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos