9 capítulos
Medium 9788521631279

Capítulo 7. Sequência Uniforme de Pagamentos

ALMEIDA, Jarbas Thaunahy Santos de Grupo Gen PDF Criptografado

Sequência Uniforme de Pagamentos

7

Este capítulo tem por objetivo apresentar as fórmulas utilizadas nas soluções de situações que envolvam uma sequência uniforme de valores monetários (pagamentos ou recebimentos), no regime de capitalização composta, além de mostrar suas aplicações por intermédio de exemplos numéricos.

7.1 Introdução

Como apresentam prestações iguais, as sequências uniformes são bastante comuns em operações comerciais, tal como financiamento de eletroeletrônicos e de veículos, além de empréstimos pessoais, entre outros. De acordo com Puccini (2004), essa modalidade de prestações (pagamentos ou recebimentos) é usualmente conhecida como Modelo Price, no qual todas as prestações possuem um mesmo valor. Os pagamentos e recebimentos são representados por PMT (Periodic Payment).

Quando o objetivo é constituir um capital em uma data futura (montante), por intermédio de sucessivos depósitos, tem-se um processo de capitalização. Caso contrário, quando se deseja pagar uma dívida, por intermédio de prestações, tem-se um processo de amortização. Cada depósito ou prestação é, comumente, chamado de termo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521631279

Capítulo 5. Desconto Composto

ALMEIDA, Jarbas Thaunahy Santos de Grupo Gen PDF Criptografado

Desconto Composto

5

A diferença fundamental entre os descontos compostos e os descontos simples refere-se à forma de capitalização do desconto.

Nos DESCONTOS SIMPLES, não há capitalização do desconto para cálculo do período seguinte, ou seja, o desconto é calculado em todos os períodos sobre o valor de origem (atual ou nominal).

Nos DESCONTOS COMPOSTOS, o desconto é capitalizado para cálculo do período seguinte, conforme o regime de capitalização composta.

5.1 Introdução

Em operações de DESCONTO COMPOSTO, as convenções adotadas são as mesmas do desconto simples.

Os elementos do desconto composto são:

  Valor nominal (N): também chamado de valor de face. É o valor do título apontado na data do vencimento.

  Valor atual (A): é o valor que foi negociado antes do vencimento ou simplesmente o valor recebido após a operação de desconto.

  Desconto (D): é a denominação dada ao abatimento que se faz quando um título de crédito é resgatado antes de seu vencimento. É o valor que se deduz do título ou compromisso pela antecipação de seu vencimento. Em outras palavras,

Ver todos os capítulos
Medium 9788521631279

Capítulo 4. Capitalização Composta

ALMEIDA, Jarbas Thaunahy Santos de Grupo Gen PDF Criptografado

Capitalização

Composta

4

O regime de juros compostos é o mais comum no sistema financeiro e, portanto, o mais útil para cálculos de problemas no dia a dia. Matematicamente, o cálculo a juros compostos é conhecido como cálculo exponencial de juros.

4.1 Introdução

O comportamento do regime de capitalização composta é equivalente a uma progressão geométrica (PG).

Albert Einstein (1879-1955), questionado certa vez sobre qual era a maior invenção da humanidade, afirmou: “O juro composto é a maior invenção da humanidade, porque permite uma confiável e sistemática acumulação de riqueza.”

A Tabela 4.1 demonstra a evolução de R$ 100,00 aplicados no regime de juros compostos a diversas taxas de juros e diferentes prazos.

Observe que se aplicarmos R$ 100,00 a uma taxa de 0,50 % ao mês por 60 meses, como no caso da caderneta de poupança, ao final do período poderemos resgatar a expressiva quantia de R$ 134,89. Agora, se deixarmos uma dívida de R$ 100,00 no cheque especial, a uma taxa de 10 % ao mês, teremos a quantia de R$ 30.448,16, como saldo devedor, após 60 meses. Você acredita nisso?

Ver todos os capítulos
Medium 9788521631279

Capítulo 8. Amortização de Empréstimos e Financiamentos

ALMEIDA, Jarbas Thaunahy Santos de Grupo Gen PDF Criptografado

Amortização de

Empréstimos e

Financiamentos

8

8.1 Introdução

Este capítulo apresentará os principais sistemas de amortização de empréstimos e financiamentos existentes no mercado, com destaque para quatro deles, a saber:

  Sistema de Amortização Francês (SAF);

  Sistema de Amortização Constante (SAC);

  Sistema de Amortização Misto (SAM);

  Sistema de Amortização Americano (SAA).

Os sistemas de amortização representam as diferentes sistemáticas disponíveis para o cálculo de juros e amortizações em séries financeiras.

   Amortização é o processo de extinção de uma dívida por intermédio de pagamentos periódicos.

8.2 Definições básicas

  Empréstimo: recurso financeiro que, em tese, não necessita ser justificado quanto à sua finalidade, como, por exemplo: cheque especial e CDC (Crédito Direto ao

Consumidor), entre outros;

  Financiamento: recurso financeiro que tem a necessidade de ser justificado quanto à sua finalidade, por exemplo: compra de um imóvel ou veículo, entre outros;

Ver todos os capítulos
Medium 9788521631279

Anexos

ALMEIDA, Jarbas Thaunahy Santos de Grupo Gen PDF Criptografado

Anexo

anexo.almeida.indd 159

A

07/03/16 11:56

160  Anexo A

Tabela de Contagem de Dias entre Duas Datas

Jan

Fev

Mar

Abr

Maio

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

1

32

60

91

121

152

182

213

244

274

305

335

2

33

61

92

122

153

183

214

245

275

306

336

3

34

62

93

123

154

184

215

246

276

307

337

4

35

63

94

124

155

185

216

247

277

308

338

5

36

64

95

125

156

186

217

248

278

309

339

6

37

65

96

126

157

187

218

249

279

310

340

7

38

66

97

127

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos