29 capítulos
Medium 9788597012903

8 - Modelo InvestFacil2.xls

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens Grupo Gen PDF Criptografado

8

Modelo InvestFacil2.xls

“A simplicidade é o último grau de sofisticação.”

Leonardo da Vinci

8.1 Apresentação

O objetivo principal da série Desvendando as Finanças consiste em apresentar os conceitos de Finanças Empresariais de forma simples e aplicada. Conforme apresentado no capítulo inicial do livro, diversos recursos complementares a este e a outros livros da série podem ser encontrados no site ).

Um dos recursos mais interessantes disponíveis no site consiste na planilha InvestFacil2.xls, criada para facilitar a aplicação das diferentes técnicas apresentadas no decorrer deste livro, como os parâmetros envolvidos na estimativa de fluxos incrementais e as técnicas disponíveis para a avaliação de investimentos.

Aviso importante

O site apresenta diversos recursos complementares para este livro.

Para ter acesso aos textos complementares, apresentações, planilhas e, principalmente,

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019834

12 Custos para Decisão

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens Grupo Gen ePub Criptografado

“É nos momentos de decisão que o seu destino é traçado.”

Anthony Robbins

Os procedimentos empregados, de modo geral, na análise de custos nascem da aplicação direta das normas e princípios da Contabilidade, que possuem o propósito maior do registro do patrimônio. Na gestão empresarial, porém, a ênfase deve estar baseada nas decisões tomadas e seus efeitos subsequentes. Nem sempre rotinas e procedimentos contábeis mostram-se adequados ao auxílio dos processos de tomada de decisões.

Das diferentes formas empregáveis na classificação de custos, uma coloca a possibilidade de classificá-los como custos evitáveis e inevitáveis em relação à decisão analisada. Custos inevitáveis, também denominados de custos irrecuperáveis ou custos afundados, são os de recuperação impossível, como o próprio nome já revela. Geralmente, devem ser isolados das análises, já que não são afetados pelas decisões empresariais.

Outro ponto importante na análise do processo de formação dos custos, em função das diferentes composições dos gastos com os volumes processados, diz respeito ao estudo da associação que existe entre custos, volumes e lucros. Em relação à divisão dos gastos entre fixos e variáveis, informações relevantes ao processo de tomada de decisões e análise dos riscos corporativos podem ser calculadas por meio dos pontos de equilíbrio contábil, financeiro e econômico, além das margens de segurança.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019834

7 Custeio por Ordens de Produção

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens Grupo Gen ePub Criptografado

“Não, não tenho um caminho novo; o que tenho de novo é o jeito de caminhar.”

Thiago de Mello

Quando o processo produtivo de uma empresa não é homogêneo, isto é, quando diferentes produtos ou serviços são elaborados e comercializados, o emprego de um sistema de custeio por processo isolado dificultaria o processo de gestão de custos e de preços. Já que diferentes são as encomendas e pedidos atendidos, a melhor forma de gestão envolveria o emprego de um sistema que permitisse a gestão e o acompanhamento individual dos pedidos colocados, processados e vendidos.

Este capítulo possui o objetivo de caracterizar e justificar o emprego do custeio por ordem de produção, sugerido para processos produtivos com características heterogêneas. São discutidos e ilustrados os principais fatos associados à apuração de custos por ordens de produção. Para melhor assimilação dos conceitos, além dos exemplos, são oferecidos, discutidos e propostos diversos exercícios.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597019834

10 Custos da Produção Conjunta

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens Grupo Gen ePub Criptografado

“Quanto mais aumenta nosso conhecimento, mais evidente fica nossa ignorância.”

John Kennedy

Processos de produção conjunta ocorrem quando uma empresa fabrica diferentes produtos com base em um mesmo conjunto de matérias-primas. Nessas situações, podem ser produzidos e comercializados diferentes tipos de coprodutos e subprodutos. Os processos podem gerar resíduos com baixo e incerto valor de mercado que, eventualmente, podem ser também comercializados.

Na elaboração dos diferentes resultados da produção conjunta, a entidade deve escolher um grupo de critérios para a avaliação dos custos incorridos. Geralmente, os critérios possíveis implicam a distribuição de custos com base nos valores de mercado, volumes produzidos ou lucros iguais.

Este capítulo possui o objetivo de discutir os custos associados aos processos de produção conjunta, destacando os efeitos e procedimentos em custos e preços de coprodutos, subprodutos e sucatas.

Quando uma empresa elabora diferentes produtos com base em um mesmo conjunto de matérias-primas, surge o problema relativo à composição dos custos desses diferentes produtos. Processos de produção conjunta podem estar presentes tanto em processos contínuos como em produção por encomenda.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597012903

6 - Análise de taxas

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens Grupo Gen PDF Criptografado

6

Análise de taxas

“Não podemos dirigir o vento.

Mas podemos ajustar as velas.”

Anônimo

6.1 Objetivos do capítulo

Uma das mais empregadas alternativas para a análise de projetos de investimentos consiste na verificação da taxa de remuneração do capital investido. Diferentes alternativas estão disponíveis, como a taxa interna de retorno, a taxa interna de juros e a taxa externa de retorno.

Este capítulo apresenta e discute a aplicação de técnicas de análise de investimentos com base em taxas de retorno.

6.2 Taxas de rentabilidade do capital investido

Outra forma de analisar projetos de investimento consiste no estudo das taxas de retorno resultantes do capital investimento. Três opções de taxas podem ser calculadas para analisar projetos de investimento: a taxa interna de retorno, a taxa interna de juros e a taxa externa de retorno.

6.2.1 Taxa Interna de Retorno

Uma análise mais cuidadosa do valor presente líquido revela que, à medida que o custo de capital aumenta, menor a soma dos fluxos de caixa na data zero. Um exemplo prático pode ser visto por meio dos cálculos dos valores presentes líquidos para diferentes estimativas de custo de capital do projeto apresentado a seguir.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos