41 capítulos
Medium 9788597013146

9 - Gestão de Projetos,

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Grupo Gen PDF Criptografado

9

Gestão de Projetos

OBJETIVOS De aprendizagem

»» Entender as origens e a importância da gestão de projetos em produção e operações;

»» Saber definir e organizar adequadamente um projeto;

»» Entender o conceito e ser capaz de definir a estrutura analítica do trabalho em projetos (WBS);

»» Entender os principais conceitos e técnicas do planejamento, da programação e do controle de projetos;

»» Ser capaz de utilizar as técnicas conhecidas como PERT e CPM na gestão de projetos.

Correa-Correa.indb 235

7/4/17 11:06 AM

236

Capítulo 9

9.1 INTRODUÇÃO

Imagine a seguinte situação: você acaba de chegar de uma reunião com seu vice-presidente em que recebeu a fantástica notícia de que, devido a seu desempenho recente, foi selecionado, entre vários possíveis candidatos, para liderar um projeto especial, do qual muito depende a própria sobrevivência do negócio. Suas emoções, durante a discussão com o vice-presidente, variaram de lisonja, orgulho, euforia, quando caiu em si quanto ao grau de confiança que estava sendo depositado em você, passando a ansiedade, preocupação, medo e, agora, descendo o elevador do prédio da administração central, tem a impressão de que o medo está no limiar do pânico.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597013771

7 - Previsões e Gestão de Demanda em Produção e Operações

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 7

Previsões e Gestão de

Demanda em Produção e Operações

Objetivos de aprendizagem

■■ Compreender a importância das previsões e seu impacto na qualidade das decisões tomadas em produção e operações

■■ Saber descrever e justificar os erros mais frequentemente encontrados em processos de previsão de vendas e de demanda nas organizações

■■ Entender o efeito do horizonte de previsão nos erros esperados de previsão e o efeito “consolidação de riscos” (risk pooling), assim como sua importância no projeto e gestão de sistemas de previsão

■■ Entender como funciona um bom processo de previsão, que inclui métodos quantitativos e qualitativos de previsão

■■ Ser capaz de aplicar vários métodos de previsão quantitativos e qualitativos, de curto, médio e longo prazo, a situações práticas

■■ Ser capaz de entender e utilizar métodos e processos de avaliação e melhoramento de previsões de venda

Correa-Correa.indb 179

8/22/17 10:38 AM

Ver todos os capítulos
Medium 9788597013771

14 - Teoria das Restrições em Redes de Operações

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 14

Teoria das Restrições em

Redes de Operações

Objetivos de aprendizagem

■■ Conhecer os conceitos da Teoria da Restrições e seu possível impacto na gestão de capacidade e desempenho das operações

■■ Entender como a Teoria das Restrições altera o ponto de vista segundo o qual tradicionalmente se analisavam operações e quais as implicações disso para a gestão de operações

■■ Entender os princípios da Teoria das Restrições e como podem ser usados na gestão de operações de bens físicos e de serviços

■■ Entender o funcionamento e o processo decisório da Teoria das

Restrições em relação à programação e ao controle de operações

Correa-Correa.indb 357

8/22/17 10:38 AM

[ 358 ]  Capítulo 14

14.1 Introdução

Este capítulo vai mudar a forma com que você enxerga as operações, a gestão de capacidade de sistemas de operações e o tornará um observador muito mais crítico de sistemas de filas e fluxos de pessoas, materiais e informações. Será apresentado o conceito da “Teoria das Restrições” (TdR), que prega que a gestão de qualquer sistema de agregação de valor deveria prestar especial atenção aos recursos “gargalos” ou os recursos de menor capacidade. Serão apresentados os princípios da TdR e se discutirá como aplicá-los a situações práticas. Mas é importante que você inicie por tentar resolver um problema. Imagine-se na seguinte situação: você tem de apoiar uma tomada de decisão sobre a compra ou não da fábrica de produtos Lucrando Ltda. Os produtos feitos pela

Ver todos os capítulos
Medium 9788597013771

16 - Gestão de Estoques na Rede de Operações

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo 16

Gestão de Estoques na

Rede de Operações

Objetivos de aprendizagem

■■ Compreender a importância estratégica que a gestão de estoques tem, não apenas em empresas de manufatura, mas também nas que prestam serviços

■■ Entender os motivos pelos quais é frequente se encontrarem operações que consideram seus níveis de estoque inaceitavelmente altos e, ao mesmo tempo, seus níveis de serviço logístico ao cliente inaceitavelmente baixos

■■ Saber identificar as causas-raízes do surgimento de estoques indesejáveis e saber dimensionar níveis estrategicamente adequados dos vários tipos de estoque em sistemas de operações

■■ Entender a diferença entre demanda dependente e demanda independente e sua implicação para a gestão de estoques

■■ Conhecer o potencial e as limitações e saber aplicar métodos, técnicas e modelos de gestão de estoques: ponto de reposição e revisão periódica

■■ Conhecer os erros mais frequentes encontrados na prática de gestão de estoques nas empresas e como corrigi-los

Ver todos os capítulos
Medium 9788597013146

18 - MRP – Cálculo de Necessidade de Materiais na Rede de Operações,

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Grupo Gen PDF Criptografado

18

MRP – Cálculo de Necessidade de Materiais na Rede de Operações

OBJETIVOS De aprendizagem

»» Entender o valor do uso do sistema MRP para itens de demanda dependente no planejamento e controle de componentes de processos produtivos;

»» Ser capaz de definir estruturas de produtos (também chamadas árvores de produto) para itens manufaturados e entender a importância da qualidade das informações para o uso do MRP;

»» Entender as variáveis intervenientes e formulações envolvidas no dimensionamento de parâmetros do MRP: estoques de segurança, lotes e lead times;

»» Entender a lógica e ser capaz de usar as técnicas de “explosões de necessidades brutas”, o “escalonamento de necessidades no tempo” e os “cálculos de necessidade líquida”, importantes para o MRP;

»» Saber interpretar e tomar decisões baseadas em informação disponibilizada pelo MRP nos chamados “registros básicos”.

Correa-Correa.indb 469

7/4/17 11:06 AM

470

Capítulo 18

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos