32 capítulos
Medium 9788521634515

12 - Titulações com EDTA

HARRIS, Daniel C. Grupo Gen PDF Criptografado

12

Titulações com EDTA

TERAPIA DE QUELAÇÃO E TALASSEMIA

Símbolos

O

N

HN

O

NH

O

O

Fe

O

O

O

N

Porcentagem de sobreviventes

O

= Fe

=O

=N

=C

N

CH3

NH2

Ferrioxamina B

O

O

N

C

Transfusão e desferrioxamina

100

?

80

Somente transfusão

60

40

Sem tratamento

20

0

0

Grupo hidroxamato

Estrutura cristalina da ferrioxamina E

10

20

30

Idade (anos)

As estruturas mostram o complexo de ferro‑ferrioxamina B e a estrutura cristalina do composto relacionado, a ferrioxamina E, no qual o quelato apresenta uma estrutura cíclica. O gráfico mostra o sucesso de transfusões e transfusões mais terapia de quelação. [Estruturas cristalinas gentilmente cedidas por M. Neu, Los Alamos National Laboratory, baseadas em informações de D. Van der Helm e M. Poling, J. Am. Chem. Soc. 1976, 98, 82. Gráfico de P. S.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634515

8 - Atividade e o Tratamento Sistemático do Equilíbrio

HARRIS, Daniel C. Grupo Gen PDF Criptografado

8

Atividade e o Tratamento

Sistemático do Equilíbrio

ÍONS HIDRATADOS

Número estimado de moléculas de

água de hidratação

Número de moléculas de

H2O firmemente ligadas

Molécula

CH3CH2CH3

C6H6

CH3CH2Cl

CH3CH2SH

CH3—O—CH3

CH3CH2OH

(CH3)2C5O

CH3CH5O

CH3CO2H

CH3C≡N

O

0

0

0

0

1

1

1,5

1,5

2

3

CH3CNHCH

CH3NO2

CH3CO—

2

CH3NH2

CH3SO3H

NH3

CH3SO—

3

NH14

4

5

5

6

7

9

10

12

De S. Fu e C. A. Lucy, “Prediction of

Electrophoretic Mobilities”, Anal. Chem.

1998, 70, 173.

Li+

Be2+

Fe2+

CO32–

F–

Mg2+

Fe3+

SO42–

Cl–

Raio iônico

Na+

Raio de hidratação

K+

Ca2+

NO–3

CIO4–

Br –

Rb+

Sr2+

NH4+

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634515

19 - Aplicações da Espectrofotometria

HARRIS, Daniel C. Grupo Gen PDF Criptografado

19

Aplicações da Espectrofotometria

BIOSSENSORES DE TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA DE RESSONÂNCIA DE FLUORESCÊNCIA

Transferência de energia de ressonância de fluorescência

600 nm

Análogo do analito ligado ao braço flexível

510 nm

510 nm

Analito

Elemento de biorreconhecimento tal como um anticorpo

Distância muito grande para a transferência de energia

Sem fluorescência

Braço flexível

Substrato

Absorvedor de energia radiante (doador)

Diminuição da fluorescência

Emissor de energia radiante (receptor)

0

10

20

30

40

50

Concentração de analito (TNT, mg/L)

A resposta do biossensor para o TNT

é um decréscimo na fluorescência em função do aumento da concentração do analito. [Dados de I. L. Medintz, E. R.

Goldman, M. E. Lassman, A. Hayhurst,

A. W. Kusterbeck e J. R. Deschamps,

“Self‑Assembled TNT Biosensor

Based on Modular Multifunctional

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634515

23 - Introdução às Separações Analíticas

HARRIS, Daniel C. Grupo Gen PDF Criptografado

23

Introdução às Separações Analíticas

O LEITE FAZ UM BEBÊ SAUDÁVEL

Glicerofosfolipídios e diacilgliceróis

Resposta do detector

Esfingomielinas

Ácidos graxos (saturados e insaturados)

Lipídios esteroides

Triacilgliceróis e

ésteres do colesterol

Monoacilgliceróis

Vitamina E

Vitamina A

5

Colesterol

10

15

20

25

30

35

40

45

Tempo (min)

Separação por cromatografia líquida de fase reversa de extrato de leite materno com detecção por espectrometria de massas por ionização electrospray positiva. [Dados de A. Villaseñor, I. García-Perez, A. García, J. N.

Posma, M. Fernándes-Lopez, A. J. Nicholas, N. Modi, E. Holmes e C. Barbas, “Breast Milk Metabolome Characterization in a Single-Phase Extraction, Multiplatform Analytical Approach,” Anal. Chem. 2014, 86, 8245.]

A Organização Mundial de Saúde recomenda que a alimentação dos bebês com até seis meses de idade seja feita exclusivamente por meio do leite materno. O estudo descrito aqui busca identificar biomarcadores no leite materno associados ao desenvolvimento e à saúde do bebê. O leite materno

Ver todos os capítulos
Medium 9788521634515

15 - Eletrodos e Potenciometria

HARRIS, Daniel C. Grupo Gen PDF Criptografado

15

Eletrodos e Potenciometria

SEQUENCIAMENTO DO DNA POR CONTAGEM DE PRÓTONS

DNA

Poço com diâmetro de 1,3 µm

OH

H+

A

Esfera

C

T

A

G

G

A

T

C

T

A

A

G

C

A

T

C

T

Transistor de efeito de campo sensível ao H+ no poço

A Base nucleotídica

Açúcar desoxirribose

Fosfato

O sequenciador Ion Torrent mede o íon H liberado cada vez que uma base (A, T, C ou

G) se liga a uma cadeia de DNA em crescimento fixada a uma microesfera contida em um micropoço. Veja o Apêndice I para a química da replicação do DNA. [Informação de

J. M. Rothberg et al., “An Integrated Semiconductor Device Enabling Non‑Optical Genome

Sequencing”, Nature 2011, 475, 348.]

©

1

Poços gravados em uma cobertura superficial isolante

Porta de

Ta2O5 sensível ao pH do transistor de efeito de campo

A fonte do transistor e o dreno estão na camada de Si abaixo das paredes

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos