12 capítulos
Medium 9788521620501

Capítulo Dez - Investimentos em Montanhas-russas

DAMODARAN, Aswath Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo Dez

Investimentos em

Montanhas-russas

Avaliação de Empresas Cíclicas e de Commodities

Qual era o valor da Toyota Motors em 2007, quando a economia global estava em bonança e a empresa era lucrativa? E qual era a situação dois anos depois, no auge de uma recessão? Caso se espere alta dos preços do petróleo, em quanto subirá a cotação das ações da Exxon

Mobil? A incerteza e a volatilidade são fatores endêmicos nas avaliações, mas as empresas cíclicas e de commodities estão sujeitas a volatilidade ainda maior, por força de fatores externos – altos e baixos da atividade econômica e movimentos dos preços das commodities. Mesmo as empresas maduras que atuam em setores cíclicos e de commodities apresentam lucros e gerações de caixa voláteis, fazendo com que os investimentos nelas mais pareçam montanhas-russas.

Neste capítulo, examinamos dois grupos de empresas. O primeiro inclui empresas cíclicas, de setores como habitação e automóveis, cujos lucros acompanham o crescimento geral da economia. O segundo abrange empresas de commodities, produtoras de mercado-

Ver todos os capítulos
Medium 9788521620501

Capítulo Dois - Ferramentas do Ofício

DAMODARAN, Aswath Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo Dois

Ferramentas do Ofício

Valor no Tempo, Risco e Estatística

Será que é melhor comprar Google (GOOG), empresa que não paga dividendos agora mas que tem grande potencial de crescimento e envolve grande incerteza sobre o futuro, ou Altria (MO), empresa que paga altos dividendos com perspectivas de crescimento limitadas e de receitas estáveis? Será que a Altria está barata, em comparação com outras empresas do setor de fumo? Para fazer essas estimativas, é preciso comparar os fluxos de caixa hoje com os fluxos de caixa no futuro, avaliar como o risco afeta o valor e ser capaz de lidar com grande quantidade de informações. As ferramentas para tal são fornecidas neste capítulo.

Tempo É Dinheiro

As ferramentas simples em finanças geralmente são as mais poderosas. A noção de que um real hoje é preferível a um real no futuro é bastante intuitiva para ser compreendida pela maioria das pessoas sem o uso de modelos matemáticos. Os princípios do valor presente

Ver todos os capítulos
Medium 9788521620501

Capítulo Três - Todos os Ativos Têm Valor Intrínseco

DAMODARAN, Aswath Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo Três

Todos os Ativos Têm Valor

Intrínseco

Determinando o Valor Intrínseco

Suponha que você seja um investidor que pretenda investir na 3M

(MMM), empresa fornecedora de ampla variedade de produtos para escritórios e para organizações em geral. Com base nas informações disponíveis sobre a empresa, você estima a geração de caixa esperada a ser produzida por esse investimento e avalia o grau de risco dessa geração de caixa. A conversão dessas expectativas em estimativa do valor da 3M é o foco deste capítulo.

Avaliar a Empresa ou Apenas o Patrimônio

Líquido?

Nas avaliações baseadas em fluxos de caixa descontados, desconta-se ou traz-se a valor presente os fluxos de caixa por meio de taxa de desconto ajustada ao risco. No contexto de avaliação de empresas, uma abordagem é avaliar todo o negócio, abrangendo tanto os ativos

Damodaran Cap 03.indd 33

2/13/12 9:38 PM

existentes quanto os ativos de crescimento; esse é o método em geral denominado avaliação do empreendimento ou da empresa. A outra abordagem é concentrar-se na avaliação apenas do patrimônio líquido, ou capital próprio. A Tabela 3.1 mostra as duas abordagens, em termos de itens do balanço financeiro apresentado no Capítulo 2.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521620501

Capítulo Oito - Apocalipse

DAMODARAN, Aswath Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo Oito

Apocalipse

Avaliação de Empresas em Decadência

Na década de 1960, a General Motors (GM) era a locomotiva que tracionava a economia dos Estados Unidos, mas em 2009 era uma empresa em dificuldade financeira, às voltas com o risco de falência. A Sears

Roebuck (SHLD), empresa que inventou as vendas de varejo por reembolso postal, vem fechando lojas nos últimos anos, enquanto seus clientes mudam para concorrentes. Quando começam a envelhecer e a perder mercado, as empresas entram na fase final do ciclo de vida, que é o declínio. Embora os investidores e os analistas em geral as evitem, essas empresas podem oferecer oportunidades de investimento de longo prazo para investidores com estômago resistente.

As empresas em crescimento acelerado não querem se tornar empresas maduras e as empresas maduras constantemente tentam redescobrir suas raízes de crescimento. Ao mesmo tempo, nenhuma empresa madura quer entrar em decadência, com a consequente perda de lucratividade e de valor. Assim, como diferenciar entre empresas maduras e empresas decadentes? As empresas decadentes geralmente apresentam pouco potencial de crescimento, e mesmo seus ativos existentes geralmente geram retornos mais baixos que o seu custo do

Ver todos os capítulos
Medium 9788521620501

Capítulo Nove - Quando se Trata de Bancos

DAMODARAN, Aswath Grupo Gen PDF Criptografado

Capítulo Nove

Quando se Trata de Bancos

Avaliação de Instituições Financeiras

Ao longo de décadas, os bancos e as seguradoras têm sido exaltados como bons investimentos para investidores avessos ao risco e amantes de dividendos. Invista no Citigroup (CITI) e na American Insurance Group (AIG) e seu investimento estará seguro. Argumentava-se que essas empresas não só pagavam dividendos vultosos e constantes, mas que também eram estáveis. A crise bancária de 2008 revelou que mesmo empresas reguladas podem ser negligentes na assunção de riscos. Ainda que algumas dessas empresas sejam bons investimentos, os compradores devem fazer o dever de casa, avaliando a sustentabilidade dos dividendos e os riscos subjacentes.

As instituições financeiras se enquadram em quatro grupos, dependendo de como produzem receitas. Os bancos ganham dinheiro com o spread entre os juros que pagam aos fornecedores de fundos, ou credores, e os juros que cobram dos tomadores de fundos, ou devedores, assim como das tarifas que recebem por outros serviços prestados aos depositantes e investidores. As seguradoras têm duas fontes de receita. Uma são os prêmios pagos pelos compradores de apólices de seguro, e a outra são os rendimentos produzidos pelas carteiras de

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos