18 capítulos
Medium 9788541203753

15 Vias Eferentes

SCHMIDT, Arthur Georg; PROSDÓCIMI, Fábio César Grupo Gen PDF Criptografado

15

Vias Eferentes

Fábio C. Prosdócimi  Cristiano Schiavinato Baldan Â

Fernanda Lopes de Freitas Condi  Marcelo Betti Mascaro

As vias eferentes são uma corrente de neurônios na qual o impulso nervoso originado em um centro de associação do sistema nervoso central

(SNC) é conduzido ao órgão efetuador (responsável pela resposta, geralmente um ­músculo).

As vias eferentes classificam-se em vias eferentes da motricidade somática e vias eferentes da motricidade autônoma (ver Capítulo 11).

  Vias eferentes da motricidade somática 

Constituem os sistemas motores:

• Reflexo

• Piramidal (voluntário)

• Extrapiramidal.

O efetuador são os ­músculos esqueléticos comuns aos 3 sistemas. Os centros de associação constituem a grande diferença entre esses 3 sistemas motores, que diferem, portanto, pelo nível de organização.

O centro de associação do sistema motor reflexo está na medula e, por isso, é um centro segmentar. O centro de associação do sistema motor extrapiramidal encontra-se nos núcleos da base, no tronco encefálico e no diencéfalo, sendo, portanto, um centro suprassegmentar. O centro de associação do sistema motor piramidal (voluntário) está no córtex cerebral; logo, é um centro de associação cortical.

Ver todos os capítulos
Medium 9788541203753

3 Diencéfalo

SCHMIDT, Arthur Georg; PROSDÓCIMI, Fábio César Grupo Gen PDF Criptografado

3

Diencéfalo

Arthur Georg Schmidt  Cristiano Schiavinato Baldan 

Mauricio Correa Lima

Originado embriologicamente do prosencéfalo, o diencéfalo, junto com o telencéfalo, constitui a porção central do cérebro. Os hemisférios cerebrais são formados pelo telencéfalo e envolvem praticamente todo o diencéfalo, menos sua superfície ventral, que é parte do hipotálamo e limitada, anteriormente, pelo quiasma óptico e pelos tratos ópticos e, lateralmente, pelos pedúnculos cerebrais.

Um denso feixe de fibras denominado fórnice, que tem origem na formação hipocampal do lobo temporal e termina nos corpos mamilares, recobre sua superfície posterior. Lateralmente, a cápsula interna, uma densa faixa de fibras que liga o córtex cerebral ao tálamo e a outras partes do sistema nervoso, limita o diencéfalo.

Entre suas partes direita e esquerda, existe um espaço denominado terceiro ven­trículo, atravessado, em cerca de 70% dos encéfalos, pela aderência intertalâmica, uma união de substância cinzenta entre os tálamos direito e esquerdo. O liquor entra no terceiro ven­trículo, através dos forames interven­tricu­lares, a partir dos ven­trículos laterais, e sai pelo aqueduto do mesencéfalo, por onde alcança o quarto ven­trículo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788541203753

4 Tronco Encefálico

SCHMIDT, Arthur Georg; PROSDÓCIMI, Fábio César Grupo Gen PDF Criptografado

4

Tronco Encefálico

Juliana Paula Venites  Lara C. Picoli Marcondes de Amaral 

Luciana Escanoela Zanato  Monica Rodrigues de Souza

Na prática clínica dos profissionais de saú­de, é cada vez mais frequente o gerenciamento de pacientes portadores de patologias relacionadas com o tronco encefálico. Isso porque, com o avanço das técnicas médicas, os pacientes que antes faleciam, hoje, sobrevivem e necessitam de cuidados interdisciplinares.

São quadros marcantes, sobretudo quando não há lesão cerebral e o paciente compreende todas as limitações que enfrenta em seu dia a dia.

Essas limitações incidem não somente no estado físico do paciente, mas também em sua dinâmica psicológica, afetando negativamente sua qualidade de vida e a da sua família.

O tronco encefálico localiza-se entre a medula espinal e o diencéfalo, anteriormente ao cerebelo. Nele, encontramos agrupamentos de neurônios denominados núcleos e fibras nervosas, os quais são chamados de tratos, fascículos ou lemniscos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788541203753

9 Vascularização do Sistema Nervoso Central | Drenagem

SCHMIDT, Arthur Georg; PROSDÓCIMI, Fábio César Grupo Gen PDF Criptografado

9

Vascularização do Sistema

Nervoso Central | Drenagem

Andréa Beatriz Bonsi  Rosana Cristina Boni

  Drenagem venosa do encéfalo 

Os capilares do tronco encefálico e do cerebelo drenam o sangue para as veias, que o levam para os seios venosos na dura-máter. O sangue, então, segue para as veias jugulares internas, que acabam recebendo praticamente todo o sangue do encéfalo. Sendo assim, as veias do encéfalo não seguem as artérias e são mais calibrosas. Devido ao fato de o leito venoso ser maior do que o arterial, a circulação venosa é mais lenta e apresenta pressão mais baixa. As veias encefálicas têm parede fina com pouca

­musculatura; por isso, outros elementos auxiliam na regulação ativa da circulação nas veias, como:

• Pulsação das artérias próximas

• Força da gravidade, que facilita o retorno venoso, não sendo necessária nem a presença de válvulas nas veias do encéfalo

• Aspiração da cavidade torácica.

As veias do encéfalo podem ser divididas em 2  grupos: o das veias cerebrais e o das veias cerebelares.

Ver todos os capítulos
Medium 9788541203753

Glossário | Termos Neuroanatômicos e Etimologia

SCHMIDT, Arthur Georg; PROSDÓCIMI, Fábio César Grupo Gen PDF Criptografado

Glossário

Termos Neuroanatômicos e Etimologia*

  A 

Abducente – ab (longe) + ducere (conduzir)

Acessório – accessorius/accedere (acrescentar)

Aferente – afferre (trazer para) = ad (perto) + ferre (trazer)

Ambíguo – ambo (os dois lados) + agere (dirigir)

Amigdaloide – amygdalé (amêndoa) + oidés (em forma de)

Anastomose – anastomosis (através das bocas ou das entradas) = ana

(através de) + stoma (boca, entrada)

Aqueduto – aqua (água) + ductus (condução, traçado)/ducere (conduzir, guiar)

Aquoso – aquosus (aquoso, úmido)

Aracnoide – arachné (aranha ou sua teia) + oidés (em forma de)

Arqueado – arcuatus (arqueado)

Árvore – arbor (árvore)

Árvore da vida – arbor (árvore) + vitae (da vida)

Asa – agere (agir)

Ascendente – ascendere (elevar, subir)

Audição – auditus (audição)

Auditivo – audire (ouvir)

Autônomo – autos (próprio, o mesmo) + nómos (regra)

  B 

Bainha – vagina (estojo, como o de uma espada)

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos