9 capítulos
Medium 9788527718622

3 ASPECTOS TÁTICOS DO FUTEBOL

CUNHA, Sergio Augusto; MOURA, Felipe Arruda; CASTELLANI, Rafael Moreno; BARBIERI, Fábio Augusto; SA Grupo Gen PDF Criptografado

Aspectos Táticos do Futebol

3

Ações táticas defensivas individuais

Escolha pela ação a ser realizada

Ações táticas defensivas coletivas

Tipos de marcação

Linha de impedimento

Cobertura e flutuação

Compactação

Ações táticas ofensivas individuais

Escolha pela ação a ser realizada

Imprevisibilidade

Movimentação constante

Ações táticas ofensivas coletivas

Tipos de saídas de jogos

Contra-ataque

Dispersão e infiltrações

Jogadas a partir de bola parada

Sistemas de jogo

Treinamento tático para equipes iniciantes, intermediárias e de alto nível

Equipes iniciantes

Equipes intermediárias

Treinamento tático para alto nível

Métodos e técnicas para análise do sistema de jogo e táticas ofensivas

Considerações finais

Referências

Para que uma comissão técnica consiga melhor estruturar e preparar sua equipe ou compreender a equipe adversária, após uma partida ou competição, é necessário que aspectos táticos, técnicos, físicos e psicológicos sejam bem avaliados e estudados.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527718622

5 ASPECTOS FISIOLÓGICOS E DE TREINAMENTO FÍSICO

CUNHA, Sergio Augusto; MOURA, Felipe Arruda; CASTELLANI, Rafael Moreno; BARBIERI, Fábio Augusto; SA Grupo Gen PDF Criptografado

Aspectos Fisiológicos e de

Treinamento Físico

5

Treinamento das capacidades físicas

Resistência aeróbia e anaeróbia

Treinamento de força

Treinamento de velocidade

Treinamento de flexibilidade

Treinamento de coordenação

Tipo de treinamento por posição

Técnicas de avaliação do desempenho físico

Testes de laboratório

VO2máx

Testes de força

Teste de velocidade máxima

Teste de flexibilidade

Testes de campo

Considerações finais

Referências

No proces­so de desenvolvimento do organismo humano, ocor­rem mudanças morfo­ lógicas, funcionais e nervosas ­que interferem no proces­so de adaptação ao treinamento das capacidades motoras. As­sim, o proces­so biológico de desenvolvimento das capacida­ des motoras é representado pela adaptação dos órgãos e dos sistemas ­que determinam o rendimento, tendo como resultado da adaptação a modificação do nível funcional das estruturas e dos sistemas orgânicos do jogador de futebol. As modificações morfológi­ cas e funcionais, contudo, estão estreita­mente relacionadas com os componentes das cargas de treinamento e com as circunstâncias da competi­ção (Gomes e Souza, 2008).

Ver todos os capítulos
Medium 9788527718622

6 ASPECTOS BIOMECÂNICOS

CUNHA, Sergio Augusto; MOURA, Felipe Arruda; CASTELLANI, Rafael Moreno; BARBIERI, Fábio Augusto; SA Grupo Gen PDF Criptografado

Aspectos Biomecânicos

6

Análise das habilidades

O chute

Cinemática do chute

Dinâmica do chute

O ar­remes­so lateral

Análise do deslocamento de jogadores de futebol

Métodos para registro do deslocamento de jogadores

Considerações finais

Referências

A biomecânica é definida como o estudo das forças e suas in­fluên­cias nos seres vivos (Hay, 1985; Grimshaw et al., 2006). A mecânica ainda pos­sui duas subdivisões, conhecidas como cinemática e dinâmica (Grimshaw et al., 2006). En­quanto a cinemática se preocupa em descrever o movimento dos corpos a partir de uma perspectiva espacial e temporal, sem referência com as forças ­que causam o movimento, a dinâmica é o estudo das forças como causa do movimento. As­sim, informações cinemáticas sobre o movimento incluem considerações de deslocamento, velocidade e aceleração dos corpos. Por outro lado, dados sobre todas as forças ­que causam o movimento são fornecidos através da dinâmica (Hay, 1985; Enoka, 1994;

Ver todos os capítulos
Medium 9788527718622

CONCLUSÃO

CUNHA, Sergio Augusto; MOURA, Felipe Arruda; CASTELLANI, Rafael Moreno; BARBIERI, Fábio Augusto; SA Grupo Gen PDF Criptografado

Conclusão

É fato que o futebol é a principal modalidade esportiva praticada no Brasil e em muitos países do mundo inteiro. A afinidade que esse esporte possui com o brasileiro

é tão grande que se costuma dizer que já faz parte de nossa cultura. Assim, basta sair nas ruas, principalmente de bairros de periferia, que é possível ver crianças brincando de futebol, descalças, muitas vezes chutando algo que nem mesmo é uma bola, sorrindo e aproveitando ao máximo aquele momento de diversão.

Porém, o que nos preocupa é o fato de que, com o crescimento dos grandes centros urbanos, o aumento da violência e a atratividade da era dos computadores e videogames, muitas dessas brincadeiras estão deixando de existir, e atualmente já é possível encontrar crianças que gostam de futebol mas não conhecem brincadeiras tradicionais que sempre foram praticadas nas ruas.

Pais e mães, preocupados com a segurança de seus filhos, preferem matriculá-los em escolas de futebol a deixá-los brincar na rua. No entanto, o que infelizmente essas crianças encontram nesses locais, na maioria das vezes, são atividades rígidas, repetitivas e longe dos princípios do lazer e da diversão. Isso faz com que a criança naturalmente deixe de gostar do esporte e por fim saia da escola sem aprender a jogar. Nesse ponto é comum ouvirmos leigos afirmarem então que futebol não se ensina, pois o bom jogador já possui um “dom”.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527718622

7 ASPECTOS ORGANIZACIONAIS E GERENCIAIS

CUNHA, Sergio Augusto; MOURA, Felipe Arruda; CASTELLANI, Rafael Moreno; BARBIERI, Fábio Augusto; SA Grupo Gen PDF Criptografado

Aspectos Organizacionais e Gerenciais

7

Relação treinador-jogador e profes­sor-aluno

Planejamento das atividades

Gerenciamento de e­quipes

Patrocínio e marketing

Organização de competi­ções

Referências

A organização e gerência no futebol surgiram junta­mente com a modalidade.

No entanto, inicial­mente esses aspectos não foram muito enfatizados, e as e­quipes e órgãos organizadores não tiveram preocupações com os aspectos extracampo.

Com as mudanças ocor­ridas no futebol, como divulgação, envolvimento financeiro e status mundial do futebol, os aspectos organizacionais e gerenciais foram enfatizados, e atual­mente são o car­ro-chefe de ­qual­quer e­quipe de alto nível, bem como nas categorias de base e na iniciação.

O principal fato ­que fez aumentar a preocupação com esse aspecto foi o surgimento do mercado consumidor de espetáculos esportivos, ­que está ligado à popularização de sua prática (Bourdieu, 1983). A popularização da prática fez com que aumentas­se o lucro com o futebol e criou bases para a consolidação da indústria do espetáculo. Por isso, é neces­sária a preocupação, principal­mente no alto nível, com alguns fatores ­que envolvem o aspecto financeiro e, conse­quente­mente, com os aspectos organizacionais e gerenciais, como torcedores, contratos, consumidores, mídia, campeonatos, logomarca, entre outros.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos