25 capítulos
Medium 9788536308999

16 RESTAURAÇÕES DE RESINA COMPOSTA DIRETA EM DENTES ANTERIORES

Conceição, Ewerton Nocchi Grupo A PDF Criptografado

322 |

capítulo 16

RESTAURAÇÕES DE RESINA COMPOSTA DIRETA EM DENTES ANTERIORES

INTRODUÇÃO

A existência de alterações nos dentes anteriores, como as causadas por lesão de cárie, traumatismo, má formação, mau posicionamento no arco dental, restaurações deficientes, distúrbios oclusais, normalmente gera um prejuízo estético significativo nos pacientes. Aliadas a esse prejuízo estético, freqüentemente existem alterações funcionais1. Com a evolução dos sistemas adesivos e das resinas compostas fotopolimerizáveis, é possível solucionar um número cada vez maior de situações clínicas de alterações nos dentes anteriores de forma bastante rápida, com menor custo e preservando mais estrutura dental hígida.

Isso porque a técnica de condicionamento ácido de esmalte e dentina associada ao uso de sistemas adesivos permite limitar ao máximo o preparo dental nessas situações, geralmente necessitando apenas remover a alteração já existente2. O progresso nas formulações dos compósitos atuais, incluindo melhora das propriedades físicas e aumento das opções de cores, possibilita ao profissional obter resultados bastante interessantes e previsíveis quando há necessidade de restaurar dentes anteriores3. Antigamente, as opções de materiais restauradores diretos para dentes anteriores eram bastante limitadas. O cimento de silicato apresentava baixa resistência mecânica, alta solubilidade, pobre resultado estético e necessitava de retenções mecânicas para ficar retido na cavidade preparada.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536308999

10 RESTAURAÇÕES DE AMÁLGAMA

Conceição, Ewerton Nocchi Grupo A PDF Criptografado

180 |

capítulo 10

RESTAURAÇÕES DE AMÁLGAMA

INTRODUÇÃO

CLASSIFICAÇÃO

Uma questão que certamente o leitor pode estar se fazendo neste momento é “qual o motivo de escrever um capítulo sobre restaurações de amálgama em um livro cujo título é Dentística: saúde e estética?”

Apesar da evolução significativa das técnicas e dos materiais restauradores estéticos, não podemos desconsiderar alguns aspectos importantes relativos às restaurações de amálgama, tais como a grande experiência clínica com esse material, sua facilidade de manipulação e o baixo custo1. Portanto, certamente o amálgama continuará a representar uma alternativa de tratamento restaurador em dentes posteriores em muitos países.

É essencial que o profissional despreze uma visão apaixonada entre a seleção e a utilização de restaurações de amálgama ou materiais restauradores estéticos em dentes posteriores, pois a atuação em dentística é muito mais abrangente do que essa simples indicação clínica. A análise cuidadosa tanto em relação ao perfil do paciente e de suas necessidades de tratamento quanto ao local de atuação e ao treinamento prévio do profissional é importante na definição do tratamento restaurador.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536308999

22 LAMINADO CERÂMICO

Conceição, Ewerton Nocchi Grupo A PDF Criptografado

480 |

capítulo 22

LAMINADO CERÂMICO

INTRODUÇÃO

A redução na incidência de cárie verificada atualmente devido à adoção de medidas de promoção de saúde, aliada ao progresso dos materiais adesivos estéticos, tem provocado uma reconsideração na atuação da dentística. O papel fundamental do dentista é proporcionar saúde bucal a seus pacientes e restituir a função, quando necessário.

No entanto, uma estética agradável é considerada cada vez mais como um referencial de saúde e sucesso nos dias atuais. Esse aspecto é facilmente compreendido quando observamos o efeito psicológico e de auto-estima que uma melhor aparência estética representa em uma sociedade extremamente competitiva, estando relacionada a uma melhor perspectiva de oportunidades sociais e até profissionais. Isso transcende a área odontológica, pois verificamos que a busca por um resultado estético mais favorável influencia os hábitos alimentares e de vida da maioria das pessoas, além de provocar o surgimento constante de técnicas cosméticas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536308999

17 FACETA DIRETA DE RESINA COMPOSTA

Conceição, Ewerton Nocchi Grupo A PDF Criptografado

358 |

capítulo 17

FACETA DIRETA DE RESINA COMPOSTA

INTRODUÇÃO

CLASSIFICAÇÃO

A evolução dos sistemas adesivos e das resinas compostas fotopolimerizáveis têm propiciado o desenvolvimento de diversas técnicas restauradoras adesivas estéticas menos invasivas, com o objetivo de reparar alterações de cor, forma ou posição dental que prejudiquem o equilíbrio estético e/ou funcional1.

Dentre essas alternativas está a confecção de faceta direta de resina composta que consiste na aplicação e escultura de uma ou mais camadas deste material sobre a superfície do dente, para favorecer principalmente um melhor resultado estético.

A realização de facetas diretas de resina composta permite ao profissional controlar e avaliar o procedimento restaurador desde a seleção da cor até o estabelecimento da morfologia final. Este tipo de restauração pode ser geralmente confeccionado em uma única sessão clínica. Por requerer pouco ou até mesmo nenhum desgaste do dente, a faceta direta de resina composta representa uma alternativa restauradora menos invasiva e de menor custo em comparação com a coroa ou o laminado de porcelana2.

Ver todos os capítulos
Medium 9788536308999

20 MATERIAIS RESTAURADORES INDIRETOS

Conceição, Ewerton Nocchi Grupo A PDF Criptografado

428 |

capítulo 20

MATERIAIS RESTAURADORES INDIRETOS

INTRODUÇÃO

A contínua evolução dos sistemas adesivos tem possibilitado um aumento significativo das alternativas restauradoras disponíveis atualmente. Aliado a esse fato, os materiais restauradores, em particular a porcelana e a resina composta, também experimentaram uma melhora considerável em suas propriedades mecânicas, ópticas e características de manipulação1. Paralelamente a esses desenvolvimentos, ocorreu também uma evolução dos materiais de moldagem com a popularização cada vez maior de materiais como as siliconas de adição, condensação e poliéter, que facilitam a técnica de moldagem e apresentam propriedades superiores aos elastômeros mais tradicionais, no caso as mercaptanas2. Graças ao desenvolvimento dos compósitos, houve a introdução dos cimentos resinosos que, além de apresentarem propriedades superiores às dos cimentos de fosfato de zinco e ionômero de vidro, permitem a obtenção de uma união química com o sistema adesivo aplicado tanto sobre a superfície do dente quanto do material restaurador.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos