48 capítulos
Medium 9788577260669

21. Diamond Chemicals plc (B): os projetos Merseyside e Roterdã

Bruner, Robert F. Grupo A PDF Criptografado

CasO

21

Diamond Chemicals plc (B): os projetos Merseyside e Roterdã

James Fawn, vice-presidente executivo do Grupo Químico Intermediário (GQI) da

Diamond Chemicals, encontrou-se com seu analista de Finanças, John Camperdown, para rever duas propostas mutuamente exclusivas de investimento de capital. O orçamento da empresa seria submetido à aprovação do conselho diretor no começo de fevereiro de 2001, e quaisquer projetos propostos por Fawn ao GQI teriam de ser enviados em breve ao presidente da Diamond Chemicals para análise. Gerentes de fábrica em

Liverpool e Roterdã enviaram propostas de gastos independentes que visavam a expandir a produção de polipropileno de suas respectivas fábricas em 7%.1 A equipe de análise estratégica da Diamond Chemicals argumentou de forma incansável que um aumento de 14% na produção de polipropileno não fazia sentido algum, mas, sim, metade desse valor. Portanto, Fawn não poderia aceitar os dois projetos; ele deveria indicar apenas um para ser aprovado pelo conselho diretor.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577260669

45. Estruturação da aquisição da YPF S.A. (A) pela Repsol

Bruner, Robert F. Grupo A PDF Criptografado

CasO

45

Estruturação da aquisição da YPF

S.A. (A) pela Repsol

A Repsol procurará negociar com a YPF para encontrar a melhor maneira de integrar as duas empresas.

—Repsol S.A.1

Foi um choque para Alfonso Cortina, chefe-executivo da Repsol, ser tratado com frieza na sua primeira reunião com os líderes da YPF... A empresa argentina, sob a liderança de Roberto Monti, parecia determinada a resistir aos esforços do senhor Cortina para iniciar as atividades de integração entre as duas companhias.2

No início de abril de 1999, o presidente e chief executive officer (CEO) da Repsol,

Alfonso Cortina, refletia sobre os motivos da resistência da YPF às suas propostas de aquisição. A Repsol era a companhia petrolífera dominante na Espanha e, em reservas, a 13a maior empresa petrolífera do mundo. À procura de reservas petrolíferas e de vantagens em larga escala, Cortina adotou a estratégia de adquirir instalações petrolíferas por toda a

América Latina. Começou por adquirir a Yacimientos Petroliferos Fiscales S.A. (YPF), quando o governo argentino anunciou a venda de seu bloco de ações da empresa. A YPF era a maior companhia petrolífera da Argentina e a 12a do mundo em reservas. A direção da YPF recusou negociar uma aquisição amigável, sendo assim, para confirmar a posse sobre a empresa argentina, Alfonso Cortina precisou apelar diretamente para os acionistas com uma proposta de compra de ações. Esse tipo de proposta é um evento muito raro nas fusões cross-border e aquisições (M&A), especialmente entre economias desenvolvidas ou em desenvolvimento. Era muito importante para a direção da Repsol que os acionistas da

Ver todos os capítulos
Medium 9788577260669

10. Deutsche Brauerei

Bruner, Robert F. Grupo A PDF Criptografado

CasO

10

Deutsche Brauerei

No começo de janeiro de 2001, Greta Schweitzer chegou à Deutsche Brauerei1 para participar de sua primeira reunião do conselho de diretores. Ela entrara no conselho recentemente por ordem de seu tio, o diretor-presidente da companhia. Lukas Schweitzer havia-lhe dito que o conselho se beneficiaria da experiência financeira dela em atacar algumas questões que apareceriam em um futuro próximo, mas não foi específico quanto

à natureza dessas questões. A companhia era propriedade de 16 tios, tias e primos da família Schweitzer. Greta recebera um MBA de uma conhecida escola de negócios e trabalhara nos seis anos anteriores como oficial de empréstimos comerciais para um grande banco em Frankfurt, Alemanha. Com a permissão do banco, ela concordou em entrar para o conselho da Deutsche Brauerei.

A agenda para a reunião dos diretores em janeiro consistia de três itens: (1) aprovação do orçamento de 2001, (2) declaração do dividendo trimestral e (3) adoção de um esquema de compensação para Oleg Pinchuk, o gerente de vendas e marketing da companhia. Como sabia pouco sobre a empresa, Greta decidiu visitá-la antes da primeira reunião do conselho.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577260669

35. Especulação verde-e-amarela: operações cambiais e governança corporativa

Bruner, Robert F. Grupo A PDF Criptografado

CasO

35

Especulação verde-e-amarela: operações cambiais e governança corporativa

A crise dos subprimes ocorrida nos Estados Unidos em julho de 2007 foi o estopim de uma crise financeira e econômica que ocorreu em 2008, de proporções jamais vistas desde a crise de 1929, que também afetou a economia global. A crise de 2008 afetou instituições financeiras no mundo, reduziu drasticamente a liquidez do mercado e, conseqüentemente, a oferta de crédito para as empresas. Mas também ampliou enormemente a volatilidade do mercado, principalmente nos fatores de risco como câmbio, taxa de juros, preços de commodities, entre outros.

No Brasil, o dólar comercial de venda vinha seguindo uma trajetória descendente desde

22 de outubro de 2002, quando era cotado a 3,9552 R$/US$, e atingiu em 1o de agosto de

2008 a cotação de 1,5593 R$/US$ (conforme dados do Banco Central do Brasil). Porém, com a grande saída de dólares do mercado brasileiro por conta dos investidores internacionais, que precisavam aumentar sua liquidez em razão das perdas que tiveram nos seus países, além do crescente medo de uma recessão mundial, o real foi desvalorizado fortemente em pouco tempo; 17,1% somente no mês de setembro de 2008, 10,5% no mês de outubro e 35% no período de agosto a outubro de 2008.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577260669

13. Nike, Inc.: custo de capital

Bruner, Robert F. Grupo A PDF Criptografado

CasO

13

Nike, Inc.: custo de capital

Em 5 de julho de 2001, Kimi Ford, gerente de carteira de títulos da NorthPoint Group, uma administradora de fundos, fez uma análise do crescimento da fábrica de calçados esportivos Nike, Inc., cujas ações haviam desvalorizado significativamente desde o início do ano.

Ford estava prestes a comprar algumas ações para o fundo que ela gerenciava, o NorthPoint

Large Cap Fund, que investia principalmente na Fortune 500, companhias que priorizam investimentos em valor. Suas principais participações incluem ExxonMobil, General Motors,

McDonald’s, 3M e outros gigantes tradicionais no mercado de ações. Enquanto o mercado de capitais declinava ao longo dos últimos 18 meses, a NorthPoint Large-Cap apresentava um desempenho bastante satisfatório. Em 2000, o fundo teve ganhos da ordem de 20,7% ao passo que o S&P 500 caiu 10,1%. O fundo obteve um acúmulo anual (no final de junho de

2001) de 6,4% contra -7,3% do S&P 500.

Há uma semana apenas, em 28 de junho de 2001, a Nike realizou um encontro de analistas para apresentar os resultados do ano fiscal de 2001.1 Entretanto, o encontro tinha outro propósito: a gerência da empresa queria comunicar uma estratégia de revitalização. Desde

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos