13 capítulos
Medium 9788597021134

10 Análise Dos Fluxos de Caixa

Marion, José Carlos Grupo Gen ePub Criptografado

LEITURA INTRODUTÓRIA

AS RAZÕES DA MORTALIDADE DAS PEQUENAS EMPRESAS

“Pesquisa aponta motivos que pesam no encerramento das atividades

Pesquisa realizada pelo Sebrae revelou que a mortalidade prematura de novas empresas está fortemente ligada a fatores conjunturais, administrativos e financeiros. A pesquisa foi realizada com 3 mil empresas, além de entrevistas qualitativas com 509 empresários. O objetivo maior do trabalho foi procurar o ‘porquê’ do insucesso das pequenas organizações. Pela ordem, pesaram mais: falta de demanda e de experiência, escassez de crédito, inadimplência de clientes, impostos e encargos. Outra consideração interessante é que o índice de mortalidade aumenta na mesma proporção que o empresário se ausenta do negócio. Ficou patente que a dedicação exclusiva é fundamental para a preservação da empresa nos primeiros anos de vida.

Sessenta por cento dos empreendedores entrevistados, que se dedicaram à sua atividade, permaneciam com as portas abertas. Das empresas que deixaram de existir, 43% contavam com a dedicação integral de seus dirigentes, o que revela que a presença pode ser condição necessária, mas não suficiente, para garantir o êxito do empreendimento. Outros fatores detectados pela pesquisa e relacionados às causas do insucesso foram: falta de experiência prévia no ramo pretendido, falta de qualquer tipo de planejamento operacional e falta de cuidados no estabelecimento do fluxo de caixa.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021134

7 Índices de Rentabilidade

Marion, José Carlos Grupo Gen ePub Criptografado

LEITURA INTRODUTÓRIA

“Em 12 de abril, Jason Pressman passou a manhã torcendo no balcão da Bolsa de Valores de Nova York, quando as ações da empresa de software de gestão Zuora, na qual ele investiu em 2008, começaram a ser negociadas. Perto do fechamento do mercado, as ações da Zuora chegaram a subir 43%, fazendo com que o investimento de US$ 17 milhões feito pelo fundo Shasta Ventures, representado por Pressman, chegasse a um retorno de mais de US$ 150 milhões.

‘Nada mal mesmo’, disse Pressman após a oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) da Zuora, antes de ir a um jantar de comemoração com cerca de 60 pessoas em um caro restaurante italiano nos arredores de Chelsea, em Nova York. O capitalista de risco disse que passou boa parte da noite anterior em claro, mas tinha disposição para comemorar. ‘Estou com a adrenalina a toda.’

Muitos investidores, como Pressman, apoiam minúsculas startups de tecnologia na esperança de que algum dia elas abram o capital ou sejam vendidas por cifras enormes, entre nove e dez dígitos. Eles não têm lucrado realmente nos últimos anos. Isso porque empresas em rápido crescimento, como o aplicativo de carona paga Uber e a plataforma de hospedagem alternativa Airbnb, permanecem privadas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021134

2 Alguns Cuidados Para a Análise

Marion, José Carlos Grupo Gen ePub Criptografado

LEITURA INTRODUTÓRIA

Em 2018/19, a Petrobras saiu da maior crise de sua história, a Operação Lava Jato. Veja, por esta transcrição de matéria jornalística publicada em 2009, que os problemas começaram dez anos antes.

“GOVERNO AUTORIZOU MANOBRA CONTÁBIL FEITA PELA PETROBRAS

Mudança permitiu que a estatal adiasse pagamento de impostos de R$ 4 bilhões

O governo e os ministros com assento no Conselho de Administração da Petrobras deram aval à decisão da empresa de alterar o sistema de cálculo do Imposto de Renda. Esse foi o instrumento encontrado pela cúpula da Petrobras para, no auge da crise, tornar viável a manutenção de um elevado nível de investimentos. “Trata-se de política de governo para manter os investimentos. É melhor do que socorrer a empresa com dinheiro do Tesouro”, defendeu o senador Aloizio Mercadante (PT-SP), porta-voz do governo nas negociações de ontem para acalmar a oposição. As críticas a esse procedimento tiveram origem no fato de a estatal ter mudado o regime de declaração do imposto. O presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli, havia explicado em reunião do Senado, em março, que a manobra era natural.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021134

Introdução

Marion, José Carlos Grupo Gen ePub Criptografado

Podemos dividir a Análise das Demonstrações Contábeis em três níveis:

Um primeiro nível de análise financeira, segundo seu grau de complexidade, é INTRODUTÓRIO. Nesse caso, apenas alguns indicadores básicos são abordados.

Poderíamos dizer que só teremos condições de conhecer a situação econômico-financeira de uma empresa por meio dos três pontos fundamentais de análise: Liquidez (Situação Financeira), Rentabilidade (Situação Econômica) e Endividamento (Estrutura de Capital).

* Estrutura de capital.
Figura 1 Tripé da análise.

Tripé representa o equilíbrio ideal. Pense em dar sustento a uma filmadora (ou câmera), ou no equilíbrio profissional (conhecimento, habilidade e atitude = cha), ou nos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), ou nas forças armadas (exército, aeronáutica e marinha), ou na tricotomia do homem (corpo, alma e espírito), ou na Santíssima Trindade, ou nos três estados da água etc. O número três lembra-nos equidade. Daí criarmos o tripé decisorial.

Ver todos os capítulos
Medium 9788597021134

4 Índices de Liquidez

Marion, José Carlos Grupo Gen ePub Criptografado

LEITURA INTRODUTÓRIA

OS 7 PECADOS DAS PEQUENAS EMPRESAS

Conheça os erros dos marinheiros de primeira viagem e saiba como evitá-los

Cálculo inadequado de capital de giro e de estoque, falhas no planejamento orçamentário, inexperiência no ramo escolhido, problemas no contrato de locação, incompatibilidade entre sócios, fatores macroeconômicos e escolha do ponto errado. Podem até parecer primárias, mas essas falhas foram os principais pecados cometidos em negócios que acabaram fracassando.

•  CAPITAL DE GIRO E ESTOQUE

Comprar mercadorias mais do que o necessário é sinônimo de redução do capital de giro. Da mesma forma que, falta de mercadorias em estoques prejudica as vendas. Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Supermercados (Abras) revelou que 54% das possíveis vendas são perdidas porque o cliente não encontrou o que procurava. A saída para quem está começando é observar o movimento no concorrente em diferentes meses e dias da semana ficar atento ao público-alvo e verificar quais são os produtos mais procurados.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos