36 capítulos
Medium 9788582710883

Transtorno Obsessivo-compulsivo e Transtornos Relacionados

American Psychiatric Association Grupo A PDF Criptografado

Transtorno

Obsessivo-compulsivo e

Transtornos Relacionados

Transtorno obsessivo-compulsivo e transtornos relacionados incluem transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno dismórfico corporal, transtorno de acumulação, tricotilomania (transtorno de arrancar o cabelo), transtorno de escoriação (skin-picking), transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno relacionado induzido por substância/medicamento, transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno relacionado devidos a outra condição médica, outro transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno relacionado especificado e transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno relacionado não especificado (p. ex., transtorno de comportamento repetitivo focado no corpo, ciúme obsessivo).

O TOC é caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões. Obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes que são vivenciados como intrusivos e indesejados, enquanto compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais que um indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras que devem ser aplicadas rigidamente. Alguns outros transtornos obsessivo-compulsivos e transtornos relacionados também são caracterizados por preocupações e por comportamentos repetitivos ou atos mentais em resposta a preocupações. Outros transtornos obsessivo-compulsivos e transtornos relacionados são caracterizados principalmente por comportamentos repetitivos recorrentes focados no corpo (p. ex., arrancar os cabelos, beliscar a pele) e tentativas repetidas de reduzi-los ou pará-los.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582710883

Espectro da Esquizofrenia e Outros Transtornos Psicóticos

American Psychiatric Association Grupo A PDF Criptografado

Espectro da Esquizofrenia e

Outros Transtornos Psicóticos

O espectro da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos inclui esquizofrenia, outros transtornos psicóticos e transtorno (da personalidade) esquizotípica. Esses transtornos são definidos por anormalidades em um ou mais dos cinco domínios a seguir: delírios, alucinações, pensamento (discurso) desorganizado, comportamento motor grosseiramente desorganizado ou anormal (incluindo catatonia) e sintomas negativos.

Características Essenciais que

Definem os Transtornos Psicóticos

Delírios

Os delírios são crenças fixas, não passíveis de mudança à luz de evidências conflitantes. Seu conteúdo pode incluir uma variedade de temas (p. ex., persecutório, de referência, somático, religioso, de grandeza). Delírios persecutórios (i.e., crença de que o indivíduo irá ser prejudicado, assediado, e assim por diante, por outra pessoa, organização ou grupo) são mais comuns. Delírios de referência (i.e., crença de que alguns gestos, comentários, estímulos ambientais, e assim por diante, são direcionados à própria pessoa) também são comuns. Delírios de grandeza (i.e., quando uma pessoa crê que tem habilidades excepcionais, riqueza ou fama) e delírios erotomaníacos

Ver todos os capítulos
Medium 9788582710883

Transtornos de Ansiedade

American Psychiatric Association Grupo A PDF Criptografado

Transtornos de

Ansiedade

Os transtornos de ansiedade incluem transtornos que compartilham características de medo e ansiedade excessivos e perturbações comportamentais relacionados. Medo é a resposta emocional a ameaça iminente real ou percebida, enquanto ansiedade é a antecipação de ameaça futura. Obviamente, esses dois estados se sobrepõem, mas também se diferenciam, com o medo sendo com mais frequência associado a períodos de excitabilidade autonômica aumentada, necessária para luta ou fuga, pensamentos de perigo imediato e comportamentos de fuga, e a ansiedade sendo mais frequentemente associada a tensão muscular e vigilância em preparação para perigo futuro e comportamentos de cautela ou esquiva. Às vezes, o nível de medo ou ansiedade

é reduzido por comportamentos constantes de esquiva. Os ataques de pânico se destacam dentro dos transtornos de ansiedade como um tipo particular de resposta ao medo. Não estão limitados aos transtornos de ansiedade e também podem ser vistos em outros transtornos mentais.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582710883

Destaques das Modificações do DSM-IV para o DSM-5

American Psychiatric Association Grupo A PDF Criptografado

Destaques das Modificações do DSM-IV para o DSM-5

As modificações feitas nos critérios diagnósticos e nos textos do DSM-5 são resumidas neste capítulo na mesma ordem em que aparecem na classificação do DSM-5. Essa descrição abreviada tem a intenção de orientar os leitores apenas para as modificações mais significativas em cada categoria de transtorno. Uma descrição mais extensa de quase todas as modificações (p. ex., exceto pequenas modificações para maior clareza em palavras ou texto) está disponível on-line (www.psychiatry.org/dsm5, em inglês). Também deve ser observado que a Seção I contém uma descrição das modificações pertinentes

à organização dos capítulos no DSM-5, ao sistema multiaxial e à introdução de avaliações dimensionais.

Transtorno do Neurodesenvolvimento

O termo retardo mental foi usado no DSM-IV. No entanto, deficiência intelectual (transtorno do desenvolvimento intelectual) é o termo que passou a ser de uso comum nas duas últimas décadas entre profissionais da Medicina, da Educação e outros profissionais e pelo público leigo e grupos de apoio. Os critérios diagnósticos enfatizam a necessidade de uma avaliação tanto da capacidade cognitiva (quociente de inteligência – QI) quanto do funcionamento adaptativo. A gravidade é determinada pelo funcionamento adaptativo, e não pelo escore do QI.

Ver todos os capítulos
Medium 9788582710883

Glossário de Termos Técnicos

American Psychiatric Association Grupo A PDF Criptografado

Glossário de

Termos Técnicos adição(ões) a não substância Transtorno comportamental (também denominado adição comportamental) não relacionado a nenhuma substância de abuso, mas que compartilha algumas características com a adição induzida por substância. afetividade negativa Experiências frequentes e intensas de altos níveis de uma ampla faixa de emoções negativas (p. ex., ansiedade, depressão, culpa/vergonha, preocupação, raiva) e suas manifestações comportamentais (p. ex., autoagressão) e interpessoais (p. ex., dependência). A

Afetividade Negativa é um dos cinco DOMÍNIOS DE TRAÇOS DE PERSONALIDADE patológicos definidos na Seção III “Modelo Alternativo do DSM-5 para Transtornos da Personalidade”. afeto Um padrão de comportamentos observáveis que expressa um estado emocional subjetivamente vivenciado (emoção). Exemplos de afeto incluem tristeza, euforia e raiva. Diferentemente de humor, que se refere a um “clima” emocional difuso e constante, afeto refere-se a alterações mais flutuantes no “clima” emocional. O que é considerado a faixa normal da expressão do afeto varia consideravelmente, tanto dentro quanto entre as diferentes culturas.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos