7296 capítulos
Medium 9788536527468

7 - Atendimento ao Público Interno e Externo

Zuleica Ramos Tani Editora Saraiva PDF Criptografado

Atendimento ao

Público Interno e Externo

7

Para começar

Neste capítulo, serão apresentadas as diferentes situações que envolvem os clientes internos e externos. É importante descobrir a relação entre os dois na postura final do atendimento ao cliente.

7.1  Tipos de clientes

As empresas são geridas por pessoas, sem elas simplesmente não existiriam organizações. Prova disso é a própria denominação jurídica que separa pessoas físicas de pessoas jurídicas (empresas).

O público interno refere-se a todas as pessoas que trabalham na mesma empresa ou que prestam serviços a ela. Assim, um fornecedor regular pode ser considerado cliente interno. O público externo são as pessoas que estão fora da empresa, que consomem os produtos e serviços e que são a razão a existência da empresa.

Saber falar e ter o domínio da oratória é primordial no momento de vender. Convencer as pessoas faz parte da estratégia de comunicação.

As pessoas sempre estão buscando respeito, atenção e dedicação, não importa qual situação estão vivendo. Descobrir as necessidades dos outros e definir a estratégia de negociação é o melhor caminho para a comunicação.

Ver todos os capítulos
Medium 9788553131969

CAPÍTULO 2 - Contabilidade fiscal e tributária

Silvio Aparecido Crepaldi, Guilherme Simões Crepaldi Editora Saraiva PDF Criptografado

CAPÍTULO 2  Contabilidade fiscal e tributária

OBJETIVOS

• Sistematizar e aprofundar conhecimentos específicos à área tributária e refletir sobre a realidade brasileira.

• Habilitar, capacitar e formar um profissional da ciência contábil e de áreas afins, tornando-o competente e com plenas condições de satisfazer as exigências do mercado de trabalho e dos usuários preferenciais das informações contábeis.

• Possibilitar a evolução do desempenho das funções ligadas à Contabilidade Tributária.

2.1 INTRODUÇÃO

As empresas podem ser tributadas de diversas formas sobre o lucro auferido, faturamento e também sobre a sua folha de pagamento.

No Brasil, segundo o Regulamento do Imposto de Renda (Decreto 3.000/1999) existem quatro métodos para calcular os impostos sobre o lucro (renda) das empresas: Simples Nacional, Presumido, Arbitrado e Real.

A Constituição Federal de 1988, no seu art. 195, permite a criação das contribuições à Seguridade Social, com incidência sobre a folha de salários, sobre o faturamento e sobre o lucro. Com isso, as empresas, além de pagar o imposto sobre a renda, passaram também a pagar as contribuições instituídas, tais como

Ver todos os capítulos
Medium 9788536523859

IR no 13º salário – gratificação natalina

Marilene Luzia da Silva Editora Saraiva PDF Criptografado

118

Administração de Departamento de Pessoal

IR no 13º salário – gratificação natalina

Aplica-se a tabela progressiva do Imposto de Renda, de forma separada do pagamento da folha normal de dezembro. São considerados para tal os descontos de INSS, dependentes e pensão alimentícia.

Quando o empregado recebe a primeira parcela, não há desconto sobre esse valor: devem ser pagos 50% da remuneração devida de forma integral. No caso de pagamento de complementação do 13º salário, posteriormente ao mês de quitação, o imposto é recalculado com base no total dessa gratificação utilizando-se a tabela do mês de quitação. Do imposto assim apurado será deduzido o valor do imposto já retido.

Vale ressaltar que o desconto do IRRF sobre o 13º salário, assim como o INSS, deve ser feito em separado, inclusive quando do pagamento de rescisão contratual.

IR nas férias

No caso de pagamento de férias, inclusive aquelas em dobro, a base de cálculo corresponde ao salário relativo ao mês de férias, acrescido, conforme o caso, de um terço do seu valor e dos abonos legais previstos. O cálculo do imposto deve ser efetuado em separado de qualquer outro rendimento pago no mês.

Ver todos os capítulos
Medium 9788580040975

Capítulo 24: O centro para inovação da CME

Leo Melamed Saint Paul Editora PDF Criptografado

Capítulo 24O centro para inovação da CME*Permitam-me começar expressando meu orgulho na cerimônia de inauguração deste centro da Merc, também o estabelecimento do Prêmio Fred Arditti de Inovação. O centro servirá como um fórum fértil, do qual brotarão ideias e ideais. O Prêmio Arditti deInovação é um justo tributo a alguém dentro de nossa família que serviu a esta instituição com intelecto, amor e integridade. Alguém que era meu amigo íntimo e colega, com o qual tenho tido o privilégio de trabalhar com alegria estes muitos últimos anos.Congratulações pelos dois eventos.“Sem a inovação, a arte é um cadáver”, disse uma vez o grande Winston Churchill. Ele poderia estar se referindo a quase tudo – especialmente a questões de negócios – especialmente a questões de mercados financeiros – especialmente a questões de bolsas de futuros.De acordo com William Sharpe, premiado com o Nobel, “mais do que a maioria das ciências, a economia não somente analisa a realidade, ela também a altera. A teoria conduz ao empirismo que muda o comportamento. Em nenhum lugar isto é mais evidente do que em finanças econômicas.”

Ver todos os capítulos
Medium 9788522493630

Parte II - 6 FuncionOgrama

Tadeu Cruz Grupo Gen PDF Criptografado

6

FuncionOgrama

Outro importante instrumento para caracterização de qualquer processo de negócio é o funcionOgrama. Seu preenchimento e posterior análise permitem a análise, a criação ou a recriação da estrutura organizacional que suporta um processo já existente e que tenha sido melhorado ou vai suportar um completamente novo processo.

Não pense em organograma. Organogramas, eu costumo brincar, não servem para outra coisa a não ser (parafraseando Tom Wolf no seu mais famoso romance) alimentar a “Fogueira das Vaidades”.

No passado, nas mais diferentes empresas, sempre que se perguntava pelo organogramas, recebia-se as seguintes respostas:

“Tinha.”

“Tem, mas está desatualizado.”

“Estamos atualizando o nosso.”

“É muito grande.”

“Não reflete nossa realidade.”

Depois de algum tempo, aprendi para que servem organogramas, para nada, e desisti de pedir. Entretanto, a estrutura que suporta um processo de negócio tem que ser conhecida, documentada, analisada sob diversos aspectos, incluindo o de capacitação profissional dos funcionários que representarão cada papel funcional.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos